11 coisas que você não sabia sobre o rubro-negro Gabigol

Que o rubro-negro Gabigol é uma das estrelas do Flamengo a gente sabe, mas você sabia sobre as peculiaridades desse jogador que marcou 43 gols pelo Mengão? 

Pois bem, separamos as 11 coisas mais inusitadas cobre o Gabigol que você ainda não sabia e vai se surpreender ao ler.

Não sendo a toa que esse craque está em destaque no time e promete surpreender ainda mais com as técnicas de Jesus e sua determinação em campo. 

Um pouco sobre Gabigol 

Gabriel Barbosa Almeida, mais conhecido como Gabriel ou Gabigol, nascido em São Bernardo do Campo em 30 de agosto de 1996, é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo Flamengo, emprestado pela Internazionale.

Gabriel estreou como profissional pelo Santos em 2013, contra o Flamengo. Logo tornou-se titular e ganhou reconhecimento da torcida como o artilheiro do time na temporada e o artilheiro da Copa do Brasil de 2014. 

Sagrou-se artilheiro do Santos com 8 gols na Copa do Brasil de 2015, em que o clube foi vice-campeão. No ano seguinte, mais uma vez teve destaque e foi o principal marcador do clube e campeão do Campeonato Paulista de 2016. 

Pouco tempo depois, foi contratado pela Internazionale por mais de 27 milhões de euros. 

Após uma passagem sem destaque pelo time, foi emprestado para o Benfica, no qual teve outra passagem tímida, marcando apenas 1 gol em partida oficial pela Taça de Portugal. 

Gabriel Barbosa retornou ao Santos por empréstimo da Internazionale no início de 2018, deixando o Benfica após 6 meses.

Participou de alguns torneios de divisões de base pela Seleção Brasileira de Futebol, como a Copa do Mundo Sub-17 de 2013 e o Sul-Americano Sub-20 de 2015, vencendo o Torneio Internacional de COTIF de 2014. 

Na seleção principal, foi convocado para a disputa da Copa América Centenário em 2016, nos Estados Unidos. 

Ainda no mesmo ano, fez parte da equipe que conquistou a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Gabigol no Flamengo 

Em 08 de janeiro de 2019, foi anunciado por empréstimo, junto à Internazionale, até o fim de 2019. 

O empréstimo é sem custo, mas o rubro-negro será responsável pelo pagamento integral dos salários do atacante: 3,5 milhões de euros livres por ano – cerca de R$ 15 milhões (R$ 1,25 milhão por mês). 

Em 11 de janeiro, o Flamengo confirmou a contratação de forma oficial, ele foi apresentado com a camisa 12 em homenagem a torcida, mas usará a camisa 9. 

Ao final do campeonato carioca, Gabriel foi o vice-artilheiro da competição e entrou para a seleção ideal da competição.

Na partida de volta pelas oitavas-de-final da Libertadores da América, Gabriel voltaria a se destacar marcando os 2 gols no tempo normal empatando o placar agregado da decisão já que o rubro-negro perdeu a partida de ida também por 2 a 0, onde o Flamengo se classificaria para as quartas-de-final nos pênaltis.  

Pelas quartas-de-final da Libertadores, Gabriel marcaria o gol de empate contra Internacional na partida de volta para classificar o time às semi-finais da Libertadores após 35 anos, chegando à incrível marca de 26 gols em 2019 em apenas 8 meses de ação, isolando-se na artilharia nacional. 

Pela 26° rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Fortaleza, Gabigol chegou ao seu 19° gol e igualou a marca de Adriano Imperador em 2009.

No dia 23 de outubro de 2019, marcou 2 gols na vitória por 5 a 0 contra o Grêmio pela semi-final da Libertadores ajudando o Flamengo chegar à final após 38 anos, e se isolando na artilharia da competição com 7 gols.

