Bruno Ritter: Silêncio e trabalho em busca do sucesso

Volante vascaíno pensou em sair em 2017, mas deu a volta por cima em 2018

Com 1,84 e natural de Criciúma, Bruno Ritter foi contratado para a base vascaína no fim de 2016, após passagens pelo Criciúma e Internacional. Ele valoriza muito a experiência no colorado:"Aprendi muito nesse período, saí bem cedo de casa e isso me ajudou muito a crescer, me deu muita experiência."Sua