Ypiranga e Remo empatam em duelo importante pelo G4

- Times empatam em confronto direto e importante pela briga do topo da tabela
Ypiranga e Remo empatam em duelo importante pelo G4

Ypiranga e Remo se enfrentaram na sexta-feira (19), no estádio Colosso da Lagoa às 20h (horário de brasília). Jogo do Grupo B valido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C. O empate por 1 x 1 não ajudou nenhuma das equipes que continuam brigando ponto a ponto pelo G4. Embora o Remo continue no G4 e o Ypiranga subiu para 5º do Grupo B, uma vitória do Paysandu tira o Leão Azul da zona de classificação. Portanto, como a parte de cima da tabela está bastante disputada todos os pontos conquistados nessa reta final serão fundamentais para passar de fase.

1º TEMPO

O jogo começou bastante lento. Como era esperado as duas equipes vieram com bastante cautela. O Canarinho foi quem chegou primeiro com chance real de gol, aos 20 minutos com o chute de Henrique Ávila. Conforme o tempo ia passando as equipes iam se soltando. O Remo começou a gostar mais do jogo e aos 32 minutos, Garré tem ótima chance para o Leão Azul.

A etapa inicial foi de bastante estudo das duas equipes, usaram bastante as laterais e toques defensivos. O Remo mostrou o porque é difícil de deixar pontos para os mandantes e não deixou o Canarinho voar em frente ao seu público. Dessa forma o Leão Azul conseguiu fazer o jogo ideal e dificultou as coisas no Colosso da Lagoa.

2º TEMPO

Após o intervalo, o jogo começou de forma bastante agitada. Aos três minutos depois de uma falha na zaga do Canarinho, Gustavo Ramos rouba a bola e em um contra-ataque rápido invade a área e toca para Garré, que estava livre e abre o placar para o time do Remo. Depois do gol inesperado do Remo o jogo começou a ficar mais rápido e com Ypiranga indo mais ao ataque.

Aos  18 minutos Ramires divide com Reinaldo no alto e árbitro marcou pênalti para o Ypiranga. Todo o time do Remo e comissão técnica reclamaram muito da marcação de campo. Porém a marcação foi mantida e o próprio Reinaldo bate e empata o jogo. Com o jogo empatado os dois times começam a ficar mais ofensivos e buscaram o resultado. Contudo, faltava pontaria e poucas chances reais de gol foram criadas e assim o jogo terminou empatado por 1 x 1.

Após o término do jogo novamente os jogadores e a comissão técnica do Remo foram pra cima do árbitro Djalma Alves de Lima Filho reclamar da marcação de pênalti e dos poucos minutos de acréscimo.

E AGORA?

O empate entre Ypiranga e Remo neste duelo importante pelo G4 não ajudou nenhum time e só manteve a parte de cima da tabela ainda mais embolada. O remo manteve-se na 4ª colocação e o Ypiranga subiu para a 5ª colocação. Portanto, para se manter desse jeito o Leão Azul deve secar seu maior rival, o Paysandu que joga na segunda-feira (22). Afinal uma vitória do Papão da Curuzu coloca o time na atual posição, e ainda tira o rival do G4.

MELHORES MOMENTOS

Marcos Sibinel

Sobre Marcos Sibinel

Marcos Sibinel já escreveu 83 posts nesse site..

Olá, me chamo Marcos Sibinel, tenho 22 anos e curso jornalismo na Anhembi Morumbi. Nunca tinha pensado em seguir uma carreira como jornalista, mas foi quando cursava Relações Internacionais que percebi que tinha uma vontade de trabalhar com esportes. Fui então pesquisando sobre o curso de jornalismo esportivo que surgiu um grande interesse, além de amar nosso futebol, tenho vontade também de fazer o outro futebol, o americano, crescer ainda mais aqui no Brasil. Foi então que decidi que queria jornalismo esportivo. Twitter: @masibinel / Instagram: @masibinel

365 Scores

BetWarrior


Marcos Sibinel
Marcos Sibinel
Olá, me chamo Marcos Sibinel, tenho 22 anos e curso jornalismo na Anhembi Morumbi. Nunca tinha pensado em seguir uma carreira como jornalista, mas foi quando cursava Relações Internacionais que percebi que tinha uma vontade de trabalhar com esportes. Fui então pesquisando sobre o curso de jornalismo esportivo que surgiu um grande interesse, além de amar nosso futebol, tenho vontade também de fazer o outro futebol, o americano, crescer ainda mais aqui no Brasil. Foi então que decidi que queria jornalismo esportivo. Twitter: @masibinel / Instagram: @masibinel

Artigos Relacionados

Topo