Brasil x Venezuela – Onde assistir ao vivo, horário do jogo e escalações

Veja qual canal transmitirá o confronto da Seleção Brasileira nesta quinta-feira

Confira tudo de Brasil x Venezuela onde assistir. A partida acontece nesta quinta-feira (12), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena Pantanal, em Cuiabá, capital de Mato Grosso. O confronto é válido pela terceira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026.

br
12/10/23 - 21:30

Finalizado

1

-

1

ve

Brasil - Venezuela

South America – Copa do Mundo Qualifying - Arena Pantanal

3rd Turno

Onde assistir ao vivo a Brasil x Venezuela

Os brasileiros empolgados com a Seleção de Fernando Diniz podem acompanhar ao vivo a partida contra a Venezuela na TV Globo, canal de sinal aberto, e o SporTV, emissora a cabo.

O Brasil começou as Eliminatórias da maneira de sempre: vencendo. Goleou a Bolívia no Mangueirão por 5 x 1 em grande atuação coletiva e individual de Neymar, que se tornou maior artilheiro com a Amarelinha em jogos oficiais. Na rodada seguinte, porém, teve problemas ofensivos contra o Peru e venceu por apenas 1 x 0 a partir da bola parada, com gol de Marquinhos nos minutos finais após escanteio.

A Venezuela, em busca da classificação à sua primeira Copa do Mundo e se aproveitando da ampliação de vagas para o Mundial (seis diretas e uma para repescagem), perdeu na abertura para a Colômbia, mas venceu o Paraguai, possível adversário direto pelas últimas vagas, e deu passo importante. Para se ter uma ideia do importante passo com esse triunfo, na última Eliminatórias, a Seleção Venezuelana conquistou apenas duas vitórias.

Onde assistir Brasil x Venezuela e horário:

  • Data: 12 de outubro de 2023
  • Horário: 21h30 (horário de Brasília)
  • Local: Arena Pantanal, Cuiabá, Mato Grosso
  • Onde assistir: TV Globo e SporTV

Escalações prováveis Brasil x Venezuela

Escalação Brasil

A atual lista de 23 atletas passou por mudanças desde a convocação de Diniz, feita em 23 de setembro. A lateral esquerda passou por uma reformulação, visto que Renan Lodi e Caio Henrique, lesionados, foram cortados e deram vaga a Guilherme Arana e Carlos Augusto. Na direita também houve problemas, com a saída de Vanderson, também por questão física, e a chegada de Yan Couto.

Raphinha, que brilhou na rodada inicial, teve que ser desconvocado (outra lesão) para entrada de David Neres. Com tudo isso, em comparação às escalações das duas rodadas anteriores, Diniz deve deslocar Rodrygo para ponta direita e dar espaço para Vinicius Júnior, fora da convocação anterior por problema na coxa.

Como citado, Carlos Augusto e Arana devem lutar pela vaga na esquerda pela ausência dos dois principais jogadores para posição.

Provável escalação do Brasil: Ederson; Danilo, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Arana (Carlos Augusto); Casemiro, Bruno Guimarães e Neymar; Vinicius Júnior, Rodrygo e Richarlison. Técnico: Fernando Diniz.

Escalação Venezuela

Como de praxe, as convocações da Venezuela são lotadas de conhecidos do público brasileiro. No caso da lista de Fernando Batista, técnico argentino no cargo desde março desse ano, conta com a presença de três jogadores que atuam no Brasileirão: Nahuel Ferraresi, do São Paulo, e a dupla Tomás Rincon e Yeferson Soteldo, ambos do Santos.

Mas há ainda outros nomes que passaram por aqui, casos de Rómulo Otero, atualmente no Aucas e com passagens por Atlético-MG e Corinthians, e Jefferson Savarino, também ex-Galo.

Dos citados atletas, apenas Ferraresi, zagueiro canhoto recuperado de grave lesão no joelho, que pode pintar entre os titulares, tirando uma vaga de Yordan Osorio e Wilker Ángel.

A dupla de ataque titular é conhecida por suas trajetórias, com Salomón Rondón, jogador do River e com carreira construída no futebol inglês e espanhol, e Josef Martínez, hoje colega de Lionel Messi no Inter Miami.

Provável escalação da Venezuela: Romo; González, Osorio, Ángel (Ferraresi) e Navarro; Sosa, Herrera, José Martínez e Soteldo; Josef Martínez e Rondón. Técnico: Fernando Batista.

Escalações Brasil x Venezuela

Escalações são anunciadas aproximadamente 1 hora antes do jogo

Brasil

br
23
Ederson
br
4
Gabriel Magalhaes
br
3
Marquinhos
br
7
Vinicius Junior
br
2
Danilo
br
10
Neymar
br
5
Casemiro
br
8
Bruno Guimaraes
br
6
Guilherme Arana
br
11
Rodrygo
br
9
Richarlison
br
Substitutos
15
Bremer
br
22
Gerson
br
20
Raphael Veiga
br
13
Yan Couto
br
18
David Neres
br
12
Lucas Perri
br
21
Matheus Cunha
br
14
Nino
br
16
Carlos Augusto
br
19
Gabriel Jesus
br
1
Alisson
br
17
Andre
br

Venezuela

ve
14
Christian Makoun
ve
8
Tomas Rincon
ve
11
Darwin Machis
ve
21
Alexander Gonzalez
ve
23
Salomon Rondon
ve
6
Yangel Herrera
ve
19
Samuel Sosa
ve
9
Sergio Cordova
ve
3
Yordan Osorio
ve
4
Wilker Angel Romero
ve
22
Rafael Romo
ve
Substitutos
10
Yeferson Soteldo
ve
16
Roberto Rosales
ve
20
Cristian Casseres Jr
ve
2
Nahuel Ferraresi
ve
17
Josef Martinez
ve
12
Alain Baroja
ve
18
Eric Ramirez
ve
7
Jefferson Savarino
ve
13
Eduard Alexander Bello Gil
ve
5
Junior Moreno
ve
1
Joel Graterol
ve
15
Miguel Navarro
ve

Arbitragem do jogo Brasil x Venezuela

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

Assistente 1: Eduardo Cardozo (PER)

Assistente 2: Milciades Saldivar (PER)

VAR: Carlos Orbe (EQU)

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.