Qual jogador irá fazer mais falta ao Corinthians?

Cássio e Fágner disputaram a Copa América. Mateus Vital e Pedrinho jogaram o Torneio de Toulon

Na última sexta-feira (18) o técnico Tite realizou a convocação da Seleção Brasileira para a disputa da Copa América 2019. Do mesmo modo, André Jardine, comandante da Canarinho Olímpica sub-23, selecionou, na quarta-feira (15) decorrida, os jogadores que viajarão até a França para competir no Torneio Maurice Rivello, tradicionalmente conhecido por Torneio de Toulon. Em comum com ambas as listas está o Corinthians, que cederá Cássio e Fágner para o primeiro selecionado, ao passo que Mateus Vital e Pedrinho integrarão o segundo.

Desse modo, os dois primeiros serão desfalques da equipe de Fábio Carille durante as partidas contra Cruzeiro, no Mineirão, e Santos, na Arena Corinthians, válidas pelas rodadas oito e nove do Campeonato Brasileiro. Já os dois garotos serão baixas por mais três jogos, nos quais o Timão realiza os confrontos de volta pela Copa Sul-Americana, contra o Deportivo Lara, e Copa do Brasil, frente ao Flamengo. Além disso, o jogo contra o Goiás, válido pela 7ª rodada do Brasileirão, também não terá a presença do meias esquerda e direita.

Assim, uma pergunta ganha força: qual dos jogadores terá sua ausência mais sentida? Começaremos a análise pelos mais novos. Pedrinho, apesar de ter marcado o segundo gol da vitória sobre o Atlhetico Paranaense e ser o “xodó” da Fiel Torcida, não é titular da equipe de Carille. Dessa maneira, o canhoto não vencerá essa disputa. Assim como seu principal amigo no elenco, Mateus Vital. O camisa 22 passou teve uma nítida evolução após a partida contra o Vasco da Gama, seu ex-clube, na qual marcou o gol corinthiano no empate por 1 x 1.

Contudo, suas melhores atuações ocorreram pelo lado esquerdo do ataque, região costumeiramente ocupada por Clayson. Deste modo, o bom rendimento de ambos faz com que Vital seja trocado de posição constantemente. Essa indefinição acarreta em uma oscilação de desempenho ao longo da partidas. Isso aliado ao bom momento vivido por Vágner Love, que ocupou durante muitas partidas o setor direito do ataque, e ao retorno de Gustagol amenizam a perda do carioca.

A chegada de Michel Macedo em outubro do ano passado deixará Fágner em 2º lugar. O lateral-direito é o melhor em sua posição no país. Assim, é convocado sempre por Tite. Durante um período de tempo considerável o Corinthians sofreu com a ausência de um reserva a altura para o camisa 23. Entretanto, ao contratar em outubro do ano passado Michel Macedo, o Coringão parece ter sanado essa ferida. O substituto imediato já precisou ser acionado em seis ocasiões ao longo desta temporada e em todas elas demonstrou bom nível.

De fato, Cássio é a baixa mais pesada. O goleiro é o melhor jogador da equipe desde o início do ano e com o baixo desempenho ofensivo apresentado, a defesa do Timão tem ficado mais vulnerável. Assim, o Gigante vem trabalhando frequentemente e sendo fundamental em todos os jogos. Apesar da segurança transmitida por Walter em todos os momentos em que foi requisitado, o reserva nunca terá a confiança que o torcedor tem em seu grande ídolo.

Fundamental lembrar que, os jogadores não participaram dos treinos realizados durante a parada para a Copa América. O período de tempo vem sendo constantemente lembrado por Carille. O treinador vem ressaltando em suas entrevistas coletivas que usará esse período para treinar a equipe, algo difícil de se realizar no calendário brasileiro. Serão 17 dias de trabalho, onde a liderança de Cássio irá estar ausente, assim como a de Fágner. O treinador não poderá testar Pedrinho como meia-armador como havia planejado, nem definir uma posição fixa para Vital.

Pedro Ferri

Sobre Pedro Ferri

Pedro Rodrigues Nigro Ferri já escreveu 36 posts nesse site..

Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

1X Bet
Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados

Topo