Yokohama Marinos vence e assume liderança no Japão

Dois concorrentes ao título empataram suas partidas

A 32ª e antepenúltima rodada da J-League teve sequência na madrugada deste sábado (23), com a realização de quatro partidas. Destaque para a vitória do Marinos sobre o Yamaga, em Matsumoto. O clube de Yokohama assumiu a liderança com tropeços da concorrência. O Sanfrecce não saiu do zero com o Kashima Antlers, em Hiroshima. Já o lanterna Júbilo Iwata derrotou o Consadole, no estádio Sapporo Dome, e ainda respira por aparelhos. Na sequência, o Gamba Osaka encerra a rodada.

J-LEAGUE 2019 – 32ª RODADA

Sanfrecce Hiroshima 0 x 0 Kashima Antlers

Confronto equilibrado. Sendo assim, foram 23 arremates, quatro na direção do gol. O primeiro lance de perigo foi mandante, aos 42 minutos da primeira etapa, com Yuki Nogami, em arremate fraco nas mãos do goleiro sul-coreano Kwoun Sun-tae, para desespero do treinador Hiroshi Jofuku. Na etapa final, Yoshifumi Kashiwa cruzou para Sho Inagaki cabecear para fora.

Nagoya Grampus 0 x 0 Sagan Tosu

O mandante decepcionou sua torcida. Dessa forma, nenhum dos oito arremates foi na direção do gol.  Sendo assim, aos 13 minutos da primeira etapa, o visitante desperdiçou penalidade com Mu Kanazaki. Dessa maneira, aos 33 minutos, Naoki Maeda quase marcou para o mandante em cobrança de falta. Na etapa final, o goleiro australiano Mitchell Langerak salvou o mandante com importantes defesas. O brasileiro Gabriel Xavier teve chance, mas cobrou falta por cima do gol.

Matsumoto Yamaga 0 x 1 Yokohama Marinos

O visitante e novo líder do campeonato teve 14 arremates, quatro na direção do gol, maior precisão nos passes e controlou a bola durante 78% da partida. Sendo assim, o placar foi aberto logo aos dois minutos da primeira etapa, em um golaço de Teruhito Nakagawa, em arrancada pelo lado direito e arremate no canto.

Consadole Sapporo 1 x 2 Júbilo Iwata

O placar foi aberto pela equipe visitante aos 26 minutos da primeira etapa, com o brasileiro Adaílton, sendo oportunista e mandando para as redes após cruzamento do jovem Kotaro Fujikawa, para a vibração do técnico espanhol Fernando Jubero. Sendo assim, na etapa final, o tailandês Chanathip Songkrasin quase marcou em arremate fora da área, com defesa do goleiro Naoki Hatta, que tocou na trave. Logo depois, Akito Fukumori cobrou escanteio para Kazuki Fukai cabecear, empatando. Nos acréscimos, Daigo Araki sofre e converteu penalidade. No apito final, a equipe de Iwata celebrou o resultado como título.

Avatar

Sobre Renan Silva

Renan Silva já escreveu 85 posts nesse site..

24 anos, natural de Osasco, estudante de jornalismo das Faculdades Integradas Rio Branco. Apaixonado por Esportes e Rock n Roll, durante a infância jogou Futebol de Salão e na adolescência praticou Artes Marciais. Sempre teve gosto pela leitura, sendo um fã assíduo das revistas TATAME e PLACAR (da qual possui coleção até hoje).


 

Rivalo Apostas Esportivas
Avatar
Renan Silva
24 anos, natural de Osasco, estudante de jornalismo das Faculdades Integradas Rio Branco. Apaixonado por Esportes e Rock n Roll, durante a infância jogou Futebol de Salão e na adolescência praticou Artes Marciais. Sempre teve gosto pela leitura, sendo um fã assíduo das revistas TATAME e PLACAR (da qual possui coleção até hoje).

Artigos Relacionados

Topo