Um de cabeça para cada lado! Dérbi acaba empatado em Itaquera

Manoel e Felipe Melo fizeram logo no início dos tempos

Corinthians e Palmeiras empataram por 1 a 1, neste domingo, na Arena Corinthians, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o resultado foi ruim para os dois. O Coringão jogava em casa e vinha com certo status de favorito, o que não se provou em campo. O Verdão precisava vencer para não ver o líder disparar e tentar amenizar a crise que se instaurou entre o técnico Luiz Felipe Scolari e a principal torcida organizada ligada ao clube. O dérbi teve Cássio, o conflito entre Pedrinho e Diogo Barbosa e Weverton, como principais personagens da vez.

1°Tempo

O início foi de pressão alviverde. Em jogada pela direita, Marcos Rocha achou que Willian bateu cruzado, obrigando Cássio a fazer ótima defesa. Além disso, Deyverson, em posição de impedimento, chutou a queima roupa fazendo o goleiro trabalhar. Ali só era o começo da noite mágica. Entretanto, aos 13′ tudo mudou. Diogo Barbosa cometeu forte falta em Fagner. Na cobrança, Sornoza colocou na cabeça de Manoel para abrir o placar na Arena Corinthians. Após isso, o dérbi esfriou e o alvinegro abusava dos contra-ataques com Pedrinho e Clayson, mas não assustaram o gol de Weverton. Aliás, os dois pontas sofreram várias faltas, uma das formas do visitante para não levar mais gols.

2°Tempo

A etapa final começou truncada, assim ficou até o fim. Aos quatro minutos, Palmeiras teve uma falta. No lançamento, Vagner Love afastou mal, a bola caiu nos pés de Deyverson que cruzou para Felipe Melo subir no terceiro andar e empatar o placar. Dessa forma, ele ficou até o final, mas em um dérbi a emoção não podia faltar. Pedrinho respondeu o gol com dois chutes naquela sua jogada tradicional de trazer ao meio e bater, uma delas parou em Weverton e a outra foi na arquibancada. A fome corinthiana continuou e aos 22′ Gil subiu mais alto que todo mundo para cabecear, porém, a bola raspou a trave e foi para fora.

A partir dali, uma estrela de 1,96 começou a brilhar. Aos 28′ a defesa deixou Gustavo Goméz livre para de ombro obrigar a Cássio espalmar no reflexo. Ainda no rebote, Luan chutou com força, mas parou na mão do goleiro. Assim como no primeiro tempo, um lance com jogador impedido trouxe calor ao jogo. Dudu fez belo lançamento a Zé Rafael sair livre com o goleiro, mas bateu com precisão na trave adversária. O jogador havia entrado a poucos minutos em campo. Aos 39′ em jogada ensaiada Danilo Avelar bateu forte para ótima defesa do arqueiro palmeirense. Nos acréscimos, Dudu puxou o ataque até cruzar para Deyverson cabecear, o centroavante viu Cássio dar bela ponte para buscar a bola no canto e jogar para escanteio.

E agora?

Com o resultado, o Verdão permanece na segunda colocação com 28 pontos, quatro a menos que o líder Santos. Já o Timão segue sem ser derrotado após a pausa para a Copa América e assume a sétima colocação com 20 pontos. O alvinegro volta a campo na quarta-feira (7), quando recebe o Goiás, às 19h15, para realizar o jogo adiado da 7ª rodada do Brasileirão. O Alviverde enfrenta o Bahia, no Allianz Parque, no domingo (11), às 16h, pela 14ª rodada.

Melhores Momentos

Guilherme Ribeiro

Sobre Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro já escreveu 235 posts nesse site..

Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Artigos Relacionados

Topo