Tchê, Tchêrere, Tchê, Tchê… É o Palmeiras e o Tchê Tchê

O Palmeiras, eliminado do Campeonato Paulista e Copa Libertadores, fez jus ao que prometeu com as derrotas e vem reestruturando o time a pedido do técnico Cuca. A equipe tem um tempo de descanso das competições e só estreia no Brasileirão em 14 de maio, no Allianz Parque, e, até lá, muitas caras novas – e alguns adeus – já estão previstos.

Continuando os processos de reestruturação interna, o Palmeiras fechou ontem a contratação de Tchê Tchê, lateral direito que também atua como meio campista. A sensação do Paulistão, o atleta de 23 anos teve boa atuação pelo Audax e marcou o segundo gol contra o Corinthians, pela semifinal do campeonato. Tchê Tchê, que já assinou um pré-contrato, chegará ao alviverde após as finais do campeonato e terá vínculo de 3 anos com o clube.

Além dessa parceria, o Palmeiras também emprestou o lateral esquerdo Victor Luís ao Botafogo, até o final desta temporada, na terça-feira.  Victor Luís foi revelado pelo alviverde em 2013 e foi emprestado para o Ceará no ano passado, retornando em janeiro para o clube paulista. Pelo Verdão, o lateral jogou 44 partidas e tem contrato até junho de 2017. Na equipe não tinha muito espaço por conta de Egídio e Zé Roberto, que revezavam a posição. Agora, com a chegada de Fabrício, empréstimo também fechado ontem com o Cruzeiro, Victor Luís teria ainda menos espaço. No Botafogo, Victor disputa vaga com Diogo Barbosa, titular, e também Jean.

Esta semana tem sido bastante movimentada cheia de negociações no time do Palestra Itália, com empréstimos e rescisões. O Palmeiras rescindiu com o meia Fellype Gabriel, que se recuperava de lesão, cedeu Nathan ao Criciúma e emprestou o lateral direito Lucas e meia Robinho ao Cruzeiro, em troca dos laterais direito Fabiano e esquerdo Fabrício.

Hoje, então, o Palmeiras conta com 35 jogadores e Cuca promete fazer mais modificações na equipe, que está se preparando para estrear no dia 14 de maio, no Campeonato Brasileiro, contra o Atlético Paranaense, no Allianz Parque. Entre elas estão as subidas do zagueiro Augusto, que já chegou a treinar com o profissional na era Marcelo Oliveira, e do meia Vitinho, que recentemente ganhou o título de melhor jogador do Torneio Internacional de Bellinzona.

Avatar

Sobre Marina Bufon Nunes

Marina Bufon Nunes já escreveu 22 posts nesse site..

Marina Bufon Nunes é formada em Linguística, mas a formação da vida a levou a amar e a viver de futebol. O gramado é seu tapete e a arquibancada, seu sofá. Achegue-se nas matérias e comentários, que são tirados de seu (sofrido) coração torcedor.


 

365 Scores

 

Avatar
Marina Bufon Nunes
Marina Bufon Nunes é formada em Linguística, mas a formação da vida a levou a amar e a viver de futebol. O gramado é seu tapete e a arquibancada, seu sofá. Achegue-se nas matérias e comentários, que são tirados de seu (sofrido) coração torcedor.

Artigos Relacionados

Topo