Entre o campo e o preconceito: proibição do futebol feminino no Brasil

- Conheça a história da proibição do futebol feminino no Brasil que durou mais de 30 anos

Proibição futebol feminino no Brasil

O futebol feminino tem uma história de preconceito, proibição e injustiça, que, aos poucos foi sendo modificada, mas que ainda está longe do cenário ideal. A categoria tem ganhado mais popularidade no Brasil com as conquistas de Marta, disputas olímpicas e Pan americanas, mas também pelo espaço de luta que

FPF lança campanha feminina em “seletiva de imprensa”

- A coletiva de imprensa contou apenas com mulheres, enquanto os profissionais masculinos acompanharam de fora por uma TV

Foto da campanha #ElasnoEstádio, campanha da FPF. (Reprodução: Federação Paulista de Futebol/ Divulgação)

A FPF, junta aos 16 clubes de elite do futebol paulista, lançou uma campanha de apoio as mulheres. O #ElasnoEstádio busca aumentar o público feminino dos estádios, já que, segundo pesquisa encomendada, esse dado é mínimo. A partir daí, a diretora de futebol feminino da instituição, Aline Pellegrino, e a

“Compartilhamos Corinthianismo”: conheça a LPTC, torcida feminina do Corinthians

- Em entrevista fundadoras do movimento feminino pró-Corinthians, falam das dificuldades, ideais, momentos e muito mais

LPTC

"Aonde ela quiser! Seja no bar, na balada ou na arquibancada do estádio apoiando seu time do coração!". Esse é o bordão utilizado pela torcida Feminina do Corinthians, a LPTC (Loucas por ti Corinthians). Assim, o grupo que surgiu afim de levantar a bandeira de mulheres que apoiam e frequentam

Vídeo de lançamento do uniforme do Goiás e a sexualização da mulher no futebol

- Sexualização das mulheres no futebol acontecem a todo momento e um vídeo de divulgação do uniforme do Goiás trouxe a tona novamente essas discussão

Goiás

Essa semana, o Goiás lançou um pequeno vídeo, com cerca de 30 segundos, que mostrava o lançamento do novo uniforme do clube. Nas imagens, duas modelos aparecem em poses sensuais e a câmera com closes em seus corpos. Após a publicação, a indignação de muitas mulheres foi grande.Em um esporte

Mulher e futebol não é mais propaganda machista!

- Ganhando destaque no cenário futebolístico em diversas vertentes, o sexo feminino está mais forte do que nunca

Hoje, dia 8 de março, no Dia Internacional da Mulher, é legal enfatizar a importância destas guerreiras que, cada vez mais qualificadas, vem fazendo a diferença no esporte, seja jogando, transmitindo, comentando, reportando, escrevendo ou "simplesmente" torcendo, fazendo parte da grande massa.E não é com "toque feminino", falando de moda, estilo,

Menina de 9 anos será pioneira em atuar na base masculina de equipe profissional

- Após aprovação em teste, Natália Pereira se une aos meninos da base do Avaí no campo e no futsal

Menina de 9 anos será pioneira em atuar na base masculina de equipe profissional

Aprovada em um teste de avaliação, a catarinense Natália, de 9 anos, irá atuar na categoria de base Sub-10 do Avaí com meninos no futebol de campo e também no futsal a partir desta temporada. A pequena é filha de pais jornalistas (Karina Pereira e de Fabiano Linhares), que apostam fortemente

Pela primeira vez, Copinha terá três mulheres no quinteto de arbitragem

- As profissionais atuarão na final entre São Paulo e Vasco pela Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019

A 50ª edição da Copinha será especial não só para os torcedores de São Paulo e Vasco, mas também para as mulheres que desejam ingressar profissionalmente no mundo do futebol. Hoje (24), em coletiva para a imprensa, foi destacado que a final do torneio contará com três mulheres no quinteto

Apenas 6 dos 14 clubes brasileiros que irão às Copas Libertadores e Sul-Americana em 2019 têm times femininos montados

- Exigência de pré-requisitos da Conmebol faz times correrem atrás de montar categorias femininas

Uma equipe feminina com pelo menos uma categoria juvenil; Suporte técnico, equipamento e infraestrutura para treinamento e jogos e participar de competições nacionais e/ou regionais são as exigências feitas pela Conmebol para que os clubes de Série A possam vir a disputar as principais competições do continente em 2019. Flamengo, Internacional, Grêmio, Santos,