Zinedine Zidane, maestro francês, completa 48 anos!

Nesta terça-feira (23), a coluna Parabéns ao Craque homenageia um dos melhores jogadores e técnicos da história do futebol mundial: Zinedine Zidane, que completa 48 anos. Nascido em Marselha, na França, e filho de pais argelinos, o ex-meio campista é dono de muita classe e um futebol refinado. Ídolo da Juventus, do Real Madrid e da seleção francesa, atualmente é considerado um dos melhores técnicos do mundo.

INÍCIO DA CARREIRA

Ainda muito jovem Zinedine Zidane, foi fazer um teste de seis semanas no time do Cannes, porém o meia chamou tanta a atenção que acabou ficando por mais tempo. No dia 18 de maio de 1989, Zizou fazia sua estreia na Ligue 1, em um jogo contra o Nantes.

Duas temporadas depois, contra o mesmo Nantes, marcava seu primeiro gol como profissional. Aquela temporada foi magica. Zidane comandava o meio campo da equipe, com sua genialidade e talento incomparável. O ano foi tão perfeito que o Cannes chegou ao 4º lugar, melhor campanha da história do clube.

Zinedine Zidane, maestro francês, completa 48 anos!

Foto: Reprodução/Transfermaket

O menino chamava tanto a atenção que seu técnico estava espantado com tanto talento e era só elogios ao atleta:

“Ele passou por um, dois, três, cinco, seis jogadores foi sublime. Os pés dele falavam com a bola.”

Logo depois, na temporada de 1992/93, o meio-campista foi contrato pelo Girondins de Bordeuax. Logo no começo ajudou o clube a conquistar a extinta Copa Intertoto. A cada temporada que passava, o atleta se destacava cada vez mais e no ano de 1995/96 ajudou o clube a chegar a final da Copa UEFA, perdendo o título para o Bayern. Enfim, no ano de 1996, Zinedine Zidane foi premiado como melhor jogador da Ligue 1.

JUVENTUS

Após ótimas atuações, o jogador incrivelmente foi rejeitado pelo Balckburn e Newcastle. Na temporada 1996/97 chegava a Turim para fechar com a Juventus. A equipe italiana era atual campeã da Liga dos Campeões. A sua chegada deu resultado logo no começo. Na sua primeira temporada ajudou a equipe a conquistar o torneio Intercontinental e Serie A. Seu companheiro de equipe, Edgar Davids, é só elogios ao jogador:

“Ele é um jogador especial. Ele cria um espaço onde não há. Não importa onde ele pegue a bola ou como ele chega, ele pode ficar com problemas. Sua imaginação e sua técnica são incríveis.” 

https://www.instagram.com/p/BSDqsoujuUV/

Mesmo após parar de jogar, Alessandro Del Piero é também só elogia o ex-companheiro:

“Zidane tinha um talento extraordinário, o que contribui para seu único interesse em ajudar o time. Ele não era um jogar egoísta.  Tinha uma habilidade única, ser um ótimo jogador de equipe. Tive sorte de jogar com ele.”

Porém, nem tudo foram flores em sua passagem pela Juventus. O principal título da Europa não chegou a fazer parte dos títulos italianos. Porém, isto não fez com que os Bianconeris não se rendessem ao enorme talento do francês.

No ano de 1998 foi o ápice da carreira. Zidane foi eleito o melhor Jogador do Mundo da FIFA e ganhou o prêmio Ballon d’Or. No ano de 2001, o jogador repetiu o feito e foi novamente eleito o melhor jogador do mundo. Ainda foi escolhido como o melhor atleta do Campeonato Italiano.

REAL MADRID

No ano de 2001, Zinedine Zidane era contratado pelo Real Madrid, por uma taxa de 77,5 milhões de euros, o maior valor pago por um jogador. Ainda mais, com a chegada do meia francês só aumentava a lista dos Galácticos. Achegada o jogador deu logo o efeito esperado. Em um final de Champions, contra o Bayer Levekusen, Zidane fazia um dos gols mais bonitos de sua carreira. Enfim, esse belíssimo voleio deu a vitória e o título ao Real Madrid.

Zinedine Zidane, maestro francês, completa 48 anos!

Foto: Divulgação/LaLiga

Após conquistar seu primeiro e único título da La Liga na temporada de 2002/03, no final da temporada o meia foi novamente eleito melhor jogador do mundo da FIFA. Ademais, esta conquista fez com Alfredo Di Stéfano, um dos maiores jogadores do Real Madrid, se rendesse a Zidane:

“Ele domina a bola, é um espetáculo ambulante e joga como se tivesse luvas de seda em casa pé. Ele faz valer a pena ir ao estádio, ele é um dos melhores que já vi.”

Ainda, foram mais três anos de carreira e todos no Real Madrid. Apesar não levar nenhuma taça, os lances e jogadas magníficas abrilhantavam os jogos. No seu último, aconteceu seu primeiro triplete como jogador madridista contra o Sevilla. Por fim, em seu último jogo no Santiago Bernabéu, os torcedores levam uma enorme faixa com a mensagem “obrigado pela sua magia”.

SELEÇÃO FRANCESA

Primeiramente, mesmo com a possibilidade de jogar pela seleção da Argélia, Zidane preferiu defender a Seleção Francesa. E, com toda certeza, jogou em uma época de muitas glórias. Ele ainda contou com muitas conquistas importantes.

O primeiro grande título do meio-campista foi logo a Copa do Mundo de 1998, primeiro torneio mundial da França. Contudo, a principal partida do jogador foi na final, contra o Brasil, onde além de mostrar toda sua genialidade, marcou dois gols.

Logo na sequência, a próxima conquista aconteceu em 2000, quando ajudou Les Blues a ganhar a Eurocopa. Novamente Zizou foi magistral e brilhante na conquista. Além disso, Zidane ainda conquistou outras duas Copas das Confederações. Apesar de ser lembrado por suas jogas plásticas e atuações espetaculares, o jogador ficou muito lembrando quando na final da Copa do Mundo de 2006, quando acabou dando uma cabeçada no zagueiro Materazzi da Itália.

CARREIRA COMO TREINADOR

Sua genialidade não ficou apenas dentro das quatro linhas. Assim, o camisa 10 levou toda sua experiência para fora dos campos. Sua primeira chance foi na equipe do Real Madrid Castilla. Enfim, o sucesso foi tão grande que virou assistente técnico de Carlo Ancelotti.

Então, em 2016 Zidane foi confirmado como técnico do Real Madrid. Como treinador enfileirou títulos, dentre essas conquistas as mais marcantes foram o tricampeonato da Liga dos Campões. Ademais, conquistou uma La Liga, dois Mundiais e duas Supercopas da Europa.

View this post on Instagram

La Undécima es para todos los Madridistas! ZZ.

A post shared by zidane (@zidane) on

Por fim, o sucesso como treinador é tão grande que após anunciar sua saída do time de Madri no final da temporada de 2018, poucos meses depois foi novamente contratado como treinador do clube.

Foto destaque: Divulgação/Real Madrid

Eddie Toschi
Edwaldo Toschi, bacharel em Direito e especialista em Jornalista esportivo através de cursos ministrados por jornalistas renomados como Alexandre Praetzel, Celso Unzelte, Mário Marra dentro outros. Sou um apaixonado por futebol. Apresentador do canal Sai Que é Sua no YouTube.

Artigos Relacionados