São Paulo cria o “Dia do Futebol Feminino Tricolor” e anuncia Cristiane

Visando um ano de muitas conquistas, o Tricolor monta um projeto de longo prazo para o futebol feminino

O São Paulo iniciou o ano com grandes projetos e anunciou nesta segunda-feira, (14), a atacante da Seleção Brasileira, Cristiane, como reforço para o time principal de futebol feminino. Para comemorar esse marco e iniciar de vez seu projeto de longo prazo para esta categoria, o time são-paulino oficializou essa data para ser o Dia do Futebol Feminino Tricolor.

Cristiane é considerada uma das maiores jogadoras de todos os tempos e chega ao clube do Morumbi para ajudar no desenvolvimento do time. Tinha propostas do Barcelona e do Corinthians, mas o projeto apresentado pelo São Paulo a chamou mais atenção.

“Primeiro é um desafio na minha carreira, que é abraçar o projeto. O São Paulo me mostrou um projeto muito interessante, me mostrou toda a estrutura, não tenho nem o que falar da estrutura do clube. O São Paulo me trouxe esse projeto de crescimento da modalidade, de dar crescimento às atletas e acho que abrirá portas para outras meninas olharem e dizerem: ‘o negócio é sério! Conseguiram levar a Cris pra lá. Então tem alguma coisa de diferente no São Paulo'”, afirmou a atacante são-paulina para a entrevista exclusiva feita pela SPFCtv.

O Presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, também festejou a novidade:

“A contratação da Cristiane demonstra a forma séria como o São Paulo entra no projeto do futebol feminino. Estamos muito felizes por termos concretizado essa negociação, que eleva nossa equipe principal a outro patamar, e esperamos que a Cristiane nos ajuda a obter o êxito que desejamos e que o projeto merece”, respondeu ele para a nota oficial do São Paulo.

Aos 33 anos, Cristiane já teve passagem em diversos clubes do Brasil e do exterior, sendo eles: Juventus, Turbine Potsdam (Alemanha), Wolfsburg (Alemanha), Linköping (Suécia), São Bernardo, Corinthians, Chicago Red Stars (Estados Unidos), Santos, Rossiyanka (Rússia), Daekyo (Coreia Do Sul), Centro Olímpico, Paris Saint-Germain (França), Changchun Yatai (China). Além disso, coleciona títulos como: dois troféus do Pan-Americano (2007 e 2015), duas medalhas de prata olímpicas (2004 e 2008) e uma do Mundial de 2007, sem contar que é bicampeã da Libertadores (2009 e 2010) pelo Santos e campeã da Copa do Brasil (2009), e muitos outros.

Ela ainda é a maior goleadora entre homens e mulheres em Jogos Olímpicos com 14 gols. E está na terceira posição entre os artilheiros históricos da Seleção com 83 gols, atrás apenas de Marta (104) e Pelé (95).

Pouca moral para a nova atacante do São Paulo, não é?!

Juliana Gandard

Sobre Juliana Gandard

Juliana Gandard já escreveu 43 posts nesse site..

Juliana Gandard é estudante de jornalismo e escritora. Descobriu no futebol uma nova paixão. Ama um desafio e quer conhecer o mundo. Através das palavras tenta ajudar as pessoas e mostrar que mesmo quando as coisas não estão fáceis, sempre há esperança.


 

365 Scores

 

Juliana Gandard
Juliana Gandard
Juliana Gandard é estudante de jornalismo e escritora. Descobriu no futebol uma nova paixão. Ama um desafio e quer conhecer o mundo. Através das palavras tenta ajudar as pessoas e mostrar que mesmo quando as coisas não estão fáceis, sempre há esperança.

Artigos Relacionados

Topo