Sábado de rodada final e decisiva na J.League

Três times brigam pela última vaga no G3 enquanto outras três querem fugir do play-off com equipes da J.League 2 para permanecer na elite

Neste sábado (01) a temporada de 2018 da J.League se despede com a disputa da 34a rodada. Nove jogos, todos acontecendo no mesmo horário (3h, pelo horário de Brasília). Apesar de muitas equipes apenas cumprirem tabela, algumas partidas vão definir o último classificado para a Liga dos Campeões da Ásia, onde apenas Sanfrecce HiroshimaKashima Antlers Hokkaido Consadole Sapporo estão na briga, enquanto outras vão apontar quem vai disputar o play-off para tentar a permanência na primeira divisão. Nagoya Grampus Eight Shonan Bellmare fazem um confronto direto. Sagan TosuJubilo Iwata Yokohama F. Marinos também correm risco.

J.League – 34ª Rodada

Hokkaido Consadole Sapporo x Sanfrecce Hiroshima – 3h

Na disputa direta por uma vaga na Liga dos Campeões da Ásia, as duas equipes entram em campo no Sapporo Dome, onde somente a vitória interessa aos donos da casa. Os três pontos conquistados na partida diante do Jubilo Iwata, deu novas esperanças de classificação ao time de Hokkaido para o torneio continental. Algo que será inédito em sua história, caso se concretize. Além de vencer o time de Hiroshima, o Consadole, quarto colocado com 54 pontos, precisa torcer para o Kashima Antlers, terceiro com 55, não derrotar o Sagan Tosu, para se garantir na LCA.

https://twitter.com/consaofficial/status/1068416576821444609

O Sanfrecce Hiroshima precisa de apenas um empate para garantir um lugar na Liga os Campeões da Ásia de 2019. Mas se levarmos em consideração o retrospecto da equipe nas rodadas anteriores, seus torcedores tem motivos de sobra para ficarem preocupados. Isso porque o vice-líder da J.League com 56 pontos, acumula uma sequência de oito jogos sem vitória, sendo seis derrotas seguidas. Em caso de um novo revés somada a uma vitória do Kashima Antlers diante do Sagan Tosu, a vaga no torneio continental vai escapar na última rodada. Algo que nem o mais pessimista torcedor do Sanfrecce poderia imaginar. Por isso, o técnico Hiroshi Jofuku vai mandar à campo o que tem de melhor para conquistar os três pontos e dar um fim neste momento negativo de sua equipe.

Kashima Antlers x Sagan Tosu – 3h

Duelo de opostos e decisivo. Assim pode-se definir o confronto entre Kashima Antlers Sagan Tosu. De um lado o time de da casa precisa vencer para confirmar sua presença na Liga dos Campeões da Ásia e tentar o bicampeonato em 2019. Terceiro colocado com 55 pontos, o Kashima vem de três vitórias consecutivas, sendo a última diante do Vegalta Sendai por 3 x 0, fora de casa. Para terminar a vitoriosa temporada de 2018, o time mandante ainda pode terminar a J.League como vice-campeão, caso vença o Sagan e o Sanfrecce Hiroshima seja derrotado pelo Consadole Sapporo.

Do outro lado está o Sagan Tosu, 15º colocado com 40 pontos, lutando para não ficar com a vaga da equipe que vai ter que disputar o play-off da permanência, atualmente com o Nagoya Grampus Eight que tem o mesmo número de pontos. O cenário ideal para a turma do espanhol Fernando Torres e cia. é uma vitória diante do Kashima e um empate entre Nagoya e Shonan Bellmare, para comemorar mais uma temporada na primeira divisão. A seu favor está a boa sequência de resultados nas últimas rodadas. Já são quatro jogos sem derrota e um bom futebol apresentado, o que ajuda seus torcedores a manterem as esperanças do time ficar na elite em 2019.

Nagoya Grampus Eight x Shonan Bellmare – 3h

Este é o jogo que envolve diretamente duas equipes que querem fugir do play-off da permanência. Tanto Nagoya Grampus Eight quanto Shonan Bellmare estão com 40 pontos, mas o time da casa perde no saldo de gols, (-7 contra -5, respectivamente). Vencer e torcer por um tropeço do Sagan Tosu, livram o time do atacante brasileiro e artilheiro da J.League com 22 gols, , da incômoda 16a colocação. Na rodada passada o Nagoya foi até Hiroshima e venceu o Sanfrecce por 2 x 1. O próprio jogador falou da importância desta última e decisiva partida:

“Jogamos em casa, o estádio vai estar cheio e eu quero jogar o meu melhor futebol. Creio que com toda esta atmosfera vamos conseguir a vitória”.

Os jogadores do Shonan Bellmare não querem estragar a temporada de 2018, onde o time conquistou a Copa da J.League, primeiro título da história do clube. Para que isso não aconteça, conquistar os três pontos diante o Nagoya livra o time do play-off. A vitória por 2 x 1 sobre o Urawa Red Diamonds na última rodada, pode ter dado o ânimo necessário para a equipe fazer um bom jogo fora de casa. Coincidência ou não, há dois anos os times também se enfrentaram na última rodada para fugir do rebaixamento. Mas esta é uma lembrança que os torcedores do Shonan não querem ter, já que naquela ocasião, mesmo vencendo o Nagoya, a equipe foi rebaixada pela primeira vez.

Kawasaki Frontale x Jubilo Iwata – 3h

O bicampeão da J.League entra em campo para finalizar mais uma temporada de sucesso. Quando muitos não acreditavam que o time poderia tirar o título do Sanfrecce Hiroshima, uma arrancada na reta final somada a uma sequência negativa do adversário direto, consagrou mais um ano. Desde que assumiu a liderança da tabela o time não saiu mais da ponta. Contra o Jubilo Iwata o técnico Toru Oniki deve escalar novamente alguns jogadores que não vinham sendo utilizados com frequência e em contra-partida, dar o merecido descanso aos considerados titulares. Com 56 pontos, o Kawasaki vem de vitória diante do FC Tokyo por 2 x 0.

Somente uma combinação de resultados fará com que o Jubilo Iwata vá para a disputa do play-off para permanecer na primeira divisão. Para isso acontecer, o time precisa ser derrotado, acontecer um empate entre Nagoya e Shonan Bellmare e uma vitória do Sagan Tosu para cima do Kashima Antlers. Ou seja, os torcedores não esperam que sua equipe se complique tanto assim, justamente na última rodada. Mas somente o fato de haver esta possibilidade, faz com que todos os atletas estejam concentrados para esta partida. Com 41 pontos na 13a posição, mesmo com este cenário que seria desastroso, um empate basta para afastar qualquer perigo.

https://twitter.com/Jubiloiwata_YFC/status/1068438838685556736

Yokohama F. Marinos x Cerezo Osaka – 3h

Com chances mínimas de cair para a posição do play-off, o Yokohama F. Marinos joga em casa diante do Cerezo Osaka, equipe que já não almeja mais nada na competição. 12º colocado com 41 pontos, o time de Yokohama tem um gol positivo de saldo, o que alivia de certa maneira a sua situação em relação aos demais times da parte de baixo e que lutam para não entrarem na 16a posição. O desfalque certo do Yokohama é o zagueiro Yosuke Yamanaka, lesionado na coxa esquerda e que vai ficar longe dos gramados por três semanas.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Sem pretensões na J.League, o Cerezo Osaka entra em campo para esta última partida apenas com a intensão de melhorar a sua posição na tabela de classificação. Com 47 pontos na nona colocação, uma vitória fora de casa poderá fazer o time do técnico sul-coreano Jung-Hwan Yoon pegar o elevador para a sexta posição, dependendo dos resultados das demais partidas da rodada. A derrota para o rebaixado Kashiwa Reysol na rodada anterior não estava nos planos e agora seus torcedores esperam que a equipe não entre desmotivada diante do Yokohama F. Marinos.

A imagem pode conter: 1 pessoa, praticando um esporte, estádio e atividades ao ar livre

Kashiwa Reysol x Gamba Osaka – 3h

Já rebaixado para a J.League 2 de 2019, o Kashiwa Reysol quer esquecer a temporada atual e já pensar na reorganização de sua equipe para o ano que vem. O time entra em campo vindo de vitória por 3 x 0 diante do vice-líder Sanfrecce Hiroshima, talvez a última injeção de ânimo de 2018. O time do sol tem 36 pontos na 17a colocação. O Gamba Osaka quer fechar o campeonato acumulando a décima vitória seguida, um recorde na competição. Com 48 pontos na oitava posição, a equipe pode fechar a J.League entre as seis melhores caso conquiste os três pontos, fora de casa.

Urawa Red Diamonds x FC Tokyo – 3h

Com 48 pontos na sexta posição, o Urawa Red Diamonds, time comandado pelo brasileiro Oswaldo de Oliveira, terá os retornos do zagueiro Tomoaki Akino e dos meias Yosuke Kashiwagi Takuya Aoki, desfalques na derrota para o Shonan Bellmare na rodada anterior. O segundo turno instável do FC Tokyo foi determinante para a equipe não alcançar o G3 e a pá de cal foi a derrota para o Kawasaki Frontale dentro de casa por 2 x 0 no jogo passado, tirando qualquer chance de classificação. O clube da capital tem 50 pontos na quinta colocação da tabela.

V-Varen Nagasaki x Shimizu S-Pulse -3h

Lanterna com 29 pontos e rebaixado para a J.League 2 de 2019, o V-Varen Nagasaki entra em campo para o jogo de despedida do seu técnico Takuya Takagi que anunciou a aposentadoria. O treinador espera presentear a torcida em seu último jogo com a vitória. Pela frente seus comandados terão o Shimizu S-Pulse que defende uma sequência de seis jogos sem saber o que é derrota. Atual sétimo colocado com 48 pontos, se vencer a equipe pode acabar o campeonato na quinta posição.

Vissel Kobe x Vegalta Sendai – 3h

O empate diante do Shimizu S-Pulse na rodada passada, afastou de vez qualquer possibilidade do Vissel Kobe entrar no Z3. Isso tranquilizou a equipe para entrar em campo e buscar a quarta partida sem derrota. O meia Naoyuki Fujita é desfalque certo na partida, já que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate contra o Shimizu em 3 x 3. Décimo colocado com 45 pontos, o Vegalta Sendai ainda está vivo na Copa do Imperador onde enfrentará o Montedio Yamagata, da segunda divisão, nas semi-finais. Com isso, o técnico Susumu Watanabe deve poupar alguns jogadores contra o Vissel Kobe.

Confira a tabela atualizada da J.League:

 

Avatar

Sobre Rafael Regis

Rafael Regis já escreveu 105 posts nesse site..

Tenho 31 anos. Sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em Radialista (setor locução) pelo Senac-SP. Trabalho também como repórter da Rádioweb Poliesportiva, onde participo de coberturas in-loco de diversos esportes como: futebol, vôlei, basquete e futsal. Apaixonado pelo jornalismo e pelas coberturas esportivas, moro na capital paulista e sou torcedor fiel do Nacional Atlético Clube (SP).

Forza Football

 

Rivalo Apostas Esportivas
Avatar
Rafael Regis
Tenho 31 anos. Sou formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em Radialista (setor locução) pelo Senac-SP. Trabalho também como repórter da Rádioweb Poliesportiva, onde participo de coberturas in-loco de diversos esportes como: futebol, vôlei, basquete e futsal. Apaixonado pelo jornalismo e pelas coberturas esportivas, moro na capital paulista e sou torcedor fiel do Nacional Atlético Clube (SP).

Artigos Relacionados

Topo