Talles Magno marca, e Brasil bate Nova Zelândia na Copa do Mundo Sub-17

- Com a vitória, a Seleção Brasileira está classificada para a próxima fase da competição
Com um jogador a menos, Brasil bate a Nova Zelândia na Copa do Mundo Sub-17 Talles Magno

Pela 2ª rodada do Grupo A da Copa do Mundo Sub-17, o Brasil superou a Nova Zelândia na noite desta terça-feira (29), jogando no Bezerrão. Mesmo com um jogador a menos em todo o 2º tempo, a equipe brasileira conseguiu suportar a pressão dos neozelandeses e soube aproveitar as chances de gol. Kaio Jorge, Talles Magno e Diego Rosa marcaram na partida.

1º tempo

O Brasil chegou com perigo pela primeira vez aos 4’. Veron, pela direita, deu passe para Kaio Jorge, que finalizou, mas a bola foi para fora. Aos 19’, a Seleção Brasileira abriu o placar com Kaio Jorge. Novamente pelo lado direito do campo, Veron deu passe açucarado para o camisa 9, que mandou para o fundo das redes. A Nova Zelândia teve sua primeira chance clara aos 26’, em cobrança de falta de Randall, entretanto Matheus Donelli espalmou.

A resposta da Amarelinha veio com Talles Magno. Ele disparou, aos 30’, tocou para Peglow, que bateu, mas o goleiro segurou. Posteriormente, o camisa 11 brasileiro arriscou e Paulsen pegou de novo. Com 41’, o lateral direito Yan Couto, após revisão no VAR, recebeu cartão vermelho. O jogador deu um pisão Garbett quando a bola já não estava em disputa e, assim, foi punido. A primeira etapa terminou com nove finalizações brasileiras conta quatro neozelandesas.

2º tempo

Com 3’, a Nova Zelândia foi a primeira a arriscar. Em jogada individual, Van Hattum chutou, mas a bola foi à esquerda do gol. A equipe da Oceania subiu sua marcação, logo, fazendo com que os brasileiros tivessem dificuldade no toque de bola desde a defesa. Além, claro, de estar com um jogador a mais. Assim, os neozelandeses finalizaram novamente, agora, com Garbett, contudo o camisa 1 segurou firme. Pressionando, a Seleção visitante arriscou de novo. O camisa 14 girou e bateu para fora, mas com perigo, aos 16’.

Com 32’, Daniel Cabral chutou de fora da área, Paulsen salvou. Logo depois, o Brasil aumentou a vantagem no placar. O goleiro da equipe adversária falhou depois de recuo, dessa maneira, Talles Magno roubou a bola e, com o gol vazio, fez seu primeiro na Copa do Mundo, aos 34’. Depois do gol, a Amarelinha voltou a gostar do jogo. Diego Rosa, que entrou no lugar de Kaio Jorge, fez o terceiro da equipe. Após mais um vacilo dos defensores, o camisa 17 recuperou a bola e marcou, fazendo 3 x 0, com 45’, assim, dando números finais à partida.

E agora?

Na próxima rodada, a última da fase de grupos, o Brasil encara a Angola, no Estádio Olímpico, em Goiânia, na sexta-feira (1), às 20h. Simultaneamente, a Nova Zelândia enfrenta o Canadá, no Bezerrão. Já classificada, Seleção Amarelinha lidera o Grupo A por conta do saldo de gols, por ter vencido a Seleção Canadense por 4 x 1. Em contrapartida, a equipe da Oceania está em último lugar e ainda não pontuou. Dessa maneira, não conseguiu a classificação para a próxima fase.

Brasil x Nova Zelândia – melhores momentos

Foto destaque: Divulgação/Alexandre Loureiro/CBF

Danyela Freitas

Sobre Danyela Freitas

Danyela Freitas já escreveu 233 posts nesse site..

Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).

365 Scores

BetWarrior


Danyela Freitas
Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).
https://www.instagram.com/danyelaf/

Artigos Relacionados

Topo