Zagueiro Weverton explica o motivo de rescisão com o Boston River, time de Loco Abreu

Tem sido comum ver brasileiros jogando no futebol uruguaio nos últimos anos. Até então, no início da temporada haviam oito brazucas por lá. No entanto, Weverton, conhecido como Petróleo, veio a rescindir com o Boston River, clube onde Loco Abreu é jogador e técnico ao mesmo tempo. Dessa forma, deixou de fazer parte do pequeno grupo de brasileiros na 1ª divisão do Uruguai. Em contato com o jogador, ele afirmou que teve uma rescisão amigável, entendendo a situação do clube.

O zagueiro de 23 anos nascido e criado no Espirito Santo, se destacou com a camisa do Rio Branco em 2019. Na ocasião, Loco Abreu era jogador do clube, pelo qual disputou 12 jogos e marcou seis gols. Sendo assim, após saída conturbada, alegando atrasos de salários, o uruguaio foi para o Boston River, do Uruguai. Onde, pouco tempo depois, passou a integrar o elenco como jogador e técnico da equipe.

Então com grande influência por lá, Loco Abreu indicou o brasileiro Weverton como uma boa alternativa para o setor defensivo Rojiverde. Dessa forma, não demorou muito e Petróleo embarcou rumo ao Uruguai, logo no início da temporada em fevereiro. Mas nada saiu conforme o esperado.

A breve passagem de Weverton no Boston River

Uma semana após ser anunciado oficialmente no Boston River, Weverton já estava à disposição para fazer sua estreia. Portanto, esteve no banco de reservas na vitória sobre o Deportivo Maldonado por 2 x 1. Assim como no empate contra o Cerro Largo, em 9 de março. Mas veio a paralisação no futebol uruguaio, devido a pandemia do novo coronavírus.

Então, com dificuldades financeiras, o Boston optou em aliviar os custos na temporada. Tendo em vista que não teria nenhum lucro nos próximos meses, uma vez que sequer tinha precisão para o retorno das competições oficiais. Posteriormente, chegou ao fim a passagem de Weverton pelo clube, que alegou não ter condições de bancar o jogador. Dessa maneira, no dia 23 de março foi liberado para retornar ao Brasil e durante esse período recebeu a proposta de rescisão, a qual aceitou.

Foi uma rescisão amigável. A posição do clube foi de que estavam com problemas financeiros e não teriam condições de bancar meu alojamento por lá. Até então eu não tinha jogado e teve toda essa situação… Então entramos em acordo e foi feita a rescisão amigável”, disse o zagueiro brasileiro ao Futebol Na Veia.

https://twitter.com/bostonriver/status/1228480450127187970?s=21

 

Weverton na foto de apresentação do clube para a temporada 2020

O zagueiro revelou que está perto de retornar ao Rio Branco, do Espirito Santo. No momento, o Campeonato Capixaba, que foi paralisado nas quartas de final, ainda não foi retomado. No entanto, tem previsão de retorno em outubro. Sendo assim, Weverton está aguardando para voltar a jogar uma partida oficial, ele que não chegou a entrar em campo em 2020.

Foto destaque: Divulgação/Boston River

Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados