Flamengo é alvo de críticas por postura em meio a pandemia

- O clube é a favor da retomada do futebol, mesmo com o avanço da crise da Covid-19 no país

Flamengo

Contrariando a crise de Coronavírus que assola o Brasil este ano, o Flamengo decidiu flexibilizar as medidas de isolamento social e retomar os trabalhos no Clube. Contudo, a equipe não esperou a liberação do governo e da prefeitura do Rio de Janeiro, por isso foi alvo de críticas. A situação

Opinião: Bolsonarismo lida com futebol tão bem quanto com a COVID-19

- Alta cúpula de Flamengo e Vasco não se importam e estreitam laços com o egoísmo e com a falta de bom senso

COVID-19, Bolsonaro, Flamengo e Vasco

Começo a escrever esse texto para a coluna Rasgando o Verbo às 10:58 do dia 20 de maio de 2020. Um levantamento feito pelo G1, com base nas secretarias estaduais de saúde, aponta que o surto de COVID-19 ceifou 17.997 dos 272.277 infectados no Brasil até agora. Para piorar, esses

São Paulo FC se diz contra a volta do futebol

- Raí criticou a postura do presidente da republica e disse que o clube é contra a volta precoce do futebol.

São Paulo

O Ministério da Saúde se posicionou na noite da última quinta-feira (30), sobre a volta do futebol brasileiro. Apesar do Brasil estar vivendo o pico da epidemia, o órgão deu sinal verde para que os clubes retomassem as atividades esportivas. Mas destacou que teriam que obedecer a uma série de

Bolsonaro sanciona lei que aumenta prazo de banimento para torcidas violentas

- Publicada nesta terça-feira (26), lei aumentou para cinco anos, além de prever punição civil e desportiva

Bolsonaro sancionou lei que aumenta banimento de torcidas organizadas

Nesta segunda-feira (25), o Presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou uma lei que aumenta o prazo de banimento para torcidas violentas. Sendo assim, a punição de três anos aumentou para cinco. O novo prazo é em relação às organizadas que praticarem ou induzirem atos de violência em ambientes esportivos, dentro

Opinião: o que a manifestação política dos jogadores nos revela

- Apoio dado a Bolsonaro por Lucas e Felipe Melo não devem ser censurados, mesmo que não representem aquilo que você defende

A última semana incitou a discussão sobre a existência do discurso político dentro do futebol. Na Inglaterra, o atacante Lucas Moura, do Tottenham, causou polêmica ao manifestar apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL). No Brasil, o meio-campista Felipe Melo, do Palmeiras, externou, pela terceira vez, sua simpatia ao capitão reformado