Santos é surpreendido pelo Novorizontino e perde a liderança do Grupo A

Peixe perde a invencibilidade no Pacaembu após quatro meses
Santos é surpreendido pelo Novorizontino e perde a liderança do Grupo A

Na noite da última sexta-feira (15), a torcida santista não teve um “sextou” da forma que queria. Em dia de homenagens a Coutinho, que faleceu na última segunda-feira (11), vítima de um infarto, o Santos foi derrotado por 1 x 0 para o Novorizontino e colocou fim a uma invencibilidade de quatro meses jogando no Estádio do Pacaembú, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Paulista e deixou a liderança do seu grupo.

O time santista usou um uniforme especial com o rosto de Coutinho e também uma faixa branca no braço, que era usada pelo ídolo santista para diferenciar ele de Pelé. Antes da bola rolar, os membros do Comitê de Gestão entregaram uma placa para os familiares de Coutinho no meio do gramado.

A família de Coutinho recebeu uma placa do Peixe em homenagem a sua espetacular, grandiosa e gloriosa passagem no clube. #ÍdoloEterno

Posted by Santos Futebol Clube on Saturday, March 16, 2019

1º TEMPO

As duas equipes começaram a partida indo para o ataque a todo custo. Logo aos oito minutos, o Santos teve uma boa chance de abrir o placar: Rodrygo fez boa jogada para Christian Cueva marcar, mas Matheus Sales, debaixo da trave, impediu o gol. Aos 15′, foi a vez de Cueva deixar o camisa 11 em boa condição depois de uma boa tabela, Rodrygo finalizou em cima do goleiro Vagner.

Após as chances perdidas, o Peixe caiu de rendimento e seguindo o ditado “quem não faz, leva”, o time santista foi castigado aos 30′ depois de um erro de Carlos Sánchez: Felipe Marques conseguiu facilmente driblar o lateral direito Victor Ferraz e mandou para Murilo, finalizar e abrir o placar para o Novorizontino. Aos 40′, o Tigre teve mais uma chance com erro de Diego Pituca e Felipe driblou o goleiro Vanderlei, e quis cavar pênalti. Porém a arbitragem, que estava próxima mandou o jogo seguir.

Hoje vai ser por você do início ao fim, Coutinho. Hoje e sempre! #SANxNOVAlém da homenagem no uniforme, os jogadores…

Posted by Santos Futebol Clube on Friday, March 15, 2019

2º TEMPO

O Santos não parecia nada com o time dos jogos anteriores, e com a ausência de Derlis González e Gustavo Henrique, suspensos e sem Alison, machucado, o Peixe pouco criava diante de um Novorizontino bem estruturado defensivamente. O Alvinegro Praiano tentava chegar por cruzamentos, e com isso o técnico Jorge Sampaoli foi obrigado a fazer sua primeira alteração: sacou Cueva para a entrada de Felippe Cardoso, mas literalmente nada funcionava.

O Tigre aproveitava os contra-ataques e teve três boas chances com Felipe fazendo com que Sampaoli novamente mudasse a equipe tirando Soteldo e Rodrygo para as entradas de Copete e Eduardo Sasha. Com isso passou a ter três atacantes em campo. A chance de fazer gol só veio aos 45 minutos, em cabeceio de Felipe Aguilar, mas não conseguiu evitar a derrota.

Final de 1º tempo: Santos 0x1 Novorizontino. Vamos virar, Santos! #SANxNOV Fotos: Ivan Storti | Santos FC

Posted by Santos Futebol Clube on Friday, March 15, 2019

E AGORA?

Com a derrota, o Peixe mantém os 23 pontos, mas perdeu a liderança do Grupo A para o Red Bull Brasil, que ganhou do São Bento por 3 x 2 e agora tem 24 pontos. Já o Tigre chegou aos 19 pontos no grupo B e segue na segunda posição, atrás do Palmeiras.

Na última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, o Novorizontino enfrenta a Ferroviária, na quarta-feira (20), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Jorge Ismael de Biasi. No mesmo dia e horário, o Santos visita o Botafogo-SP, no Estádio Santa Cruz.

MELHORES MOMENTOS

Camilla Magalhães

Sobre Camilla Magalhães

Camilla Magalhães já escreveu 126 posts nesse site..

Me chamo Camilla, tenho 24 anos, sou recém formada em jornalismo e uma apaixonada por futebol. Sou torcedora do Santos futebol clube. E se pudesse morar em um lugar eu moraria dentro do estádio, minha segunda casa.


 

365 Scores

 

Camilla Magalhães
Camilla Magalhães
Me chamo Camilla, tenho 24 anos, sou recém formada em jornalismo e uma apaixonada por futebol. Sou torcedora do Santos futebol clube. E se pudesse morar em um lugar eu moraria dentro do estádio, minha segunda casa.

Artigos Relacionados

Topo