Racing e Wanderers empatam em duelo emocionante

Os mandantes ainda estão em busca de somar pontos para se distanciar da degola, enquanto os visitantes já estão há dois jogos sem perder
Racing e Wanderers empatam no Intermedio

Neste sábado (24), Racing Wanderers empataram pela 6ª e penúltima rodada do Intermedio Uruguaio 2019. As equipes fizeram um jogo bastante movimentado, com quatro gols, virada e emoção até o fim. Porém, o resultado não agradou a todos, afinal, os visitantes lutam contra o rebaixamento e dois pontos perdidos ao final do jogo podem fazer falta. Por outro lado, os visitantes lutam por vaga em Sul-Americana e perderam a chance de encostar nos rivais.

1º tempo

O duelo começou equilibrado começou equilibrado e com bastante batalha no meio-campo. Porém, aos 22′, o camisa 10 bohemioNacho González, abriu o placar na primeira chance real de jogo. Maximiliano Araújo cruzou da esquerda na área, o meia dominou e chutou cruzado. Após o gol os visitantes se empolgaram. O chileno Christian Bravo recebeu bola no campo de defesa e avançou em velocidade até o ataque, deixando dois marcadores para trás, antes de arriscar da intermediária. Mas, para fora. Os donos da casa chegaram a reclamar um toque de mão de Gaston Bueno dentro da área, mas a arbitragem ignorou. O Racing fez ótima jogada no final da etapa inicial. Michel Araújo tocou de calcanhar para Gonzalo Sena que adentrava à área pela esquerda e cruzou no meio para Nicolás Sosa, que mandou para fora.

2º tempo

Mas o complemento tinha a emoção guardada para ele. O Racing teve algumas chances de marcar antes de empatar. A primeira foi um cabeceio de Leandro Zazpe, após cobrança de falta, defendido com tranquilidade por De Arruabarrena. A segunda chance, após escanteio, foi também de cabeça. Mas dessa vez com Sosa, que mandou no travessão. Entretanto, aos 17′, Michel Araújo pedalou para cima de Lucas Morales e o driblou. O lateral cometeu pênalti. Michel mesmo cobrou e empatou. Os Cerveceros se animaram e perderam duas chances claras e evidente pressão. O Wanderers chegou a marcar, mas estava impedido. 10 minutos depois e o Racing virou o jogo um golaço do volante Arismendi, que mandou um petardo de fora da área sem chances para Arruabarrena.

Nacho González tentou empatar um giro, mas mandou para fora. Os anfitriões teve a chance de matar o jogo no finalzinho, com Sosa. O centroavante recebeu bola sozinho, de frente para o gol e sem goleiro, mas bateu de canela e a bola passou por cima do gol. E como diz o ditado do futebol: “Quem não faz, toma!”. Dito e feito. Francisco Ginella saiu do banco para fazer a diferença em campo para o Wanderers. O camisa 5 driblou dois jogadores na ponta esquerda e foi derrubado dentro da área aos 50′. Detalhe: o pênalti foi feito por Nicolás Sosa, o mesmo que teve a chance de matar o jogo. Porém, não matou e Ignacio “Nacho” González cobrou com perfeição e deu números finais à peleja.

E agora?

Com a igualdade, Racing e Wanderers seguem seu foco para o Clausura. Porém, ainda têm uma rodada a cumprir no Intermedio. O Racing recebe o Rampla Juniors no próximo sábado (31), às 15h (horário de Brasília). Por outro lado, o Montevideo Wanderers volta a campo no domingo (1), frente ao Cerro, às 15h (horário de Brasília).

Melhores Momentos

Foto destaque: Reprodução/Twitter Garra Charrúa

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1077 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.


 

365 Scores

 

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol.Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo