Marcas da Copa – “La mano de Dios” uruguaia

O dia em que Luis Suárez foi de herói a vilão e herói novamente em menos de 10 minutos

Mais uma edição da coluna retrô sobre as Copas do Mundo, o “Marcas da Copa”. Colunistas FNV e convidados vão descrever a emoção única de algum jogo marcante de Copa que ficou fincado na memória. Serão crônicas desde a época de Pelé, até os tempos atuais. E hoje é Luiz Gustavo quem nos contempla