Após marcar no empate de 2 a 2 entre Goiás e Flamengo, no dia 31 de outubro de 2019, pela 29° rodada do Campeonato Brasileiro, Gabigol chegou a marca de 36 gols na temporada, número que o igualou a Hernane Brocador como maior artilheiro do Flamengo em uma só temporada no Século XXI.

Gabigol na Seleção 

Seguindo a categoria de base da Seleção Brasileira, Gabigol participou de muitos torneiros. 

Dentre eles citamos a Copa do Mundo Sub-17 de 2013 e o Sul-Americano Sub-20, de 2015. 

Porém, o único título conquistado pela seleção com a sua integração foi o Torneio Internacional de COTIF, em 2014. 

Foi em 26 de março de 2016 que Gabigol foi convocado por Dunga para substituir o atacante Neymar, que foi suspenso após receber o terceiro cartão amarelo, o qual gera suspensão automática do jogador. 

Esse jogo foi contra o Uruguai, que terminou em 2 a 2. 

Já em meio de 2016, foi chamado para a disputa da Copa América Centenário, estreando pela seleção principal em 30 de maio de 2016, na partida amistosa contra o Panamá. 

Gabigol entrou em campo no segundo tempo, marcando o segundo gol do jogo. 

Também fez parte do elenco que conquistou a primeira medalha de ouro pela Seleção Brasileira Olímpica, nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. 

3 anos depois voltou a ser convocado por Tite para a Seleção Brasileira no dia 20 de setembro de 2019, para os amistosos contra Senegal e Nigéria. Entrou ao decorrer da partida contra a Seleção Nigeriana.

Então, em meio a tanta trajetória em campo, temos alguns detalhes sobre Gabigol que talvez, muito provavelmente, você não conheça e que o levarão a mudar seu jeito de pensar sobre esse atleta. 

Curiosidades sobre Gabigol 

1 – Contra o Flamengo 

Gabriel estreou como profissional pelo Santos, como dito acima, no ato de 2013 e seu primeiro jogo foi contra, justamente, o time que agora faz parte e que defende com tanto gosto. 

Pois é, Gabigol jogou contra o Flamengo e tornou-se titular, ganhou reconhecimento da torcida como artilheiro do time na temporada e o artilheiro da Copa do Brasil de 2014.

2 – Jovem e renda baixa 

Gabigol é bem novinho, nasceu em 1996 e foi criado no Montanhão, um bairro humilde situado em São Bernardo do Campo, cidade do estado de São Paulo e aos cinco anos já mostrava um jeito todo especial para o futebol.

“Seu” Valdemir, o pai de Gabigol, não hesitou em apostar na carreira do filho desde criança, acompanhando-o aos treinos. 

“Apanhávamos três ônibus e, por vezes, não tínhamos dinheiro para passagem. Na volta à pé, usávamos uma latinha para fazer tabelinhas pelas ruas. Era uma diversão ir assim para casa”, recorda o jogador ao ser questionado sobre seu passado. 

Gabigol não tem vergonha de falar de onde veio e menos ainda de recordar sua infância, que mesmo com dificuldades tinha seu lado divertido de seguir a vida. 

3 – Goleador nato 

Com 43 gols em 57 jogos do Flamengo disputados, Gabriel Barbosa fez quase um gol por jogo. 

E sendo assim, sabemos que torcedor quer ver gols, quer ter o prazer de encontrar seu time na linha de chegada para a vitória, então, com Gabigol escalado, já se sabe que a diversão está garantida. 

Pode soltar as vivas e os aplausos, muita comemoração e euforia, porque Gabriel não brinca em serviço quando o assunto é dar gol. 

4 – Gols

Ainda falando de gols, a dupla Gabigol e Bruno Henrique estão se saindo bem melhor do que muitos times. 

Juntos, a dupla de ataque do Flamengo já marcou 77 gols. Isso sem contar as assistências de cada um. 

