Domènec Torrent

Com a saída de Jorge Jesus, o Flamengo precisou se movimentar rapído no mercado, com isso chegou o espanhol Domènec Torrent. No entanto, o início não foi tão simples assim, porque substituir um técnico campeão pelo clube é muito difícil. Contudo, a coluna Rasgando o Verbo vai falar sobre o técnico catalão recém-chegado no Mengão. Confira!

O COMEÇO

Começou como treinador em 1991 no Farners, no qual liderou para a sexta divisão do Campeonato Espanhol. O seu maior desafio nesse início foi com o Palafrugell em 1998, que conseguiu subir a equipe para quarta divisão espanhola. E em 2001 terminando em 6ª posição, sendo assim a melhor campanha do clube na história.

O último trabalho como técnico antes de se juntar ao staff de Pep Guardiola foi com o Girona em 2005. No entando, não conseguiu evitar o rebaixamento da equipe.

DOMÈNEC TORRENT + GUARDIOLA

O início da conversa entre Domènec Torrent e Guardiola começou quando Domi foi treinar o Barcelona B, a princípio como analista tático. O sucesso foi tanto que a dupla foi promovida para o time principal. E com o sucesso maior ainda, o Bayern de Munique chegou acordo com o técnico espanhol e que levou o seu auxiliar junto.

Após o anúncio de que Guardiola iria se tornar novo técnico do Manchester City, Domènec também seguiu os passos, e com 11 anos juntos, a dupla conquistou 24 títulos. 

NY CITY

Em 2018, Domènec Torrent virou treinador principal do New York City, revelando o desejo de voltar as atividadescomo treinador principal. Sendo assim, levando o time para a melhor pontuação em sua história. Sendo assim, o contrato em os estadunidenses terminou em 2020.

A ERA FLAMENGO

Em 2020, chegou para substituir um dos melhores técnicos da história do Flamengo, Jorge Jesus, que conseguiu conquistar a Libertadores e o Brasileiro com a equipe rubro negra, além de jogar um futebol de excelente qualidade. No entanto, o começo de trabalho não foi muito interessante, porque os torcedores criaram um hype muito forte para cima do treinador, e querendo os mesmos resultados do JJ.

Contudo, o ataque do Flamengo no Campeonato Brasileiro marcou apenas quatro gols, o que preocupa muito o torcida por conta da excelente produção no último ano, com uma sincronia perfeita entre Bruno Henrique e Gabigol, que hoje aparenta não estar muito em dia.

De certa dorma, após sete rodadas já é possível ver evolução da equipe, Domènec Torrent está na busca do certo ofensivo ideal. Após a última vitória contra o Santos, a equipe conseguiu chegar ao 9º lugar na tabela, mas ainda há muito o que fazer para chegar aos pés do que já foi na era Jorge Jesus.

Foto destaque: reprodução/ Alexandre Vidal/ Flamengo

Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 21 anos, sou estudante do 8º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados