Sport vence a segunda seguida e garante permanência na elite do Pernambucano

- Já Petrolina e Vitória-PE empatam e deixam definição dos rebaixados para a última rodada do quadrangular da degola
Sport está garantido na elite pernambucana (Foto: Reprodução / Anderson Stevens / Sport Club do Recife)

Neste sábado (1), houve a realização da 2ª rodada do quadrangular do rebaixamento do Campeonato Pernambucano, com destaque para a vitória do Sport. Assim, no Paulo Coelho, em Petrolina, o time da casa até saiu na frente, mas voltou a ceder o empate em 1 x 1, dessa vez diante do Vitória-PE. Enquanto que, no Antônio Inácio, em Caruaru, o Decisão não foi páreo para o Leão, que venceu com facilidade por 3 x 0.

Dessa forma, com os resultados, o Sport garantiu a permanência na elite pernambucana para 2021 com seis pontos e a liderança com uma rodada de antecedência. Assim, Petrolina, Vitória-PE e Decisão, respectivamente, ainda lutam por uma vaga fora da zona do rebaixamento. Agora, na última rodada, o Leão recebe a Fera Sertaneja e o Tricolor das Tabocas enfrenta o Falcão do Agreste. Todos os jogos acontecem na quarta-feira (5), às 16h (horário de Brasília).

CAMPEONATO PERNAMBUCANO – QUADRANGULAR DO REBAIXAMENTO – 2ª RODADA

DECISÃO 0 x 3 SPORT

Assim, desde o princípio, o Sport dominou a partida, amassando o adversário e sendo mais incisivo e criativo. Dessa forma, não atardou para sair o primeiro gol. Aos 9′, Elton roubou bola, arriscou de fora da área e Henrique espalmou nos pés de Patric, o lateral cruzou na medida para Leandro Barcia marcar de cabeça. Em seguida, Weslley foi expulso após puxar Barcia que iria invadir a área para finalizar. Com um a mais, o Leão seguiu superior.

Aos 15′, Betinho recebeu no meio, arriscou de fora da área e Henrique aceitou uma bola totalmente defensável, aumentando a vantagem do Sport. Na sequência, Adryelson, Marquinhos e Elton quase marcaram o terceiro. Ainda no primeiro tempo, Marquinhos cruzou rasteiro e Elton desviou de primeira para fechar o placar. Por fim, na etapa final, com o placar consolidado, as equipes pouco produziram e o técnico Daniel Paulista aproveitou para fazer rodar o elenco leonino.

PETROLINA 1 x 1 VITÓRIA-PE

Após empatar na primeira rodada, o Petrolina precisava de uma vitória para deixar encaminhada a vaga na elite do Campeonato Pernambucano. Enquanto que o Vitória-PE, derrotado na reestreia contra o Sport, na Ilha do Retiro, a depender dos resultados, podia até ser rebaixado com uma rodada de antecedência. Logo, a partida era decisiva para as duas equipes.

No entanto, a etapa inicial foi sem grandes emoções. Já no segundo tempo, como no primeiro jogo, o Petrolina abriu o placar com Dênis, aos 19′. Apesar disso, mesmo melhor em campo, a Fera Sertaneja voltou a ceder a igualdade nos acréscimos da partida. Logo, Careca empatou para o Vitória-PE e manteve o Tricolor das Tabocas vivo na disputa e a definição das duas vagas para a última rodada.

Foto Destaque: Reprodução / Anderson Stevens / Sport Club do Recife

Ricardo do Amaral

Sobre Ricardo do Amaral

Ricardo do Amaral já escreveu 529 posts nesse site..

"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

0 0 vote
Article Rating
365 Scores

BetWarrior


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Subscribe
    Notify of
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Topo
    0
    Would love your thoughts, please comment.x
    ()
    x