United bate City em derbi de Manchester e continua na cola do Chelsea

- Os Red Devills foram eficientes em sua estratégia, enquanto os Citizens viram o goleiro Éderson falhar
united

Neste domingo (8), United e City se enfrentaram pela 29ª rodada da Premier League. O duelo foi em Old Trafford, na casa dos Red Devills. Por certo, após quatro partidas em que os visitantes saiam com o triunfo, o Manchester United levou a melhor jogando diante de seu torcedor. Em grande atuação tática, o time de Ole Gunnar Solskjaer, foi eficiente, diante de um City que teve o domínio de jogo e maior posse de bola, porém, nada que tirasse a serenidade dos donos da casa. Dessa maneira, com gols de Anthony Martial e McTominay, o United confirmou o prognóstico e bateu o City, por 2 x 0.

1º TEMPO

Logo no início da partida, já deu para visualizar bem as ideias táticas de cada time, principalmente pelo lado do United. Certamente, mesmo com total domínio do City nos minutos inicias, os donos da casa não pareciam estar incomodados com esta situação. Fato, inclusive, que se encaixa com a declaração do seu comandante, Solskjaer. O treinador tinha colocado na coleiva pré-jogo que diferente das últimas partidas, onde a equipe atuou de forma mais agressiva, seu time seria mais cauteloso atuando diante do grande rival.

A saber, o controle do City foi tão grande na partida que, com 14 minutos os Citizens já haviam conquistados quatro escanteios e uma lance de maior perigo para o gol do goleiro espanhol, De Gea. No lance em questão, o atacante inglês, Raheem Sterling, bateu colocado no canto. No entanto, o arqueiro dos Red Devills estava bem posicionado e fez boa defesa. Em seguida, foi a vez do United levar perigo, após erro de Aguero no meio, Bruno Fernandes lançou para Daniel James que bateu em cima de Éderson.

Com o passar do tempo, o domínio do City foi caindo, embora a equipe ainda tenha terminado o primeiro tempo com números perto dos 70% de posse de bola. Como resultado, o United começou a ter mais chances de marcar. Assim, após um perder uma boa chance aos 27 minutos, Anthony Martial abriu o placar para os donos da casa aos 28′. Novamente muito participativo e importante nas ações ofensivas, Bruno Fernandes deu uma linda cavadinha na cobrança de falta. Assim, o atacante francês ficou em ótima condição de dar um belo voleio, surpreendendo o goleiro Éderson que, por sua vez, falhou no lance. Sendo assim, os Red Devills foram para o vestiário em vantagem no placar, 1 x 0.

2º TEMPO

Precisando reverter o resultado da etapa inicial, o Manchester City foi ao ataque. Como resultado, logo com dois minutos, Kun Aguero marcou. Porém, o tento assinalado pelo argentino foi anulado pelo VAR, por conta de um impedimento. Pouco abaixo do rendimento da primeira etapa, o United ficou ainda mais recuado no segundo tempo, mantendo assim, a estrátegia do início da partida. Todavia, mesmo com o rival mais recuado e com as alterações de, Pep Guardiola, o City não respondeu significativamente.

Além do mais, a estrela de Solskjaer parecia ofuscar a mente brilhante de Guardiola. Isso, porque além da boa estrátegia do norueguês, que triunfava até então. Aos 32′ o técnico do United trocou Martial por McTominay. A saber, no momento em que a partida caminhava para o placar mínimo. O meia escocês recebeu um “presente” de Éderson que, foi lançar com pressa e acabou entregando para o rival, que foi esperto e deu números finais ao clássico de Manchester já nos acréscimos, final 2 x 0 United.

E AGORA?

Com a vitória, o United continua na cola do Chelsea, estando três pontos atrás do rival de Londres na briga pela última vaga que dá acesso a próxima Uefa Champions League. Os Red Devills voltarão a atuar na Liga no próximo domingo (15), contra o Tottenham, na casa do adversário. No entanto, a equipe também joga no meio de semana, pelas oitavas de final da Europa League. Pelo lado azul do confronto, o City não terá tempo para se lamentar. Isso, porque os Citizens irão enfrentar o Arsenal na próxima quarta-feira (11), ainda pela 28º rodada, em partida que foi adiada, devido a final da Copa da Liga Inglesa.

MELHORES MOMENTOS

Alan Martins

Sobre Alan Martins

Alan Martins já escreveu 75 posts nesse site..

Olá meu nome é Alan Martins de Almeida, de 26 de Junho de 1995. Neste dia nasci para Deus, minha familia e para o Futebol. Viver, torcer, assistir e comentar faz parte de quem Eu Sou . Agora compartilho um pouco desse amor para todos aqueles que assim como Eu , tem o #Futebolnaveia

365 Scores

BetWarrior


Alan Martins
Alan Martins
Olá meu nome é Alan Martins de Almeida, de 26 de Junho de 1995. Neste dia nasci para Deus, minha familia e para o Futebol. Viver, torcer, assistir e comentar faz parte de quem Eu Sou . Agora compartilho um pouco desse amor para todos aqueles que assim como Eu , tem o #Futebolnaveia

Artigos Relacionados

Topo