Tem que respeitar! São Paulo vence Palmeiras nos pênaltis, e avança à final do Paulistão

Após mais 90 minutos sem gols e com o uso do VAR duas vezes, o tricolor bateu a alviverde e garantiu presença na final do estadual

Na tarde deste domingo (7), Palmeiras e São Paulo se enfrentaram no Allianz Parque pelo segundo jogo das semifinais do Campeonato Paulista. O jogo teve de tudo um pouco, desde confusões envolvendo jogadores dos dois times até gols anulado pelo VAR. Porém, com uma brilhante atuação de Tiago Volpi, o Tricolor Paulista bateu o Alviverde nos pênaltis e voltou à final do Paulistão depois de 16 anos.

1º TEMPO

Jogando em casa o Palmeiras começou buscando o gol para abrir o placar, porém a boa atuação da defesa tricolor evitou qualquer investida palmeirense. Já o São Paulo, começou a dominar o meio de campo sob o comando dos meninos Igor Gomes, Luan e Liziero, além de Antony que jogou mais pelo lado direito do campo. O verdão começou a errar muitos passes, oque fazia com que a torcida começasse a ficar impaciente. A única chance clara de gol foi do lado dos visitantes, aos 43 minutos quando Éverton encontrou  Antony livre na área, o garoto dominou e chutou tentando tirar de Fernando Prass, mas pegou mal na bola e o goleiro espalmou para frente.

2º TEMPO

No retorno do intervalo o jogo começou a melhorar, aos dois minutos Hudson recebeu no meio e encontrou Liziero livre na área, o volante tocou para o garoto que dominou e bateu na saída de Prass, porém o gol foi rapidamente anulado pelo bandeirinha e também avaliado pelos árbitros de vídeo que constataram o impedimento e a anulação do gol. Aos sete, Dudu fez bela jogada pela esquerda e cruzou na área, Deyversson desviou e Tiago Volpi de reflexo afastou o perigo com um soco.

Aos 32 minutos de jogo, Diogo Barbosa que havia entrado no lugar de Victor Luís deu belo passe para Deyversson, o atacante dominou e tocou na saída do goleiro tricolor, os jogadores chegaram a comemorar, porém após nova checagem no VAR o gol também foi anulado por impedimento do jogador palmeirense. Após isso, as duas equipes passaram a administrar o jogo e nenhuma conseguiu chegar ao gol adversário, aos 51 o juiz terminou o jogo e a vaga para a final foi disputada nas penalidade máximas.

PÊNALTIS

O São Paulo começou a sequência de cobranças, Nenê foi para a batida, o camisa 10 tomou longa distância, mas na hora do chute desacelerou e chutou firme e rasteiro no canto esquerdo, Prass pulou para o direito. Bruno Henrique foi para o Palmeiras e o volante chutou forte no mesmo canto e também rasteiro, Volpi também pulou para o lado direito. Everton Felipe foi para os visitantes e de perna direita acertou o ângulo direito, sem chances para o goleiro palmeirense.

O paraguaio Gustavo Gómez foi para a segunda cobrança  e bateu rasteiro no canto esquerdo, igualando o marcador. Foi a vez de Hudson ir para o São Paulo, o camisa 25 bateu tranquilo e com categoria do lado esquerdo e inferior colocando o tricolor novamente na frente. Ricardo Goulart foi para a terceira cobrança, o atacante bateu de perna direita no canto direito do goleiro Tiago Volpi, que tocou na bola, na sequência ela bateu na trave e saiu.

O uruguaio Gonzalo Carneiro foi para a 4ª cobrança do São Paulo e de perna esquerda acertou uma bela cavadinha. Luan partiu para o Palmeiras, o zagueiro acertou um chute no ângulo direito e deu sobrevida ao verdão. Para fechar a sequência tricolor, o goleiro Tiago Volpi foi para a batida e de perna direita bateu do lado inferior esquerdo, Prass saltou para a cobrança e defendeu. Diogo Barbosa foi para a cobrança do lado palmeirense e também marcou.

A disputa foi para as alternadas e o zagueiro Bruno Alves foi o escolhido do São Paulo, na bola o jogador chutou de direita e acertou o ângulo esquerdo, sem chances para Fernando Prass. Zé Rafael foi para a cobrança pelo lado palmeirense, o jogador chutou no canto direito, mas Tiago Volpi saltou muito bem e garantiu o São Paulo na decisão do estadual após 16 anos.

E AGORA?

Com a vitória o São Paulo está na decisão do Campeonato Paulista, agora o tricolor aguarda o adversário do confronto entre Santos e Corinthians, que jogam na noite da próxima segunda-feira no estádio do Pacaembu, às 20h. No primeiro jogo, na Arena Itaquera, o timão venceu por 2 x 1 e joga pelo empate. As duas finais do estadual acontecem nos dois próximos domingos, O primeiro dia 14, no estádio do Morumbi, e o segundo dia 21, na casa de quem avançar amanhã.

 

MELHORES MOMENTOS

Raphael Almeida

Sobre Raphael Almeida

Raphael Almeida já escreveu 368 posts nesse site..

Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Raphael Almeida
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados

Topo