Yuri Lara pede foco na próxima partida

O volante Yuri Lara deu entrevista na manhã desta sexta-feira (1) e pediu para o time focar na próxima partida. Em suma, após derrota na quarta-feira (29), para o Novorizontino, Yuri disse que na Série B não há tempo para lamentar. Já no domingo (3), o Vasco encara o Sport no Maracanã:

“Nosso time vai estar em processo de evolução até o final do ano, ainda tem muito o que evoluir. O professor ainda tem muita coisa para passa para a gente das ideias dele, ele pegou o trabalho no meio do caminho. Pouco a pouco, conforme as semanas vão passando, ele vai incrementando a ideia dele. É difícil pela quantidade de jogos, essa semana, se não me engano, vão ter três jogos em sete ou outo dias. Fica difícil treinar, de ele passar o que pensa. Mas a gente tem que evoluir.

Infelizmente esse jogo (contra o Novorizontino) foi um dia infeliz para a gente, mas temos que virar a chave, trabalhar os dois dias que restam para a gente ir forte contra o Sport. Série B não dá para lamentar, o jogo do Sport já está aí”.

Maracanã lotado

Portanto, o jogador que é torcedor do Vasco, falou sobre a expectativa em jogar para um Maracanã completamente lotado. Decerto, mais de 67 mil bilhetes estão nas mãos dos vascaínos para o confronto contra o 5º colocado da competição:

“A expectativa é grande de estar novamente no Maracanã para fazermos um bom jogo como fizemos contra o Cruzeiro. Foi um jogo que ficará marcado para mim, por tudo que envolveu o jogo, pela festa que a torcida fez. Não vou entrar em polêmica (sobre jogar no estádio). Isso cabe à diretoria, que tem que lidar com essa questão. Mas cresci vendo o Vasco jogar no Maracanã, que é uma das nossas casas. Acho válido, sempre que possível, jogarmos no Maracanã. A torcida sempre comparece e faz uma linda festa”.

Foto destaque: Reprodução/CRVG

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!