Top 10 surpresas da temporada europeia 18/19

Os atletas que surpreenderam nas principais ligas do Velho Continente e ficaram valorizados em todo Planeta Bola

A temporada 2018/2019 acabou para as grandes ligas da Europa, mas as surpresas desses torneios ainda estão dando muito o que falar. Além dos já consolidados craques e jogadores de renome, muitos atletas, que nunca tiveram ou tiveram pouca relevância individual a nível nacional, arrebentaram durante a última época, se valorizaram e agora são novos nomes para apreciarmos no decorrer dos próximos anos. Tivemos casos de regresso a um futebol com nível mais exigente, novas promessas se consolidando e atletas experientes demonstrando toda sua técnica e liderança. Vamos ao Top 10  jogadores que fizeram uma temporada inesquecível, com muitos gols, assistências e títulos, passando por países como Itália, Holanda e Inglaterra.

TOP 10 surpresas da temporada europeia 18/19

Krzysztof Piątek (Genoa/Milan)

Vindo do Cracovia (PL), o polonês de 23 anos se destacou com a camisa do Genoa e marcou incríveis 19 gols em 21 jogos, isso em meia temporada. Graças a suas grandes atuações e faro de artilheiro, Piątek foi contratado pelo Milan na janela de janeiro por 35 milhões de euros (cerca de R$ 135 milhões) e não decepcionou. Foram mais 11 gols em 21 jogos com a camisa do heptacampeão da Champions, totalizando 30 bolas na rede e duas assistências em 42 partidas. Com contrato até 2023, a expectativa é que o jovem se desenvolva mais com o passar do tempo em ligas de alto nível e venha a ser um dos grandes centroavantes atuando em solo europeu.

Nicolas Pépé (Lille)

Com 24 anos recém completados, o marfinense Pépé fez uma temporada marcante e comandou o Lille rumo ao vice-campeonato francês, com vaga garantida para a próxima Champions League. O jovem fez 23 gols e deu 12 assistências em 41 jogos, chegando a vice-artilharia e vice-colocação em passe para gol na Ligue 1. O ponta-direita é o jogador da Costa do Marfim com maior valor de mercado, chegando até 40 milhões de euros desde a última estimativa no meio da temporada, mas o Lille não pretende liberar o jogador por menos de 80 milhões de euros, fazendo jogo duro para diversos clubes que estão de olho nele, como Paris Saint-Germain, Manchester United, Bayern e Liverpool.

Bernardo Silva (Manchester City)

Não é surpresa para ninguém que o português de 24 anos é um exímio jogador e um dos melhores do seu país atualmente. Mas o seu destaque individual em um clube com tantos grandes atletas como o Manchester City é motivo de reconhecimento. Polivalente no meio-campo, Bernardo atuou em 51 jogos, marcou 13 gols e distribuiu 14 assistências. O City terminou 18/19 com as conquistas da Premier League, Copa da Liga Inglesa, FA Cup e da Community Shield, e acabou escolhendo Bernardo Silva como o melhor jogador do time na temporada, mesmo em um plantel com Agüero, Sané, Sterling e cia.

Dušan Tadić (Ajax)

O meia de 30 anos, junto com todo time do Ajax, fez uma temporada mágica. Já com uma idade mais avançada, Tadić nunca teve um grande destaque anteriormente, mesmo jogando em grande ligas. O jogador foi campeão Holandês e da Copa da Holanda, mas foi na Liga dos Campeões que realmente surpreendeu, chegando na semifinal, marcando seis gols e dando cinco assistências em 12 jogos. No total, o sérvio fez 38 gols e deu 24 assistências em 56 partidas, com uma média de participação superior ao número de jogos. O temporada só não foi melhor porque a tríplice coroa não veio, mas conseguir levar o Ajax de volta aos holofotes europeus, passando por Real Madrid e Juventus, por exemplo, foi um grande feito.

