Vasco vence Avaí e fica em vantagem na Copa do Brasil

Com a vitória por 3 x 2, o Cruz Maltino conseguiu abrir uma boa vantagem para a classificação na Copa do Brasil

O duelo entre Vasco da Gama e Avaí acabou sendo positivo para os cariocas. A partida era o jogo de ida, válido pela 3ª fase da Copa do Brasil. Os times se encontraram nesta quinta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília), no São Januário. Com a vitória para os donos da casa, os cariocas criaram uma boa vantagem para o confronto da volta. Sendo assim, os Cruzmaltinos precisam de apenas um empate para a classificação. Antes do apito inicial, houve um foguetório em homenagem a Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco, que faleceu nesta terça-feira (12).

1º TEMPO

Com grandes dificuldades para criar jogadas, o Vasco da Gama fez grandes tentativas de pressão ao Avaí. Não se deixando intimidar, o time visitante marcou logo aos 11′, com um gol de Pedro Castro. Após um bom cruzamento de Getúlio, o meia catarinense cabeceou para as redes. Com a bola batendo na trave, o jogador chutou direto para o gol, após um rebote e marcou o primeiro gol da partida. Sendo assim, cinco minutos depois, os visitantes chegaram novamente. Em um contra-ataque rápido, João Paulo acertou na zaga e quase foi para as redes.

Conforme o passar do minutos, os anfitriões aumentavam a pressão. Desta forma, o time quase empatou aos 26′. Thiago Galhardo passou para Yago Pikachu, que mandou direto para a trave. Assim, os vascaínos conseguíram o empate aos 35 minutos. Danilo Barcelos cobrou uma falta na área e, após a bola desviar com uma tentativa de desvio de Matheus Barbosa, os cruzmaltinos conseguiram o empate. Nos minutos finais, o Avaí conseguiu equilibrar o jogo, enquanto o Vasco possuía uma maior posse de bola.

2º TEMPO

Após o intervalo o Vasco voltou mais ofensivo, com grandes jogadas. Apesar disso, ainda não conseguíam passar pela boa zaga do time visitante. O time do Rio de Janeiro conseguiu virar o jogo aos 11′. Danilo Barcelos fez um bom cruzamento para Rossi, que mandou direto para as redes. O goleiro catarinense, Gledson, não conseguiu defender. Outra tentativa dos donos da casa surgiu aos 17 minutos, porém foi aos 26′ que a torcida vibrou. Thiago Gallardo, em uma cobrança de escanteio, viu a bola bater na trave. No entanto, no rebote, o meia conseguiu fazer o terceiro gol dos mandantes.

O time catarinense começou a reagir somente após os gols sofridos. Apesar de fazerem uma boa tentativa aos 29 minutos, com um chute longe de Ricardo, o time demorou para mudar o placar. Depois de muita insistência, aos 39′, o time de Santa Catarina diminuiu a diferença. Após receber um bom passe, André Moritz mandou direto para as redes de Fernando Miguel. O goleiro, no entanto, não conseguiu fazer a defesa. Dessa forma, sem as equipes criarem boas jogadas, o marcador ficou no 3 x 1.

E AGORA?

O jogo de volta acontecerá no dia 10 de abril, em uma quarta-feira. Enquanto isso, o Vasco da Gama enfrenta o Cabofriense, no domingo (17), às 16h (horário de Brasília). A partida será válida 4ª rodada do Campeonato Carioca Série A, no Estádio Kléber Andrade. Sob esse mesmo ponto de vista, o Avaí encara o Figueirense, também no domingo (17), às 16h (horário de Brasília). Os times se encontram na partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Catarinense, na Ressacada.

MELHORES MOMENTOS

Sobre Lauren Berger

Lauren Berger já escreveu 44 posts nesse site..

Sou Lauren Berger, 19 anos, gaúcha e estudante de jornalismo. Desde pequena, quando via meus familiares falar de futebol, comecei a me encantar com esse esporte. Então, comecei a procurar cada vez mais sobre notícias e frequentar os jogos do meu time de coração. A partir daí, como a maioria dos brasileiros, me tornei apaixonada por futebol.

Lauren Berger
Sou Lauren Berger, 19 anos, gaúcha e estudante de jornalismo. Desde pequena, quando via meus familiares falar de futebol, comecei a me encantar com esse esporte. Então, comecei a procurar cada vez mais sobre notícias e frequentar os jogos do meu time de coração. A partir daí, como a maioria dos brasileiros, me tornei apaixonada por futebol.

Artigos Relacionados

Topo