A valentia e persistência que marcou a carreira de Washington Cerqueira

Washington Stecanela Cerqueira, ao escrever seu nome completo fica difícil reconhecer o maior artilheiro em uma só edição dos pontos corridos, e sétimo na lista de artilheiros da história do campeonato.

Washington “coração valente” assim passou a ser conhecido pela torcida do Atlético-PR, Fluminense e São Paulo, aonde obteve a sua marca estilo “centroavante clássico” com bom posicionamento na área e faro de gol para balançar a rede adversária. Na temporada 2002-2003 no Fenerbahce, foi aonde Washington Cerqueira iria passar pela maior dificuldade da sua vida e carreira profissional.

O centroavante era o artilheiro do campeonato Turco, mas em um treino rotineiro o centroavante começou a sentir uma “queimação” que já estava sendo recorrente há uma semana. O atleta pensou que estava sofrendo de uma forte azia, mas depois de uma serie de exames foi detectado um problema no coração, rapidamente passou por um cateterismo. A cirurgia foi um sucesso, mas o jogador iria sofrer muitas desconfianças na sua volta para o futebol brasileiro.

O clube Turco resolveu rescindir contrato com o jogador, Washington voltou ao futebol nacional para defender o Atlético-PR, depois de um tempo sem atuar o artilheiro mostrou que o grave problema de saúde estava superado.

Foi artilheiro do campeonato brasileiro com 34 gols, começou a ser chamada pela torcida como “coração valente”. Em 2005 foi negociado para o futebol japonês aonde marcou novamente diversos gols no total 64 vezes a bola balançou as redes. Pousou nas laranjeiras em 2008 e foi peça fundamental na libertadores, principalmente contra o São Paulo nas quartas de final, aonde marcou dois gols, mas o Fluminense perdeu para LDU (Equador) na final, por 5×2 nos pênaltis. Teve passagem pelo tricolor paulista, não obteve grande sucesso, mas deixava sua marca como um digno goleador.

Resolveu voltar para a cidade maravilhosa, novamente no Fluminense aonde sofreu um jejum, mas nada que abalasse o atleta que teve participação importante no elenco campeão brasileiro de 2010.

A persistência e coragem do “coração valente”

Não falta história de superação no futebol, atletas que estavam na “foça”, mas com persistência, passaram por cima dos momentos difíceis. Washington Cerqueira entra nesta bela lista de superação, teve diabetes, quebrou as duas pernas e problema no coração, marcou diversos gols na sua carreira, mas o “gol” que será lembrado do artilheiro, foi demostrar que com força de vontade e coragem, podemos superar qualquer diversidade.

Caio Souza

Sobre Caio Souza

Caio Souza já escreveu 28 posts nesse site..

Estudante de jornalismo, um apaixonado por futebol e NFL. Sonha em serrepórter na beira do gramado, assistir e jogar futebol nos finais de semanaé uma obrigação. Fascinado por biografias de ex-jogadores, seu livrofavorito “Alex, A Biografia”.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Caio Souza
Caio Souza
Estudante de jornalismo, um apaixonado por futebol e NFL. Sonha em serrepórter na beira do gramado, assistir e jogar futebol nos finais de semanaé uma obrigação. Fascinado por biografias de ex-jogadores, seu livrofavorito “Alex, A Biografia”.

Artigos Relacionados

Topo