Santos vai precisar abrir os cofres se quiser contar com zagueiro do Atlético Nacional

O clube colombiano está punido e só aceita vender Felipe Aguilar pelo valor de sua multa rescisória

O Santos segue no mercado para reforçar seu elenco, mas para contar com Felipe Aguilar, zagueiro do Atlético Nacional, da Colômbia, terá que desembolsar R$ 18,4 milhões, pois o clube de Medellín está punido pela Comissão do Estatuto do Jogador do Campeonato Colombiano e impedido de inscrever novos atletas.

O valor é considerado alto pela direção do clube paulista e, por enquanto, as chances de Aguilar vestir a camisa do Santos são baixas. No entanto, o Peixe acredita que não seja impossível conseguir negócio por um valor mais baixo que o da multa de do defensor. O próprio Atlético Nacional já entrou com recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) e aguarda por liberação para poder contratar novos jogadores em um futuro próximo.

Jorge Sampaoli que se interessou pelo beque, já que ele se encaixa nos requisitos de zagueiros que agradam o novo comandante do Alvinegro: velocidade e passe aprimorado – foi assim que Aguilar se destacou em 2018, na Liga Águila, como é conhecida a primeira divisão do futebol colombiano.

Felipe Aguilar (à direita) é peça fundamental para o esquema do clube colombiano (Reprodução/Globo esporte)

Para que a conclusão das tratativas envolvendo os dois clubes não seja totalmente negativa, o Santos conta com plano B, C e até mesmo D para o seu sistema defensivo. Há alguns dias, monitora Fidel Escobar, panamenho que disputou a Copa do Mundo da Rússia, em 2018, e pertence ao Sporting San Miguelito, do Panamá. Os outros dois nomes são Igor Julio, brasileiro que atua no Áustria Viena, da Áustria, e o Juan Escobar, jogador do Cerro Porteño, do Paraguai.

Sobre Edson Guimarães

Edson Guimarães já escreveu 38 posts nesse site..

Meu nome é Edson Guimarães, tenho 22 anos e inicio em 2019 o último ano de Jornalismo. Minha paixão pelo futebol vem desde 2002, juntamente do amor pelo meu clube do coração, vulgo Santos Futebol Clube. A junção de duas paixões (futebol e escrita) começou de fato em 2015, ano que dei pontapé inicial à minha graduação. Meus espelhos da comunicação social esportiva são Mauro Cézar Pereira (ESPN) e André Hernan (Sportv).

Edson Guimarães
Meu nome é Edson Guimarães, tenho 22 anos e inicio em 2019 o último ano de Jornalismo. Minha paixão pelo futebol vem desde 2002, juntamente do amor pelo meu clube do coração, vulgo Santos Futebol Clube. A junção de duas paixões (futebol e escrita) começou de fato em 2015, ano que dei pontapé inicial à minha graduação. Meus espelhos da comunicação social esportiva são Mauro Cézar Pereira (ESPN) e André Hernan (Sportv).

Artigos Relacionados

Topo