Tem mais: 

Como muitos jovens talentos do futebol brasileiro, Gabigol começou a se destacar no futebol de salão, o atual futsal. 

Acabou por entrar no Santos depois de um jogo contra o São Paulo em que o tricolor paulista venceu por 6-1. 

E, para variar, Gabigol marcou seis gols, acabando por entrar no Peixe quando tinha apenas oito anos. 

O olheiro que o descobriu foi Zito, que também revelou Neymar. 

5 – As muitas tatoos 

Gabigol está mesmo vivendo uma lua de mel com a torcida rubro-negra. E a boa fase foi eternizada em mais uma tatuagem e foi feita com Adão Rosa, tatuador preferido de jogadores como Neymar.

É na pele que o atacante conta parte de sua história. Os desenhos já se entrelaçam e contagiaram a família de Gabigol

A mãe, Lindalva, ao contrário do costumeiro, também tem seus desenhos na pele para contar história e exibe o rosto do filho e também o da irmã dele, Dhiovanna Barbosa.

6 – Os Sonhos 

Gabigol aponta a Grécia como um lugar do mundo que ainda não conhece, mas que gostaria muito de visitar: 

“Vejo muitas fotos, acho muito bonito, muito interessante. Quase fui quando estava fora, mas não deu muito certo por causa das datas”. 

Podemos apostar que esse será seu destino, após o fim do Mundial? Será? Ou ele tem outros planos?

Pode ser que esse sonho seja tatuado pelo jogador, pode ser que não, mas sabemos que Gabigol sonha demais em viajar para esse país que, de fato, é incrível e extremamente belo. 

E você? Conhece a Grécia? Incentiva esse jovem goleador a visita-la, conta como foi sua experiência. 

7 – Outras apostas 

Se você pensou que ser jogador de futebol era a única aposta de Gabigol, ficou muito enganado. 

Ser artilheiro do Brasileirão 2019 foi uma ambição conquistada com muita glória, honra e merecimento. 

Mas se não fosse dessa maneira, Gabigol gostaria de ser piloto de Fórmula 1. 

“Eu gosto muito, sempre gostei de ver corrida. Tenho muita curiosidade. Não pude ainda ir a um Grande Prêmio, mas pretendo ir e gosto bastante. Não sei se eu seria, mas vontade eu teria. Dirijo muito, muito bem“, afirma o atual rubro-negro com convicção. 

8 – Envergonhado e tímido 

Apesar de manter uma relação muito forte com a família desde a infância, Gabigol não gostava que os pais estivessem presentes nos treinos. “Seu” Valdemir fingia respeitar a vontade do filho, mas não hesitava subir em um muro ou numa árvore para assistir à evolução do pequeno craque.

A família continua a ser a âncora que dá a estabilidade a Gabigol. Nos Jogos Olímpicos, o pai, a mãe e a irmã fizeram excursões para ver os seus jogos.

Entendemos bem o que Gabriel sente, é sempre um nervoso quando as pessoas que amamos estão assistindo nossos feitos, ficamos encabulados de decepcionar, ou empolgados demais. 

Sentimento tão intensos acabam desconcentramos e atrapalhando na hora dos treinos. 

Entendemos você, Gabriel, não se preocupe. 

9 – Reconhecimento 

Há três treinadores que marcaram a carreira de Gabigol: Muricy Ramalho, Oswaldo Oliveira e Dorival

O primeiro porque chamou o jovem aos 16 anos ao plantel principal do Santos. 

Já Oswaldo Oliveira o colocou para jogar como titular e, posteriormente, Dorival manteve a aposta e tornou-se o conselheiro do jovem ganhando inclusive, o título de “segundo pai” do atacante.

Nesses tempos onde as pessoas estão se tornando “itens descartáveis” é muito bom ver um ídolo reconhecendo pessoas do passado.

Além de ser um ensinamento, pois todos que passam por nossa vida, seja para o bem ou para o mal precisam ser lembradas. 

