Santarém domina e leva dois times para a primeira divisão do Parazão 2019

- São Francisco e Tapajós conseguiram suas classificações para as finais da Segunda Divisão paraense de maneira emocionante

Após se enfrentarem por duas vezes na primeira fase, São Francisco e Tapajós irão fazer mais um clássico pela Segundinha Paraense. As duas equipes tiveram adversários a altura, e que dificultaram a vida dos times de Santarém até chegarem no ápice do acesso e de quebra, a disputa pelo título que é tão importante para os times neste fim de ano.

Paraense 0 x 0 Tapajós

A equipe do Paraense recebeu o Tapajós, no Mangueirão. Os santarenos se utilizaram do regulamento debaixo do braço, após vencer por 2 x 0, para conseguir o resultado que bastava. E foi assim, jogando defensivamente, que o time do técnico Fran Costa jogou e sofreu muita pressão no primeiro tempo, mas o arqueiro Jader estava atento.

No segundo tempo, o Tapajós foi mais a frente e ainda teve algumas oportunidades, porém, defensivamente o time ainda deixava a desejar e fazia o seu goleiro trabalhar e muito para garantir o 0 x 0. Ao final do jogo, a festa do Boto começou, comemorando mais uma ida a principal divisão do Pará, com o detalhe do décimo acesso do seu comandante Fran Costa, que já tinha conseguido o feito com a equipe do Oeste do estado em 2014.

(Reprodução/GloboEsporte.com)

São Francisco 2 x 2 Pinheirense (pênaltis 4 x 3)

0 x 0 também foi o placar do jogo de ida entre São Francisco e Pinheirense, que também jogaram no Mangueirão, mas no domingo de manhã. O jogo quente começou com Carlinhos Rocha fazendo 1 x 0, para o time que mandava a partida, aos 13 minutos. Mesmo com a pressão o Leão de Santarém, o Pinheirense marcou o seu aos 36 minutos, com o pênalti convertido por Marquinho. Nos acréscimos da primeira etapa, Tavinho colocou de novo os donos da casa na frente, após uma linda cobrança de falta.

No segundo tempo, o General da Vila precisando buscar o resultado, se lançou ao ataque. Após muita pressão durante toda a etapa final, o Pinheirense foi recompensado com o chute de longe de Ângelo, artilheiro do torneio com seis gols, traindo o goleiro Labilá e deixou o placar igual novamente, levando a decisão para os pênaltis.

Lá, os times começaram mal, perdendo as duas primeiras cobranças na primeira série, na segunda se recuperaram, mas na terceira o São Francisco converteu, entretanto os visitantes pararam nas mãos de Labilá, que na última cobrança do seu time, foi para a marca da cal e fez o gol da classificação e do acesso para a primeira divisão.

E Agora?

O clássico santareno vai movimentar toda a cidade que tem mais de 200 mil pessoas e é importante pólo econômico e cultural da região Oeste do estado. As duas equipes jogam no próximo domingo (25), às 18h (horário local), no estádio Colosso do Tapajós. O segundo jogo acontece no dia 02 de dezembro (domingo).

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 891 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

365 Scores

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo