Taylon: o artilheiro brasileiro na Ilha de Malta

Na coluna desta semana você vai conhecer as particularidades do futebol em um dos menores países da Europa

A partir de hoje, vou escrever para vocês histórias sobre o futebol fora do tradicional eixo, toda semana. A ideia é que, você, leitor possa compreender sob a visão de um jogador brasileiro, como o futebol funciona em determinado país.

Hoje, vamos falar sobre o futebol em Malta, um dos menores países da Europa, com cerca de 450 mil habitantes. O guia será o atacante brasileiro e vice artilheiro do campeonato maltês Taylon, jogador do Hibernians FC.

Marca do campeonato maltês. (Reprodução/Site Mybetsfriend)

A Bov Premier League é composta por 14 times, o campeão conquista uma vaga nos playoffs classificatórios da Champions League. O vice e o terceiro colocado levam cada um, uma vaga nas qualificações da Europa League. O campeonato maltês foi disputado pela primeira fez em 1909. O futebol profissional no país do sul da Europa conta com três divisões profissionais e também com uma liga feminina que tem oito equipes.

O futebol maltês

Natural da cidade mineira de Carmo de Minas, Taylon, de 23 anos, chegou ao país europeu em agosto de 2018, após deixar o Inter de Limeira, time do interior paulista. O atacante conta que sua adaptação ao futebol da Ilha de Malta foi tranquila.

“Eu entendi bem o jeito que eles jogam, e, procurei no começo fazer o que eles queriam, e, depois eu incrementei o jeito brasileiro, que é a ousadia, ir pra cima, acabou que se encaixou e hoje vem dando bastante certo”, afirmou.

Malta é formada por um arquipélago de ilhas, os idiomas oficiais do país são o maltês e o inglês. O jogador do Hibernians FC contou que na sua chegada à ilha teve bastante dificuldade com o idioma, mas hoje já consegue entender e até falar na língua maltesa.

A torcida de Malta

A relação com os torcedores malteses é destacada por Taylon, apesar de serem bem mais reservados que os brasileiros.

“Eles são bem tranquilos, eu recebo bastante mensagem de apoio, nos jogos eles estão sempre torcendo, muito difícil criticarem, acho bem bacana, os torcedores malteses sempre estão apoiando”, disse o atacante.

Hibernians Staduim (Reprodução/Site Stadiony)

Os Hibs mandam seus jogos no Hibernians Stadium, que tem capacidade para quatro mil torcedores. A cidade do clube, Paola, tem cerca de oito mil habitantes.

A vice-artilharia

Com 11 gols em 13 jogos, Taylon é o vice-artilheiro do campeonato maltês, o atacante brasileiro disse que o seu objetivo é auxiliar o Hibernians a conquistar uma boa colocação e terminar o campeonato bem. “É um campeonato muito disputado, ficaria muito feliz se for artilheiro e, vou buscar isso também, mas, o meu objetivo maior é ajudar o Hibernians a ser campeão”, concluiu Taylon.

https://www.instagram.com/p/BoXAEs0DqZO/

A Bov Premier League está atualmente na 14ª rodada, o campeonato está paralisado em virtude das festas de final do ano, mas, retorna no dia 11 de janeiro. Até então, a liderança está dividido entre o Gzira United e o Hibernians FC, ambos com 31 pontos.

João Guilherme Dias

Sobre João Guilherme Dias

João Guilherme Dias já escreveu 18 posts nesse site..

Nordestino, estuda Jornalismo e tem três paixões: Fluminense de Feira/BA, Corinthians e Atlético de Madrid. Mas torcer para três times? Sim, o amor ao futebol não cabe apenas em único clube.


 

365 Scores

 

João Guilherme Dias
João Guilherme Dias
Nordestino, estuda Jornalismo e tem três paixões: Fluminense de Feira/BA, Corinthians e Atlético de Madrid. Mas torcer para três times? Sim, o amor ao futebol não cabe apenas em único clube.

Artigos Relacionados

Topo