As boas em recordações com o coração e as ruins como um aprendizado. 

10 – Festinhas 

Gabriel é vizinho de, nada mais, nada menos, que Ronaldinho Gaúcho.

Ambos os jogadores moram em um condomínio luxuoso na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. 

E, bem, os dois são festeiros, mas, com um detalhe, Gabigol é mais reservado e prefere não exagerar demais em suas sociais. 

Mais um detalhe interessante: O empréstimo pelo Inter de Milão ao Flamengo foi acertado por um ano e o prazo acaba no fim de 2019.

11 – Namoricos 

Muito se fala sobre o namoro do craque Gabigol com a irmã do também craque Neymar Jr., afinal, já houve algumas idas e vindas. 

Segundo amigos, os dois não reassumem com facilidade o namoro, que começou em maio de 2017, por causa de Neymar, mas não o craque, o pai, que não vê com bons olhos a união.

Todavia, no último sábado de agosto de 2019, o atacante rubro-negro assumiu de vez o romance com Rafaella Santos, irmã de Neymar

Na sexta-feira anterior, o atleta publicou nas redes sociais uma foto de sua festa de aniversário, sendo abraçado por ela. 

Na legenda, o camisa 9 do Fla escreveu: “Obrigado pela surpresa, pretinha“.

O pai de Neymar Jr, devia estar batendo os pés e coçando a cabeça quando leu a notícia que saiu em todas as mídias

No dia anterior a esse post sobre a festa surpresa, Gabigol já havia utilizado esse apelido carinhoso para responder um comentário feito por Rafaella, que deixou um emoji de coraçãozinho que recebeu como resposta uma declaração do atleta: “Te amo, pretinha“.

Como já dissemos, em 2017, os dois chegaram a namorar, porém acabaram terminando o relacionamento meses depois

Em abril, os dois foram flagrados se beijando, mas negaram o namoro. 

Afinal, ficarão juntos ou não? Não sabemos, mas que o o Neymar pai não gosta nada dessa enrolada toda. 

Mais uma curiosidade: Gabigol não é o primeiro jogador de futebol a se relacionar com Rafaella Santos

Em maio do ano passado, a bela morena chegou até mesmo a ser fotografada com outro astro dos gramados: Lucas Rafael Araújo Lima, que é a identidade secreta de Lucas Lima, que atualmente joga pelo Santos. Na época, os dois não chegaram a confirmar o romance, mas isso não quer dizer nada, já que ela e Gabriel Barbosa também demoraram a assumir o namoro.

Já em setembro, nem um mês depois do início oficial do namoro, a irmã de Neymar decidiu excluir as fotos que tinha com Gabigol, após ele e Anitta terem participado da mesma festa, que para piorar foi realizada na casa dele. 

Procurada, Anitta explicou que não conhece o atleta há muito tempo e que, por isso, não sabia do namoro.

A comemoração teria acontecido na casa do jogador, após uma night na casa noturna Vitrinni Lounge, na Barra da Tijuca.

E como desgraça pouca é bobagem, David Brazil havia compartilhados vídeos da festa e acabou apagando pouco tempo depois, alegando ter recebido muitas mensagens de torcedores do time carioca reclamando da presença de Gabriel no local, pois ele teria treino no dia seguinte. 

E para piorar, o craque teria sido visto sozinho, na terça-feira dia 17, numa festa realizada na casa da cantora Anitta.

Sendo ou não verdade a história inteira, sabemos que Gabigol é um excelente profissional e que tem uma carreira ainda mais promissora pela frente junto a Jorge Jesus e o Flamengo. 

E você? O que não sabia sobre Gabigol? 

Por A Folha Hoje

Redação FNV

Sobre Redação FNV

Redação Futebol na Veia já escreveu 1574 posts nesse site..

Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

BetWarrior


Poliesportiva


Redação FNV
Redação FNV
Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

Artigos Relacionados

Topo