Rombo no Vasco é de R$ 86 milhões, aponta auditoria

O documento foi elaborado pela empresa independente BDO sobre as contas do clube de 2017
Alexandre Campello

Em um documento de 56 páginas, o Vasco apresentou um relatório das contas referente a 2017, além das vendas dos jogadores e receitas do clube até o momento. Segundo o documento, a dívida é de R$ 86 milhões. Esse montante, é referente aos salários atrasados de jogadores e funcionários do clube.

A prestação de contas do Cruz-Maltino foi publicada em seu site oficial na noite desta segunda-feira 30. Sendo que a empresa responsável pela auditoria, BDO, ressaltou que não é possível apresentar uma opinião sobre as demonstrações contábeis, pois não teve acesso a todas as documentações, elaborações de demonstrações financeiras e discussões técnicas, até o momento.

Comprometimento de receitas

Também é apontado o comprometimento das receitas de transmissões pela TV. Em que de 2018, já foram utilizados 92,4%, em 2019, 63,4%; 2020, 32,4% e 2021, 18,4%.

Receitas de jogadores da base

O Vasco já lucrou R$ 137,9 milhões com a venda de jogadores da base nos anos de 2017 e 2018. Pela primeira vez, o clube detalha a venda de suas pratas da casa, como pode-se conferir a seguir:

Vendas de jogadores em 2017:
Luan, R$ 10,2 milhões, o clube tem 40% dos direitos econômicos;
Douglas, R$ 44 milhões, o clube vendeu 100% dos direitos;

Venda de jogadores em 2018:
Madson, R$ 2 milhões, o clube ainda tem 40% dos direitos econômicos;
Mateus Vital, R$ 5 milhões, o clube tem 15% de direitos econômicos;
Paulinho, R$ 76,7 milhões, o clube tem 10% de direitos econômicos.

Total arrecadado em 2017 e 2018: R$ 137,9 milhões

O clube também detalhou a venda de Paulinho em que o total do valor para o Vasco é de R$ 56 milhões, 1,85 milhões de euros ao empresário Carlos Leite a título de comissão, além de 3 milhões de euros ao próprio atleta.

Gestão Campello

No documento, o clube esclarece que quando o atual presidente, Alexandre Campello, tomou posse em 23 de janeiro de 2018, a instituição devia salários referente aos meses de novembro e dezembro de 2017, bem como o 13º salário e férias que, somados, chegam a R$ 15 milhões.

O presidente ressalta que pegou emprestado R$ 5 milhões com o empresário Carlos Leite, para pagar os salários já mencionados, como também para custear as passagens e hospedagem dos jogadores no primeiro confronto da primeira fase da Libertadores, em 2018, no Chile.

Esse valor, segundo o clube, teve como garantia de empréstimo juros de 1,2% ao mês e com receitas referente à participação do Vasco no Campeonato Carioca de 2020.

Detalhamento das dívidas

A BDO apontou, no documento, com detalhes, o que totaliza a dívida do clube em R$ 86,2 milhões:
Salários, 13º e férias, R$ 15 milhões; acordos judiciais, R$ 9,6 milhões; contrato com pessoas jurídicas, R$ 13, 5 milhões; impostos, R$ 27,4 milhões; consórcio Maracanã, R$ 1 milhão; empréstimo junto à CBF, R$ 12,7 milhões; débitos com a FERJ, R$ 6 milhões; conta garantia Bradesco, R$ 1 milhão.

Avatar

Sobre João Messias

João Messias já escreveu 12 posts nesse site..

O meu nome é João Messias , 24 anos , jornalista formado pela Faculdade Araguaia e, um verdadeiro apaixonado pelo esporte. Admiro todas as modalidades esportivas, mas a que cativa e me faz parar o que estou fazendo e acompanhar não só o meu time, mas todos em geral, é o futebol. Como costumo dizer isso não é apenas um jogo, é uma história diferente a cada partida, a cada disputa, a cada clássico, a cada canto da torcida. Sou o capitão do seu time, aquele camisa 10 que distribuirá as notícias como cada jogada armada no meio de campo, o que fará a diferença, esse sou eu, está pronto? Seja Bem Vindo.


 

365 Scores

 

Avatar
João Messias
O meu nome é João Messias , 24 anos , jornalista formado pela Faculdade Araguaia e, um verdadeiro apaixonado pelo esporte. Admiro todas as modalidades esportivas, mas a que cativa e me faz parar o que estou fazendo e acompanhar não só o meu time, mas todos em geral, é o futebol. Como costumo dizer isso não é apenas um jogo, é uma história diferente a cada partida, a cada disputa, a cada clássico, a cada canto da torcida. Sou o capitão do seu time, aquele camisa 10 que distribuirá as notícias como cada jogada armada no meio de campo, o que fará a diferença, esse sou eu, está pronto? Seja Bem Vindo.

Artigos Relacionados

Topo