Valeu, Dagoberto!

Atacante anuncia aposentadoria e encerra história vitoriosa no futebol

Dagoberto Pelentier de Jesus, nascido em 22 de março de 1983, em Dois Vizinhos, Paraná. Começou atuando ainda jovem no PSTC e, após ser campeão juvenil, acabou se transferindo ao Athletico-PR. A partir daí, o atacante colecionou títulos e se tornou ídolo de grandes torcidas do futebol nacional. Em setembro de 2019, Dagoberto anunciou oficialmente sua aposentadoria, encerrando, assim, um belo ciclo de sua história. Pentacampeão brasileiro, o ex-jogador deixará saudades e ficará marcado na lembrança dos que puderam aproveitar seu futebol.

Dagoberto: ídolo do vermelho ao azul

O ex-atleta começou sua trajetória profissional em 2001, quando estreou pelo Atlético-PR (sem ‘h’ na época). Mesmo como reserva, Dagoberto auxiliou o Furacão na conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano, mas sua saída do clube não foi do melhor jeito. Depois de passar por categorias de base da seleção e viver grande fase em 2004, Dagol teve diversas lesões e problemas judiciais. Sendo assim, depois deste período, o jogador assinou, em abril de 2007, com o São Paulo.

Assim como em sua primeira temporada no time do Paraná, o atacante foi vencedor de mais um Brasileirão. Porém, desta vez sua ajuda foi muita, já que, ao lado de Rogério Ceni e Borges, foi artilheiro do Tricolor e um dos melhores jogadores da temporada. Posteriormente, em 2008, manteve sua boas atuações e foi essencial para o tricampeonato brasileiro do São Paulo, seu segundo pelo time e terceiro na carreira. Ainda, até 2011, o camisa 25 foi um dos principais atletas no plantel, mas acabou deixando o Morumbi e rumando para Porto Alegre.

Na capital gaúcha, após três meses de especulações, em dezembro de 2011, Dagol foi anunciado pelo Internacional. No Colorado, o jogador mostrou que ainda era um grande jogador, conquistou um Campeonato Gaúcho e marcou seus gols. Principalmente quando o grande ídolo da torcida, o falecido Fernandão, comandou a equipe. Depois de mais algumas lesões, chegou a hora de se mudar mais uma vez, dessa vez para Minas Gerais.

O Cruzeiro foi mais um dos momentos especiais na vida do ex-jogador. Em 2013, seu primeiro ano na Toca da Raposa, decidiu um clássico contra o Atlético-MG logo em sua estreia e alcançou a glória ao final da temporada. Com quatro rodadas de antecedência, o Celeste conquistou o Brasileiro e Dagoberto, importante na campanha, anotava seu quarto título do nacional. Já em 2014, já sem tanto espaço, mas ainda muito importante quando atuava, foi campeão mineiro e bicampeão brasileiro com a equipe. Sendo assim, o atacante se tornou o primeiro jogador deste século a ter cinco Campeonatos Brasileiros no currículo.

Mais próximo do fim

Depois de seu pentacampeonato, Dagoberto atuou pelo Vasco, onde foi campeão carioca, no Vitória, onde foi campeão baiano, e no San Francisco Deltas (EUA). Ainda mais, sua última equipe foi o Londrina. Logo, pôde atuar mais um vez em seu estado antes de se aposentar. Sua passagem pela Série B foi boa e ajudou o Londrina a brigar por coisas maiores no campeonato. Mas, no último dia 10 de setembro, o atleta resolveu pendurar oficialmente as chuteiras e colocar um ponto final em sua linda carreira.

Avatar

Sobre Leonardo Abrahão

Leonardo Abrahão já escreveu 222 posts nesse site..

Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.


 

365 Scores

 

Avatar
Leonardo Abrahão
Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Artigos Relacionados

Topo