Santos relembra o tricampeonato da Libertadores

Em 22 de junho de 2011, o Peixe vencia pela terceira vez a tão desejada Libertadores da América
Oito anos do tricampeonato da Libertadores do Santos

Há exatamente oito anos, o Santos escrevia mais uma página na história no futebol brasileiro. O time alvinegro conquistou pela terceira vez a Copa Libertadores da AméricaApesar de a equipe ter empatado em 0 x 0 no primeiro jogo da final. O Peixe tinha a vantagem de decidir a final em casa, no Pacaembu. Dessa forma, o torcedor santista compareceu em peso no estádio, apoiando a sua equipe até o fim da partida. Com quase 38 mil ingressos vendidos antecipadamente, o time paulista não sentiu a pressão, e venceram o Peñarol por 2 x 1.

O time paulista começou com um esquema ofensivo, utilizando o famoso 4-4-2. Muricy Ramalho selecionou os seus melhores 11 jogadores, começando com Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Elano e Ganso; Neymar e Zé Eduardo. No 1º tempo, o Santos dominou, pressionou algumas vezes, mas não conseguiu balançar a rede adversária.

Logo no primeiro minuto do 2º tempo, Neymar abre o placar para o Peixe, para delírio dos torcedores santistas. Em belo jogada de Ganso com Arouca que em seguida tocou para o camisa 11 que chutou, sem chances,  no canto esquerdo do goleiro Sébastian Sosa, 1 x 0. Logo depois, aos 23 minutos, o lateral direito Danilo ampliou o placar, chutando novamente no canto esquerdo, 2 x 0. Porém, o Peñarol tentar correr atrás do prejuízo, e aos 35′, o zagueiro santista Durval foi tentar cortar o cruzamento do Estoyanoff, e acabou fazendo gol contra, 2 x 1.

Mas os Meninos da Vila conseguiram segurar o resultado. Aos 48′ do 2º tempo, o árbitro argentino Sérgio Pezzotta apitou fim de partida, para delírio dos quase 38 mil torcedores presentes no estádio. Naquela noite de quarta-feira, os torcedores santistas de todo o país puderam, finalmente, serem os donos da América.

FIM DO JEJUM DO SANTOS

No dia 22 de junho de 2011, o Santos Futebol Clube conquistou o tricampeonato (1962, 1963 e 2011). Depois de 48 anos, o torcedor santista, enfim, pôde dizer “conquistamos a América novamente”. Muricy Ramalho fez um ótimo trabalho mesclando no seu esquema de jogo, jogadores experientes com os jovens talentos revelados pelo Peixe. E o resultado deste esforço não poderia ser melhor. A taça da Copa Libertadores da América de 2011 ficou no Brasil, com o time campeão jogando um futebol bonito e gostoso de se ver.

Ernesto Coelho

Sobre Ernesto Coelho

Ernesto Coelho já escreveu 54 posts nesse site..

Olá, me chamo Ernesto Coelho, tenho 19 anos, sou estudante de jornalismo pela UFOP. Desde pequeno sempre fui apaixonado por futebol e já tive vontade de ser jogador profissional. Com o passar do tempo, percebi que costumava escrever bastante e fiz a junção das coisas que eu mais gosto: escrever e futebol.


Que tal assistir a final da Libertadores no Chile? Cadastre-se e concorra:

Rexona


Forza Football

 

Ernesto Coelho
Ernesto Coelho
Olá, me chamo Ernesto Coelho, tenho 19 anos, sou estudante de jornalismo pela UFOP. Desde pequeno sempre fui apaixonado por futebol e já tive vontade de ser jogador profissional. Com o passar do tempo, percebi que costumava escrever bastante e fiz a junção das coisas que eu mais gosto: escrever e futebol.

Artigos Relacionados

Topo