Saiba quem é Túlio Bilaque, o treinador do Rio Preto que chamou a atenção na Copinha

Equipe do interior paulista ficou entre as 16 melhores da competição, para muitos foi surpresa, para ele não

Ele eliminou Chapecoense, Penapolense, Andradina e São José-RS pela Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019. Na maioria dos jogos, foi tratado como azarão, mas chegou bem até as oitavas de final. A eliminação para o Cruzeiro foi dolorida, porém sabia-se do tamanho da equipe adversária e que não seria fácil.

Trabalho

No comando desta equipe estava Túlio Bilaque, técnico que era preparador físico até 2017 e, convenceu quando recebeu sua prova de fogo. O treinador tem uma longa passagem pelas categorias de base do Rio Preto, principalmente, o sub-15 e sub-20.

A inspiração para seu estilo de jogo são os times de Carille, Tite e Mano Menezes, porém, houve mudanças nessas características para alguns jogos da competição. As jogadas agudas pelos flancos com cortes ao centro e passes em profundidade foram características em todas as partidas.

Todos esses já tiveram passagens pelo Corinthians, clube em que Túlio ficou mais de dez dias para fazer network com outros profissionais, em relação, a aprendizado dentro e fora de campo, seus “professores” estavam na comissão técnica do time que chegou a semifinal da Copa SP.

O paulista disse sobre a pressão que é comandar um time de base:

“Eu trabalho pensando na formação, pois sei que uma ótima formação dá resultados, mas os gestores, na maioria das vezes, pensam apenas no resultado. Isso gera ainda mais pressão em mim e nos garotos, por causa desses objetivos diferentes, mas conseguimos os dois na copinha” 

View this post on Instagram

Hoje se encerra nossa participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior, de uma maneira que não gostaríamos, porém entendemos que faz parte do futebol! Fizemos uma campanha excelente até aqui, e perdemos um jogo aonde sabíamos do grau de dificuldade, esperávamos um desempenho diferente, mas tudo foi válido no processo de formação dos atletas. Agradeço a todos meus familiares, minha namorada, meus amigos e a todos que neste período só passaram energia positiva e apoio a todo momento. Agradeço a diretoria pela confiança em meu trabalho, em especial ao Dário coordenador, e ao Edilson Lugui gestor da base, a toda a comissão técnica e jogadores, todos muito comprometidos e focados para que o resultado fosse o melhor possível! Fizemos um trabalho muito bom e está derrota não pode apagar nosso brilho, o ano está só começando e de uma maneira positiva! Coisas grandes estão por vir! Vale ressaltar que ficamos entre os 16 melhores clubes do país, dentre os 128 que iniciaram a competição. #RioPretoEsporteClube #TimeDeGuerreiros

A post shared by Tulio Felipe Bilaque (@tuliobilaque) on

O trabalho gerou bons frutos como: o meia Luca, o atacante Teteu, o zagueiro Guilherme, o lateral Marquinhos e o ponta Renan subiram ao profissional, no fim da competição. O meia-atacante Paulo Vitor foi negociado com o Atlhetico Paranaense no fim da primeira fase.

Futuro

Nada de proposta concreta apareceu até o momento, mas ele ficou lisonjeado com os elogios que recebeu de outras comissões técnicas como a do Cruzeiro, Novorizontino, Chapecoense e São José, e espera para ver o que acontece no futuro.

Seus planos são de um dia poder treinar em uma equipe grande, com bom respaldo, pois sabe que as condições de trabalho são melhores que a de hoje. Além disso, quer fazer ótimo trabalho com resultado e formação para se sentir satisfeito. Para isso, ele se capacita fazendo muitos cursos como o da CBF, que acontece neste mês e promete fazer ainda mais nos próximos anos.

O professor comentou sobre sua estreia em uma competição tão grande e elogiou os finalistas:

“O nível da Copinha é ótimo, o melhor campeonato de clubes do mundo certamente, foi bom começar num torneio como esse, gostei do jeito que os times jogaram. A final foi entre as melhores equipes e premiou aqueles que menos erraram, pois qualquer erro custa uma eliminação facilmente”. 

Guilherme Ribeiro

Sobre Guilherme Ribeiro

Guilherme Ribeiro já escreveu 133 posts nesse site..

Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

1X Bet
Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
Sou Guilherme Ribeiro, 18, paulista da região do ABC, estudante de jornalismo, corinthiano, alucinado por futebol e louco por esporte.

Artigos Relacionados

Topo