River Plate bate Wanderers e segue invicto na Era Fossati

Na estreia do Clausura Uruguaio, os finalista do Intermedio venceram com autoridade o Derby do Prado
River Plate bate Wanderers e segue invicto na Era Fossati

Na noite do último sábado (14), o River Plate recebeu o Montevideo Wanderers e saiu vitorioso por 3 x 1. O Derby do Prado foi válido pela 1ª rodada do Clausura Uruguaio 2019. Os Darseneros vinham de uma final do Intermedio Uruguaio, perdida para Liverpool Montevideo nos pênaltis, enquanto os Bohemios buscam retomar o caminho das vitórias após um Intermedio ruim. O River construiu uma vitória sem dúvidas. Domínio do começo ao fim da partida, tanto que aos 20 minutos já venciam por 2 x 0 e foram para o intervalo vencendo por 3 x 0.

1º tempo

Em poucos minutos, aos cinco, Arezo recebeu passe de Urruti e cruzou na área, onde estava Matías Alonso, que abriu o placar para os Darseneros. Aos 15′, “Tito” Urruti fez um golaço. Deixou quatro rivais pelo caminho, entrou na área e tocou para o fundo das redes entre as pernas do arqueiro, para delírio total e aplausos. Com bastante superioridade, principalmente na posse da bola, que o River superou a derrota na final. Apesar de um forte sistema defensivo, não afrouxou e nunca deixou a vocação ofensiva. Assim, o terceiro gol foi resultado da insistência na pressão dos atacantes do River na zaga rival. Dessa forma, Arezo rouba a bola de Colombino, foi direto para o gol e finalizou com um chute forte.

2º tempo

Na segunda metade, o Bulldog controlou o jogo, avançou quando pôde e, embora não tivesse muita posse bola, o adversário não se preocupou, apesar de ter encontrado o desconto aos 23′, com Diego Riolfo de cabeça. Foi assim que o jogo aconteceu. Com um vencedor lógico e merecido que liquidou o jogo na primeira etapa com solidez defensiva e voracidade ofensiva. E tudo na medida certa.

E agora?

Com a vitória o River Plate está na vice-liderança com três pontos, atrás apenas do Nacional por ter feito um gol a menos. Obviamente, o Wanderers é o vice-lanterna, a frente apenas do Liverpool, que foi goleado fora de casa pelo próprio Nacional. As equipes voltam a campo neste meio de semana para a 2ª rodada do torneio. Na quarta-feira (18), às 16h (horário de Brasília), o River visita o Racing. Na quinta-feira (19), o Wanderers recebe o Nacional, às 19h30 (horário de Brasília).

Melhores Momentos

Foto destaque: Divulgação/Camila Calvache/River Plate

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1166 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

BetWarrior

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo