Villa Nova x Atlético-MG – Prognóstico do Mineiro

- Leão e Galo fazem duelo mais antigo do Estadual com portões fechados para os torcedores
Villa Nova e Atlético-MG

Villa Nova e Atlético-MG se enfrentam neste sábado (14). A partida será às 19h (horário de Brasília), pela nona rodada do Campeonato Mineiro de 2020. O encontro terá como cenário o Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima. O duelo mais antigo do estado será com os portões fechados, devido precaução tomada para evitar grandes aglomerações que possam gerar contágio do coronavírus.

A fase de classificação do Mineiro ainda terá mais duas rodadas para definir quem disputará a semifinal e quem estará na segunda divisão de 2021. O Atlético, após vencer o Cruzeiro busca se estabilizar no G4, e pode até mesmo alcançar de forma temporária, a liderança. Enquanto o Villa, com quatro pontos e apenas uma vitória, ainda não triunfou em casa. A briga do Leão é vencer para alcançar o Boa Esporte na tabela e se distanciar das duas últimas colocações, hoje ocupadas pelo Coimbra e pelo lanterna Tupynambás.

VILLA NOVA

Em suma, com apenas sete vitórias nas últimas 30 partidas pelo Estadual, o Villa joga em casa, em confronto crucial. Pois ainda não venceu em 2020 atuando no Castor Cifuentes, e necessita somar pontos para a briga contra o rebaixamento. A novidade do Leão deve ser a volta do zagueiro Diego Macedo, embora o certo é que ele fique no banco de reservas.

Entretanto, o técnico Badico perdeu o meia Vitor Júnior por suspensão. E o sistema defensivo é a principal fraqueza da equipe que está em 10º lugar. Nos oito jogos disputados até agora no Mineiro, o time de Nova Lima levou gol em todas as apresentações.

https://twitter.com/villanovaacmg/status/1238880197367279617?s=20

ATLÉTICO-MG

A grande atração da partida contra o Villa Nova será a estreia de Jorge Sampaoli pelo Atlético. Em quarto lugar, e embalado pela vitória no clássico, o Galo se favorece pela tabela. Existe a possibilidade do time de Belo Horizonte dormir na liderança do campeonato: tem que vencer o Villa por dois gols, e torcer por empate sem gols no duelo direto do G4, entre Tombense e Caldense, neste sábado (14), às 16h (horário de Brasília).

Sampaoli não terá Jair e Otero, que estão suspensos, e deve manter a mesma linha defensiva, já que o capitão Réver voltou recentemente aos treinos, após tendinite na coxa. A grande dúvida para este confronto é se Victor atuará no gol, pois existe grande chance do goleiro Rafael estrear. No ataque, a tendência é que Diego Tardelli dispute os holofotes com o novo técnico, com a estreia como titular na volta ao time do Atlético.

https://twitter.com/Atletico/status/1238661377322930176?s=20

RETROSPECTO

Enfim, na história de Villa Nova e Atlético-MG foram 240 jogos: sendo 43 vitórias para o Leão, 50 empates e 147 vitórias para o Galo. Enquanto o time de Nova Lima marcou 249 gols, o time da capital converteu 491.

APOSTA INDICADA

Já que o Atlético vem embalado pela última rodada, com treinador novo e lutando pela permanência no G4, embora jogue fora de casa, é total favorito pelo confronto. Até porque o time de Nova Lima não faz boa campanha no Estadual, e ainda não conseguiu vencer em seus domínios. Sendo assim, o site BetWarrior paga 1,33 pela vitória do Galo.

ODDS: 1 (8,50) | x (4,25) | 2 (1,33).

Foto Destaque: Reprodução/Nitro News Brasil

Rhaíssa Cortes

Sobre Rhaíssa Cortes

Rhaíssa Cortes já escreveu 90 posts nesse site..

Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira, 29 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Sou comunicativa desde pequena e amo escrever. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

365 Scores

BetWarrior


Rhaíssa Cortes
Rhaíssa Cortes
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira, 29 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Sou comunicativa desde pequena e amo escrever. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados

Topo