”Se botarem na mesa, eu assino”, diz Cuéllar a respeito de contrato vitalício com o Flamengo

Colombiano destaca vontade de ficar por muito tempo no Flamengo, além de buscar conquistar objetivos nesse ano de 2019

Volante colombiano de 26 anos, Gustavo Cuéllar caiu nas graças da torcida do Flamengo, e não é a toa. O jogador é um dos xodós do atual elenco rubro-negro e vem sendo muito elogiado pelo grande futebol que apresenta desde que começou a ser titular do time. Um dos pilares do time, Cuéllar é o dono do meio campo na equipe de Abel Braga e um dos grandes marcadores do futebol brasileiro atualmente, tanto que está rotineiramente nas listas de convocação para a seleção colombiana.

O atleta foi contratado em janeiro de 2016, mas só conseguiu se firmar na equipe quando o treinador colombiano, Reinaldo Rueda, chegou na Gávea, na temporada de 2017. Desde esse período, o volante colecionou grandes números com a camisa do Flamengo, sendo campeão Carioca, vice-campeão da Copa do Brasil, da Sul-Americana, do Brasileirão, e virando um dos medalhões rubro-negros, principalmente em questões defensivas, raça e vontade nos jogos.

Contrato vitalício? Ele topa!

Em uma entrevista realizada pelo jornalista Thiago Asmar, no canal ”Pilhado”, no YouTube, o colombiano destacou sua vontade de permanecer no Flamengo por muito tempo, além de dizer que tem objetivos para cumprir e que esse ano é o ano de ganhar. O jogador até comentou sobre um contrato vitalício, e que assinaria um se o clube fizesse a proposta;

“Vou tentar ficar até o torcedor não gostar de mim. Se o Flamengo me botar na mesa, assino contrato vitalício. Quero ficar, é o ano-chave. Está pagando em dia, muito importante. Quero ficar. É um ano-chave. Tenho metas para cumprir esse ano. É o ano de ganhar”

O volante falou a respeito da relação com a torcida e como se sente orgulhoso por ter todo esse carinho e reconhecimento, mesmo com jogadores consagrados e reconhecidos do futebol brasileiro fazendo parte do elenco;

“Me enche de orgulho. O time tem o Diego, Éverton Ribeiro, Vitinho, caras conhecidos no mundo todo, eu sendo considerado pela torcida num país tão boleiro como o Brasil, é f…” 

”Não Aceito Perder”

Perguntado a respeito de sua raça e vontade nos jogos, além de como se sente quando sai derrotado, o meio-campista disse que busca fazer o que precisa ser feito e faz de maneira natural, sempre dando tudo de si pelo clube que defende. Cuéllar também declarou que não gosta de perder e sai revoltado  quando isso acontece, ainda mais com a qualidade do elenco do Flamengo para essa temporada de 2019. Em relação a liderança, fala muito pouco, mas gosta de ser um líder jogando.

Quando o assunto foi Libertadores, o colombiano disse que o time amadureceu, relembrando as duas vezes que disputou a competição pelo Flamengo desde que chegou;

”Tô sentindo que o time amadureceu muito desde que eu cheguei aqui. Joguei duas Libertadores e ficamos fora em jogos inacreditáveis. Nós jogadores adoraríamos ser campeões, ainda mais nesse clube, o que ficaria marcado na história.”

 

Avatar

Sobre Leonardo Abrahão

Leonardo Abrahão já escreveu 281 posts nesse site..

Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Avatar
Leonardo Abrahão
Meu nome é Leonardo, tenho 19 anos, paulista e estudante de jornalismo. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre. Sonho em trabalhar com esse esporte por toda a vida e acompanhar de perto as grandes competições.

Artigos Relacionados

Topo