Hakim Ziyech (Ajax)

Se juntando a Tadić, Ziyech, marroquino de 26 anos, também foi um dos expoentes ofensivos do Ajax e fez uma temporada grandiosa. Ponteiro pela direita, o jogador também comemorou o título da Eredivise e da Copa da Holanda, mas com a Champions League ficando pelo caminho, não manchando sua grande época, na qual anotou 21 gols e 24 assistências em 49 jogos, participando de quase 50 gols do ofensivo time holandês. A permanência do africano não está confirmada para 19/20, já que sua saída foi especulada ainda antes do fim da temporada atual, portanto, talvez veremos Ziyech desfilando seu futebol em outra grande liga europeia.

Axel Witsel (Borussia Dortmund)

Witsel é a surpresa dentre as surpresas. No auge de seus trinta anos, o belga veio do futebol chinês, considerado por muitos um país no qual jogadores vão para encerrar sua carreira, e fez uma temporada muito boa pelo Borussia Dortmund. O meio-campista já havia demonstrado na Copa do Mundo de 2018 que o nível de seu jogo não havia diminuído, já que foi peça fundamental da Bélgica na caminhada até a terceira colocação naquele mundial. Além da forte importância na marcação, interceptação e saída de jogo, Witsel ainda fez seis gols e deu uma assistência em 43 partidas, sendo considerado um dos melhores meias da última Bundesliga.

Duván Zapata (Atalanta)

Assim como toda a equipe da Atalanta, Zapata surpreendeu na temporada e brigou nas cabeças da artilharia na Itália, terminando como vice-goleador da Serie A Tim com 23 gols marcados. O colombiano de 28 anos foi principal homem do ataque do time que fez história, chegando na final da Copa da Itália, eliminando a Juventus de Cristiano Ronaldo, e assegurando a terceira posição na tabela do Calcio, garantindo vaga na próxima Champions League. Em 48 partidas disputadas, o atacante fez 28 gols e deu oito assistências, visando agora a temporada seguinte para continuar fazendo história e levar a Atalanta cada vez mais longe.

Bruno Fernandes (Sporting)

Meia português de 24 anos, assim como Bernardo, Bruno Fernandes despontou para o cenário do futebol na temporada que passou  agora é disputado por grandes clubes do velho continente. O jovem atuou em 53 partidas, marcou 32 gols e distribuiu 18 assistências, totalizando incríveis 50 participações em gols. Junto com os companheiros de Sporting fez um grande ano, terminando com os títulos da Taça de Portugal e da Allianz Cup, derrotando o Porto nas duas finais. O Manchester United e o Manchester City são principais interessados em contatá-lo na temporada 19/20, devendo oferecer uma fortuna de aproximadamente 55 milhões de euros.

Kai Havertz (Bayer Leverkusen)

Um das promessas com maior potencial atuando na Europa, Kai Havertz é uma joia do futebol alemão e apresentou seu grande futebol na última temporada da Bundesliga pelo Bayer Leverkusen. Já fazendo parte até da seleção principal e elogiado por Joachim Löw, o garoto de apenas 19 anos atuou em todas as partida do campeonato e marcou 17 gols , ficando em terceiro colocado na artilharia geral. Na soma das competições, Havertz jogou 42 duas vezes, fez 20 gols e deu sete assistências. Com um valor de marcado em 65 milhões de euros, seu passe já é algo disputado por grandes equipes, como Arsenal, Liverpool e principalmente o Bayern de Munique, candidato mais forte em tirar o garoto do rival e acrescentar ao seu plantel.

 

Pablo Sarabia (Sevilla)

No Sevilla desde 2016, Sarabia foi um dos principais jogadores da La Liga na última temporada, participando de mais de 20 gols da equipe e dando o mesmo número de assistências que Lionel Messi, 13. Sem nenhum troféu conquistado, o time acabou terminando a época com uma vaga para a fase de grupos da Liga Europa como única conquista. O meia de 27 anos participou de 52 jogos, marcou 23 vezes e deu 17 assistências, fazendo parte de 40 tentos Rojiblancos, porém, seu futuro deve ser longe de Sevilla, já que uma renovação não está nos planos e seu nome aparece em times como Valencia e até mesmo o Real Madrid.

Avatar

Sobre Leonardo Abrahão

Leonardo Abrahão já escreveu 311 posts nesse site..

Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Avatar
Leonardo Abrahão
Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Artigos Relacionados

Topo