A sombra de uma dinastia

Os torcedores do Manchester United, sem dúvida alguma, sentem saudades da era Alex Ferguson. O lendário treinador dirigiu os Red Devils ao longo de 27 anos, conquistou 38 títulos à frente da equipe, conduziu o clube a tempos áureos e imortalizou-se na história do futebol mundial.

 

Após Sir Alex Ferguson, passaram pelas ruas de Manchester David Moyes, Ryan Giggs e Louis Van Gaal. O primeiro entrou negativamente para a história do clube inglês: o United nunca havia terminado a Premier League abaixo da terceira colocação, mas sob a batuta do treinador escocês o clube amargou a sétima colocação e ficou de fora das competições europeias; Ryan Giggs assumiu interinamente e pouco fez; já o holandês, que levou a Seleção holandesa ao terceiro lugar na Copa de 2014, sucumbiu às expectativas, mesmo tendo um elenco composto por contratações badaladas, vide Schweinsteiger, Martial e Depay.

 

Visando retomar o posto de maior da Inglaterra, a diretoria do United contratou ‘The Special One’, José Mourinho, e disponibilizou ao treinador português um orçamento bilionário para montar um time de galácticos.

 

Ibrahimovic veio de graça, mas será a maior estrela da equipe; Eric Bailly foi contratado junto ao Villarreal por € 38 milhões (R$ 146 milhões); Henrikh Mkhitaryan veio do Borussia Dortmund por € 42 milhões (R$ 154 milhões); na tarde da última segunda-feira (25), os Red Devils acenaram com uma proposta de  € 38 milhões por Gabriel Jesus; por fim, nos próximos dias, Paul Pogba pode tornar-se o jogador mais caro da história do futebol: se concretizada, a transferência do francês para a Inglaterra custará € 140 milhões (R$ 502 milhões).

 

À frente do Manchester United, Mourinho tentará apagar o recente fracasso protagonizado no Chelsea. Caso Pogba seja contratado pelos Red Devils, a escalação do time inglês poderá ser: De Gea, Darmian, Smalling, Bailly e Rojo; Schneiderlein, Pogba e Rooney; Martial, Mkhitaryan e Ibrahimovic. No banco de reservas, nomes como Bastian Schweinsteiger, Depay e a promessa Rashford.

 

É inegável que se trata de um elenco acima da média, recheado de jogadores com status de astro. E esta será a maior dor de cabeça de José Mourinho: administrar muito estrelismo por pouco metro quadrado. A temporada mal começou e rusgas já surgiram em Manchester. Na última temporada, Anthony Martial foi contratado, marcou 17 gols pelos Red Devils e assumiu a liderança da lista dos jogadores abaixo dos 21 anos mais valiosos do mundo. Em contrapartida, Zlatan Ibrahimovic veio como grande craque e ‘’tomou’’ o número da jovem revelação francesa, que ficou insatisfeito e protestou, de maneira enigmática, no Twitter.

 

Se Mourinho souber evitar o choque entre egos e lapidar seu elenco, o Manchester United tem tudo para voltar aos tempos de glória já nesta temporada. 

André Siqueira Cardoso

Sobre André Siqueira Cardoso

André Siqueira Cardoso já escreveu 313 posts nesse site..

Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

Artigos Relacionados

Topo