Rodolfo Muñoz Castro, o professor do Chaves no futebol

- Conheça a história do homem que ensinou o Chaves a jogar bola

Rodolfo Muñoz Castro, ou melhor, o “Butch” (nome dado em homenagem a ele, porque imitava o personagem com esse nome no filme “The Presidio”). Nascido no Bairro México, em San José, na Costa Rica, foi um jogador de enorme qualidade, e vinha de uma família de atletas, o que ajudava-o e muito, no quesito esporte. Mas, além da carreira como jogador, Rodolfo também ficou conhecido como sendo o homem que ensinou Roberto Gómez Bolaños, o conhecido “Chaves“, a jogar futebol.

LEIA MAIS:

CARREIRA

Como dito antes, Butch já vinha de uma família esportista. Então, seu pai Elías Muñoz, era goleiro, enquanto seus irmãos eram campeões nacionais de boxe. Jaime no peso mosca e Franklin no peso leve. O seu outro irmão, Guillermo, também jogou futebol e foi campeão de tênis de mesa. Rodolfo Muñoz era dinâmico, rápido e com um bom toque de bola, o que vários clubes mexicanos gostavam.

Ele começou sua carreira no futebol em um time no seu bairro chamado San Luis FC, onde jogou com os irmãos Carlos “Chale” e Orlando Silva, que tiveram carreiras bem-sucedidas, a primeira no futebol colombiano e a segunda no Orion FC. Ele também jogou com Butch na equipe Gregorio “Goyo” Morales, que militou com sucesso no Club Sport La Libertad e no América do México.

Posteriormente, depois de passar pelo San Luis FC, “Butch” trocou o lado de Morales e Orlando Silva para Hispano Atlético na Primeira Divisão da Costa Rica em 1932. Entretanto, no ano seguinte, ele foi para o Orion FC. Então, sua estréia internacional com os Orionistas foi diante do Audax Italiano do Chile, onde sua equipe venceu por 3 x 1, no Estádio Nacional de San José, em 1933.

Rodolfo Butch

Em 1940, Butch conseguiria um novo título da Liga com a Espanha, vice-campeão no ano seguinte e novamente a Liga na temporada de 1941-1942, última como jogador. No mesmo ano, o costarriquenho, a convite do Dr. Gustavo Baz, reitor da UNAM (Universidade Nacional Autônoma do México) , encarregou-se da preparação e do treinamento de uma equipe representativa da UNAM, que desejava ingressar na Liga Principal (atualmente Primeira Divisão). Então, por mais de quatro décadas, ele ensinou a prática do futebol nas ligas menores da equipe da UNAM. Vale ressaltar que, o treinador não cobrou um único centavo por esse trabalho durante os primeiros 10 anos.

A VIDA DO JOGADOR – TREINADOR

Com isso, Rodolfo continuou sua carreira como jogador de futebol e todo o seu tempo livre se concentrou na UNAM e em seus jovens. Logo após, dos torneios internos surgiram as seleções que conseguiram instilar vida e incentivo no Campeonato Nacional da Universidade. Por esse fator, Rodolfo Muñoz Butch e Max Tejeda Vega lideraram o comitê encarregado de escolher os melhores jogadores para formar a representação da mais alta casa de estudos.

Enfim, já aposentado como jogador de futebol, Butch foi nomeado Diretor Técnico do Club España, com o qual conquistou o vice-campeonato da temporada 1943-1944 e o título da Liga da temporada 1944-1945, sem negligenciar suas equipes universitárias.

A HISTÓRIA COM CHAVES

Durante sua carreira como técnico, ele dirigiu, além da Espanha e da UNAM, todo o planeta Marte. Nessa equipe, Butch, que gostava de procurar novos talentos, tinha um grupo de garotos que movimentavam bem a bola e que tinham muita fé para que, no futuro, fizessem parte da primeira equipe. Mas, entre os alunos, destacou-se um que, apesar de muito baixo, era bom, e principalmente, lutador. Seu nome: Roberto Gómez Bolaños, que anos mais tarde conheceríamos como “Chaves“.

Entretanto, desencantado com o futebol, o “Chespirito” entrou no boxe e venceu alguns campeonatos. Até que, nas Luvas de Ouro ele foi nocauteado e finalmente sua vida o levaria à comédia. Mas, ele nunca esqueceu que quem o ensinou a chutar uma bola era Tico Butch, a quem tinha carinho especial.

Rodolfo Muñoz. Foto Reprodução site buzonderodrigo

FALECIMENTO

Enfim, Rodolfo Muñoz Castro, passou 40 anos de sua vida treinando equipes universitárias, até que a doença de Alzheimer acabou sendo fatal. Rodolfo Butch, morreu em 14 de novembro de 2004 no México, sua terra adotiva, aos 92 anos de idade. Suas cinzas repousam no mar de Veracruz, como foi seu último desejo.

Foto Destaque: Reprodução site La Nación

Pedro Camargo

Sobre Pedro Camargo

Pedro Camargo já escreveu 43 posts nesse site..

Meu nome é Pedro Camargo, tenho 20 anos e estudo Jornalismo na Universidade Paulista (UNIP).Escolhi jornalismo pois, desde criança, ouvi que teria que fazer algo que eu gostasse e, sempre fui apaixonado por esporte, seja jogando ou falando sobre.Meu sonho de pequeno era ser jogador, mas, acredito que achei na escrita um modo de me expressar, conseguir transmitir o que tenho à dizer e informar ao leitor sobre os acontecimentos esportivos.

365 Scores

BetWarrior


Pedro Camargo
Pedro Camargo
Meu nome é Pedro Camargo, tenho 20 anos e estudo Jornalismo na Universidade Paulista (UNIP).Escolhi jornalismo pois, desde criança, ouvi que teria que fazer algo que eu gostasse e, sempre fui apaixonado por esporte, seja jogando ou falando sobre.Meu sonho de pequeno era ser jogador, mas, acredito que achei na escrita um modo de me expressar, conseguir transmitir o que tenho à dizer e informar ao leitor sobre os acontecimentos esportivos.

Artigos Relacionados

Topo