Vancouver Whitecaps esquenta o mercado de transferências da MLS

Neste fim de semana, a equipe canadense anunciou mais três reforços para a temporada 2019
Vancouver Whitecaps esquenta o mercado de Transferências da MLS

A MLS 2018 terminou no último sábado com o título do Atlanta contra o Portland, mas 2019 já começou a tempos para algumas equipes. Uma delas é o Vancouver Whitecaps, que neste domingo (9), anunciou a contratação de três jogadores, com destaque para o brasileiro PC, que estava no Orlando City e vem com mais dois goleiros, somar com o time canadense.

Victor PC

O primeiro deles é o brasileiro Victor PC, que estava nos Lions por duas temporadas. Revelado pelo Corinthians em 2013, o lateral-esquerdo de 24 anos, foi contratado através de uma troca entre os times no Draft da próxima temporada. No Orlando, jovem jogador fez 18 partidas, com um gol e uma assistência. Ele chegou com boas referências feitas pelo novo treinador do time, Marc dos Santos.

“O PC está bem tecnicamente, é agressivo e rápido. Acreditamos nas qualidades que ele tem.” Afirmou Marc.

https://www.instagram.com/p/BrLiZGNAfyF/

Maxime Crépeau

Crépeau é outro jovem jogador a ingressar na equipe canadense, vindo do Montreal Impact. Natural de Greenfield Park, Quebec (Canadá), o goleiro tem 24 anos e foi emprestado em 2018, ao Ottawa Fury, time que disputa United Soccer League (USL). Ele chega a Vancouver com a moral de ter feito um bom ano, onde registrou o recorde de 15 jogos sem sofrer gols, em 31 partidas. Dos Santos o vê como um goleiro que tem potencial.

“Para a sua idade, para onde esteve desde muito cedo o que teve de enfrentar, sentimos que a margem de progressão para o Maxime é tão elevada. Nós o vemos como um goleiro com um incrível nível de potencial”. Afirmou o treinador do Whitecaps FC.

https://twitter.com/COPA90US/status/1066028609222074368

Zac Math

A última contratação anunciada, foi de outro arqueiro. Zac Math tem 27 anos e estava há quatro anos na equipe do Colorado Rapids, e chegou envolvido em uma troca com Nicolás Mezquida. Na sua antiga equipe, o goleiro fez 41 jogos, sendo dez deles sem sofrer gols. Marc dos Santos destacou as qualidades de seu novo comandado.

“Sentimos que o Zac pode ser um excelente complemento para o nosso clube. Ele é corajoso em seu gol, ele é bom com os pés, e está com muita fome de ganhar uma posição na MLS e provar que ele pode ser um número um.”

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 759 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo