Tem novo líder no Campeonato Peruano!

Sport Rosario bate Universitario com facilidade e assume a ponta do Apertura e aguarda jogos de domingo para confirmar liderança

O Campeonato Peruano chega a sua 9ª rodada com quatro duelos abrindo os jogos de sábado e a mudança de liderança foi o foco principal da rodada. O Binacional bateu o Ayaucho pelo placar mínimo, Sport Huancayo Unión Comercio ficaram no empate sem gols, Rosario venceu o Universitario sem dificuldades e, por fim, o Sport Boys arrancou uma heroica vitória do San Martín na bacia das almas. Entretanto, a rodada só termina amanhã.

Apertura Peruano – 9ª rodada

Binacional 1 x 0 Ayacucho

O Poderoso del Sur venceu o Ayacucho por 1 x 0, o suficiente para garantir os três pontos e subir para a 9ª posição do Torneio Apertura. O Binacional fez o dever de casa graças ao gol solitário, aos oito minutos, marcado por Edson Aubert. O meio-campista entrou na área na execução de uma bola parada e estava no lugar certo para desviar a bola para o fundo da rede. Os visitantes apostaram no contra-ataque para tentar o empate, abusaram das bolas longas, mas a estratégia não alcançou o resultado esperado.

Sport Huancayo 0 x 0 Unión Comercio

O time da casa teve amplo domínio da posse de bola, mas não conseguiu converter a posse em gols. No entanto, a falta de pontaria também foi um fator crucial, para ambos. 19 x 13 chutes, 4 x 4 no alvo, 0 x 0 no placar final. O time visitantes apostou na forte marcação, tendo feito 14 faltou e levado três cartões amarelos. Por outro lado, os mandantes fizeram apenas nove. Isto posto, o Huancayo fica na 7ª posição, enquanto o Unión fica na 8ª, ambos com 12 pontos.

Sport Rosario 3 x 0 Universitario

Os mandantes não tomaram conhecimento do rival e venceram com tranquilidade por 3 x 0 e assumiram, momentaneamente, para o topo do Torneio Apertura com 16 pontos. Os anfitriões abriram o placar aos 21′, com Carlos Beltrán, recebendo assistência de Alan Murialdo. Já na segunda etapa, foi a vez do lateral esquerdo Erick Rossi brilhar. Ele mercou o segundo gol do time aos 48′ e o terceiro aos 56′, completando passe de Anghello Vera. Após a vitória, o craque da partida falou ao site Gol Peru:

“Sabíamos que seria uma partida muito difícil, já havíamos conversado sobre isso. Hoje marquei dois gols, mas isso não importa, temos um ótimo grupo como todos já viram. O grupo não só se tornou mais sólido, mas aqueles de nós que ficaram no banco conversaram e concordaram em levá-lo adiante. Isto não é sobre nomes, é sobre homens, temos que continuar. Existe o bom resultado. O importante é que somos fortes em casa, ainda estamos na luta. Ayacucho será difícil, mas estamos aqui para fazer um bom jogo contra qualquer um”

Sport Boys Callao 3 x 2 Univ. San Martín

Em duelo de tirar o fôlego, Sport Boys San Martín fizeram o melhor jogo da rodada até então. O torcedor que compareceu ao Callao não se arrependeu. Mas o “hincha” visitante viu um bom jogo, mas nao ficou satisfeito ao ver seu time sair derrotados com um gol de pênalti aos 90′. Aos 22 minutos, Aké Loba, de pênalti, colocou o time de fora na frente. Mas os mandantes responderam logo em seguida. Dois minutos depois, Joazhiño Arroé empatou. Depois de alçada uma bola na área, Luis Tejada desviou de cabeça e zaga bobeou. Ligeiro, Arroé igualou o marcador.

O jogo seguiu bastante equilibrado, com bastante troca de passes e controle de jogo por ambos os lados. O equilíbrio pairou na partida, em vários quesitos. Posse de bola, por exemplo, 51% x 49%. Passes trocados: 374 x 368. Mas o jogo foi um tanto quanto faltoso também, devido a alta intensidade: 16 x 20. E quando o assunto era bola na rede, quase que o empate também pairou. Na etapa final, o primeiro gol saiu aos 79′, Aké Loba colocou os visitantes a frente novamente, de cabeça, após cruzamento da direita de Jordan Guivin.

Mas os donos da casa foram aguerridos e buscaram o empate de novo. Há quatro minutos do fim do tempo regulamentar, Johnnier Motaño cruza bola na área, da direita, em cobrança de falta. Dentro da área estava Manuel Contreras para marcar o segundo empate do jogo, de cabeça. A partida seguiu em alto nível, os dois querendo vencer e o empate dando gritos. Mas saiu o vencedor. Aos 90′, no estouro do cronômetro, de pênalti, Luis Tejada marcou o gol da vitória e garantiu os três pontos ao time mandante.

https://twitter.com/GOLPERUoficial/status/1023403265998942208

Com a vitória o time da casa sobe para a 12ª posição e dá um importante passo na fuga das últimas posições. Por outro lado, o San Martín se afunda e fica na penúltima posição, com apenas seis pontos, dois a menos que o time vitorioso no jogo de hoje.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1164 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo