Rondón estreia garantindo um ponto para o Dalian

Na reta final, venezuelano conseguiu gol salvador
Rondón estreia garantindo um ponto para o Dalian

Na manhã deste sábado (20), a Superliga Chinesa deu continuidade a sua 19ª rodada de 2019. Frente a frente, estavam Tianjin TEDA e Dalian Yifang, no Tianjin Olympic Sports Center Stadium. O jogo foi marcado pela estreia de Salomón Rondón, que entrou no segundo tempo e decidiu o placar. Seis gols e pontuação dividida, resultaram em um belo jogo.

1º Tempo

O jogo começou as equipes se estudando ao extremo, sem grandes oportunidades. Até que aos 26 minutos, o belga Carrasco recebeu e finalizou para o fundo do gol. Porém, a comemoração não demorou muito, pois no minuto 32 o alemão Sandro Wagner foi lançado pelo ganês Acheampong e empatou o duelo. Logo depois, aos 34′, foi a vez das ordens se inverterem, com o passe do europeu e gol do africano. Com o marcador mudando as ordens, o jogo foi para o intervalo em 2 x 1 Tianjin.

2º Tempo

Ao contrário da etapa inicial, tempo seguinte começou quente. Aos quatro minutos, Shuai lançou Carrasco novamente e ele não perdoou, empatando a partida. Aos 25′, Sheng Qin fez pênalti, acabou sendo expulso e deu a chance para Acheampong fazer mais um e colocar o TEDA na frente. Logo após o gol, o Dalian pressionou o rival, até que aos 39′ Rondón, que tinha acabado de entrar, fez o seu de cabeça e empatou novamente. Dessa forma, a partida seguiu até o fim e com as honras repartidas na tabela.

E Agora?

Assim, as duas equipes se mantém separadas por apenas um ponto na Superliga. O Dalian é o 7º colocado com 24 pontos, somando o segundo jogo sem ganhar na competição. Já o TEDA, está em 10º lugar com 23 pontos, adicionando o quarto tropeço, nas últimas cinco partidas. Na rodada seguinte, o visitante do dia recebe o Shandong, no sábado (27), às 8h35 (horário de Brasília). Enquanto isso, o mandante tem o clássico contra o Tianhai fora de casa no domingo (28), no mesmo horário.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 759 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.


 

365 Scores

 

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo