Visitantes surpreendem na sexta de MLS

Atlanta e Seattle conseguiram bons resultados
Visitantes surpreendem na sexta de MLS

A MLS vive a sua semana 25 na temporada regular, ou semana da rivalidade de 2019, onde vários embates regionais acontecem. Nesta sexta-feira (23), dois jogos abriram o fim de semana da competição. Os visitantes foram mais felizes e saíram com os três pontos, subindo na tabela e confirmando a boa fase. O destaque mais uma vez, vai para o Josef Martínez, chegou a 22 gols no campeonato e em 2º na artilharia.

MLS – Semana 25

Orlando City 0 x 1 Atlanta United

Jogando no Orlando City Stadium, o Atlanta conseguiu importante resultado na briga pelo Leste. Mas, o time da casa começou melhor e assustou aos nove minutos com Akindele, porém foi barrado pelo arqueiro. Mais tarde, Lamine Sané cabeceou e Guzan espalmou novamente. O visitante respondeu com Pity Martinez e Barco, mas o primeiro chutou para fora e o outro colocou na mão do goleiro. O gol do jogo saiu aos 14′ do segundo tempo, em jogada de contra-ataque, Josef Martínez bateu colocado e não deu chances para Rowe. O Orlando teve duas outras chances, mas não aproveitou. Assim, os três pontos deixam o Atlanta líder isolado do Leste, com 48. O Orlando permanece em 8º lugar, com 34, podendo ficar mais longe dos playoffs.

Portland Timbers 1 x 2 Seattle Sounders

O Sounders voltou a vencer depois de quatro jogos. Aos 20 minutos, após boa jogada de Jordan Morris, Roldan aproveitou e mandou para a rede do Timbers. Depois do intervalo, no primeiro minuto, novamente Morris fez grande jogada e encontrou Ruidiaz, que mandou para o gol. Aos 8′, Diego Valeri fez bela cobrança de falta, mandando no ângulo e diminuiu a conta. A partir daí, o Portland foi só pressão, até fez gol, mas o lance de Brian Rodríguez foi anulado. Dessa forma, o Seattle chega ao 2º lugar do Oeste, com 43 pontos conquistados e o Timbers está em 7º, com 37, podendo perder seu lugar nos playoffs.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 774 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo