São Paulo se sagra campeão da Legends Cup Brasil

- Torneio aconteceu no Morumbi, neste domingo (15)
São Paulo vence a Legends Cup; entenda a competição e veja como foi

Ex-jogadores de quatro grandes clubes do mundo: Barcelona, Bayern de Munique, Borussia Dortmund e São Paulo se reuniram nesta tarde de domingo (15), no estádio do Morumbi para disputar a Legends Cup Brasil. Os donos da casa se sagraram campeões após baterem os bávaros e os catalães na final. Melhor jogador foi Dagoberto e também artilheiro junto com Fabão e Lucas Barrios.

Foram duas semifinais, os vencedores iam a final e os perdedores se enfrentaram na disputa do 3ª lugar. Dessa forma, eram dois tempos de 25 minutos para todo mundo aproveitar e não cansar tanto. Nem era tão sério, mas teve quem levasse. O clube espanhol veio com dois camisas 20, Deco e Simão e dois camisas 15, Edmilson e Lietman. Os aurinegros também tinham dois camisas 3, Evanilson e Fernandes.

As alterações eram ilimitadas, passaram pelo gramado na Legends Cup jogadores como: Demichelis, Olic, Luca Toni e Zé Roberto pelo Bayern de Munique. Pelo Dortmund, Koller, Amoroso, Lucas Barrios e Weinderfeller. Vestindo a camisa do Barça tinham: Sonny Anderson, Giovanni, Deco e Edmílson. Além disso, Silas, Muller, Careca, Zetti, Lugano e Mineiro foram alguns destaques tricolores.

Borussia Dortmund 0 x 2 Barcelona

O jogo começou animado com as duas equipes querendo logo fazer um gol e com muitos passes bonitos. Giuly foi o primeiro a Weinderfeller em chute forte cruzado. Aos 18′ Lucas Barrios perdeu gol feito, sozinho na cara do goleiro. No minuto sozinho, Giuly recebeu uma bola igual e deu aula para tirar do arqueiro, assim, abrindo o placar. Belletti quase fez um gol igual ao da final da Champions 2005/06, mas a bola foi para fora.

Na segunda etapa, Saviola tentou fazer um golaço de cobertura, mas a trave impediu. Sendo assim, Mendieta mostrou como se faz, chutando no ângulo alemão. O fim do jogo foi marcado pela chapelaria Edmilson e, ainda as tentativas frustradas do BVB de deixar o seu.

São Paulo 2 x 0 Bayern de Munique

Como os sul-americanos tinham com mais vontade, em um jogo que unisse muitos, a coisa ficaria mais pegadas. Josué e Paulo Sérgio se desentenderam em um momento da partida. Aloísio Chulapa peitou o juiz por não ter gostado de uma decisão. Por isso, houve até expulsão. Demichelis deixou a sola da chuteira na bata da perna de Dagoberto e ambos levaram cartão vermelho.

No entanto, também teve futebol. Pois Fabão e Falcão aproveitaram bobeadas da defesa para deixar o seu. O tricolor parecia mais inteiro e com jogadores mais novos do que o adversário. Além disso, põe na conta a calma de Muricy Ramalho a beira do gramado.

Borussia 3 x 2 Bayern

Com dois jogos em seguida, os baváros tiveram problemas para se recuperar. Mas, os aurinegros cansaram na segunda etapa e quase viram Zé Roberto empatar o jogo. No primeiro tempo, Lucas Barrios aproveitou as chances perdidas da semifinal e marcou dois gols. O terceiro foi de Koller após trombar com os adversários, ter arrancado e tirado o goleiro.

Ewerthon e Amoroso começaram a brincar nos minutos finais e, viram Maksimovic diminuir a vantagem. O sempre em forma Zé Roberto estava a fim de jogo, inclusive deu assistência para Olic deixar o seu. O brasileiro ainda tabelou co Paulo Sérgio, mas chutou por cima do gol.

SPFC 3 x 0 Barcelona

A Legends Cup teve a reedição do Mundial de 1992 e o vencedor foi o mesmo. Sendo assim, tricolor conquistou seu único título do ano e tirando a “zica” do péssimo 2019 do estádio do Morumbi. Denílson foi derrubado na área. Pênalti. Apesar do pedido de Muricy para Jorge Wagner cobrar, Dagoberto foi a bola e abriu o placar na final.

No fim da primeira etapa, Cicinho cobrou escanteio na cabeça de Fabão para aumentar a vantagem. Deco e Giovanni tentavam estragar a festa da torcida, no entanto, isolaram suas chances. Na segunda etapa, Saviola parou em Bosco e viu aos 13′ Souza lançou Dagoberto que aproveitou o goleiro adiantado para dar de cobertura e fechar o placar.

Foto destacada: SPFCNET/Reprodução

Guilherme Ribeiro

Sobre Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro já escreveu 383 posts nesse site..

Sou Guilherme Ribeiro, 20, paulista da região do ABC. Ler e escrever é um hobby, para o esporte que é a minha paixão.

365 Scores

BetWarrior


Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
Sou Guilherme Ribeiro, 20, paulista da região do ABC. Ler e escrever é um hobby, para o esporte que é a minha paixão.

Artigos Relacionados

Topo