Tarde de empates na Liga Peruana

Tudo igual! 2ª rodada do Peruano teve partidas parelhas nesse sábado

A 2ª rodada da Liga 1, o Campeonato Peruano, dividiu os pontos na tarde desse sábado (23). No norte do país, em Trujillo, o Cesar Vallejo empatou com o Sport Huancayo por 2 x 2. Tal qual o Ayacucho também terminou tudo igual contra o Melgar, com o placar de 1 x 1. Com empates, a tabela de classificação muda pouco para as equipes.

Apertura Peruano – 2ª rodada

Cesar Vallejo 2 x 2 Sport Huancayo

As duas equipes precisavam estrear na tabela. Os Vallejos vinham de derrota para o Binacional enquanto o Huancayo havia perdido para o atual campeão peruano, Sporting Cristal. Mesmo jogando em casa, os Poetas não tiveram um bom início de jogo dando ao Sport Huancayo a oportunidade de abrir o placar. Aos 17 minutos do primeiro tempo Santiago Silva fez a assistência e German Pacheco marcou para os visitantes. 1 x 0 Huancayo.

Mas o time da casa não se abateu, e mesmo com o jogo parelho aos 32 minutos deixou tudo igual com  o chute de bola parada de Carlos Newmann. O primeiro tempo terminou empatado numa partida bem disputada de igual para igual. No segundo tempo as duas equipes continuaram com o jogo similar, até que o Huancayo saiu na frente com Carlos Ross finalizando o passe de Marcos Lliuya e marcando o segundo da equipe. Aos 21 minutos, Santiago Silva, o nome da assistência do primeiro gol do vallejo, conseguiu deixar tudo igual para as duas equipes.

O jogo seguiu com algumas faltas, mas sem chutes a gol ou avanços significativos. Somente ao final da partida, aos 43 minutos, o juiz marcou um pênalti a favor do vallejo em cima de Carlos Orejuila. O atacante bateu baixo e o goleiro do Huancayo defendeu. Não houve aproveitamento no rebote. A partida terminou tudo igual. Cesar Vallejo 2 x 2 Sport Huancayo. Com o resultado as duas equipes ficam com um ponto e ocupam a 13ª (Vallejo) e 14ª (Huancayo) posição na tabela. Na próxima rodada o Cesar Vallejo enfrenta o Alianza Lima no dia 3. Já o Sport Huancayo duela contra Academia Cantolao no dia 4.

Ayacucho 1 x 1 Melgar

Mais tarde, no sul do Peru, o Ayacucho enfrentou em casa a equipe do Melgar. O time da casa vinha de empate, e o visitante de derrota. Esperava-se uma partida sedenta por pontuação entre as duas equipes. Mas o embate se desenrolou com muita tranquilidade. Gol mesmo só saiu ao final do primeiro tempo quando Walter Tandazo cobrou o escanteio e Janio Posito cabeceou abrindo o placar para o Melgar. Não demorou muito para o Ayacucho buscar recuperação. Aos 45 minutos Kevin Sandoval aproveitou um furo na defesa do adversário e igualou o placar.

O segundo tempo foi de algumas mudanças e distribuição de alguns cartões amarelos nas duas equipes. Mesmo assim, seguiu sem muito perigo e terminou tudo igual. Com o resultado o Ayacucho soma dois pontos e ocupa a sétima posição na tabela, e na próxima semana, dia 1º, enfrenta o Alianza Universidad fora de casa. Já o Melgar está na 15º posição no campeonato e pega o UTC Cajamarca em casa no dia 3. Vale lembrar que a equipe também está na disputa na Copa Libertadores e enfrenta na terça-feira (26) o Caracas.

Luiza Purcino

Sobre Luiza Purcino

Luiza Purcino já escreveu 12 posts nesse site..

Luiza Purcino, Rondoniense, 24 anos, Jornalista pela Universidade do Estado de Mato Grosso. APAIXONADA por esportes: lutas, surf, NBA, Olímpicos.. Meu pai amou tão certo que deu inveja nos filhos para fazer o mesmo. Desde então, entrei no curso de Jornalismo já tendenciando à essa editoria, e vou rabiscando por aí o que merece ser dito. Futebol nunca foi meu principal foco, mas fui abrindo o coração e me entreguei no desafio de entender melhor essa paixão.


 

Rivalo Apostas Esportivas
Luiza Purcino
Luiza Purcino
Luiza Purcino, Rondoniense, 24 anos, Jornalista pela Universidade do Estado de Mato Grosso. APAIXONADA por esportes: lutas, surf, NBA, Olímpicos.. Meu pai amou tão certo que deu inveja nos filhos para fazer o mesmo. Desde então, entrei no curso de Jornalismo já tendenciando à essa editoria, e vou rabiscando por aí o que merece ser dito. Futebol nunca foi meu principal foco, mas fui abrindo o coração e me entreguei no desafio de entender melhor essa paixão.

Artigos Relacionados

Topo