Pumas e Juárez vencem no domingo da Liga MX

- No outro jogo do dia, Necaxa e San Luis ficam no empate e segue na zona de classificação para os Playoffs
Pumas

A terceira rodada do Clausura 2020 da Liga MX terminou neste domingo (26) com três partidas. Primeiramente, na parte da tarde, o Pumas venceu o Monterrey com gol no segundo tempo e se tornou líder da competição. No inicio da noite, Necaxa recebeu o San Luis e ficou apenas no empate em 1 x 1. Posteriormente, as 22 horas (horário de Brasília), Juárez venceu sua primeira partida no torneio fazendo 3 x 0 no Monarcas.

Com os resultados de domingo, o Pumas ocupa a primeira colocação com sete pontos, enquanto que, o atual campeão do Apertura, Monterrey segue na decima sexta posição com apenas um ponto. San Luis e Necaxa com o empate se mantêm na zona de classificação ao playoffs, o primeiro tem cinco pontos e ocupa o quinto lugar, já o Rayos possuem  quatro e estão na sétima posição. Com a vitória, o Juárez sobe para a sexta colocação, por outro lado, a derrota deixa o Monarcas na penúltima colocação.

CLAUSURA LIGA MX – 3ª RODADA

PUMAS 1 x 0 MONTERREY

O Pumas chegou a terceira rodada após grande partida feita contra o Juárez fora de casa, onde o resultado foi de 4 x 4. Já os Rayados, que não possui um jogo a menos que a maior parte dos times do torneio, vinha também de um empate na segunda rodada. A partida foi marcada por um amplo domínio do time da casa e um jogo de muito erros de passe dos visitante.

Apesar de uma predominância da posse de bola, poucas foram as chances que o Pumas conseguiu criar, já o Monterrey não chegou com perigo em nenhum momento na primeira etapa de jogo. Duas cabeçadas de Fabio Álvarez, aos 17 e 20 minutos, a segunda chegando a bater no travessão, levantaram a torcida da casa. No ultimo chute antes do intervalo, Marcelo Barovero fez linda defesa em chute também de Álvarez .

No segundo tempo, o Monterrey conseguiu diminuir o domínio do Puas e chegou aos 58 minutos em jogada trabalhada pela esquerda que não conseguiu ser concluída em finalização. Como resposta, no ataque seguinte, o Pumas voltou a acertar a trave. Isso ocorreu, uma vez que, Sebastian Saucedo fez um ótimo chute, Barovero conseguiu tocar bola e a mesma foi na trave. Cinco minutos depois, um pênalti foi marcado para o time visitante, todavia, o VAR anulou a decisão. A pressão do Pumas seguiu ocorrendo, até que aos 75 minutos, finalmente o gol saiu. Alan Mozo recebeu, fintou um defensor na ponta direita e cruzou para Carlos González. O camisa 32 tentou um chute de letra, Barovero defendeu mas no rebote Juan Vigón de cabeça colocou a bola na rede. O Monterrey não teve forças para buscar o empate e assim o Pumas ficou com os três pontos.

NECAXA 1 x 1 SAN LUIS

O Necaxa veio para a terceira rodada após ótima vitória fora de casa sobre o Toluca. O San Luis, também venceu na segunda rodada e com isso ambas as equipes vieram embaladas em busca de pontos para subir na tabela. Devido a isso, pode-se ver um equilíbrio enorme durante os 90 minutos, onde os visitantes chegaram mais vezes ao ataque convertendo a sua metade da posse de bola em jogadas mais perigosas.

O San Luis, apesar de visitante, começou o jogo indo para cima dos Rayos. Logo aos 8 minutos, em cobrança de falta rasteira que obrigou Hugo González a fazer ótima defesa. O goleiro fez outras duas ótimas defesas em chute de fora da área de Germán Berterame aos 14 minutos e em boa jogada e chute forte de Felipe Gallegos no minuto seguinte. No entanto, em escanteio derivado desta ultima defesa, surgiu o gol do Los Auriazules. Matías Catalán aproveitou resvalo na bola de Dionicio Escalante para abrir o placar. A melhor chance do Necaxa foi em cruzamento de Kevin Mercado que pegou uma outra direção e quase enganou o goleiro porem parou na trave.

No segundo tempo, duas bobeiras das defesas criaram lances de perigo para os dois times. Aos 60 minutos, Maximiliano Salas ganhou bola que estava com o Felipe Rodríguez e tocou para a área, todavia, não tinha ninguém para colocar para dentro. Para o San Luiz, dez minutos depois, boa roubada de bola na ponta esquerda, rendeu a Javier Cortés a oportunidade, entretanto, o camisa 12 não conseguiu concluir. Quando o jogo chegava próximo ao apito final, surpreendentemente, o Necaxa conseguiu o gol de empate. Daniel Álvarez , que havia entrado no segundo tempo, recebeu passe de Mauro Quiroga, invadiu a área e quase sem ângulo conclui forte para dar igualdade ao placar.

JUÁREZ 3 x 0 MONARCAS

Juárez e Monarcas vieram para Estadio Olímpico Benito Juárez após empatarem seu jogos na rodada anterior. Os times ainda não haviam vencido no torneio e com isso vieram a esta partida com o ímpeto para conquistar mais três pontos. No entanto, a baixa qualidade técnica dos dois times transformou a vontade dos jogadores em um jogo super faltoso. Foram 31 faltas no total dos 90 minutos.

Foram em uma dessas faltas que surgiu o primeiro gol do Juárez. O jogo que pouco havia tido bons ataques, viu o placar ser alterado em boa cabeçada de Flavio Santos após cobrança feita Jefferson Intriago, aos 27 minutos. Em cobrança de escanteio ensaiada, aos 44 minutos, a torcida da casa quase voltou a comemorar aos 44 minutos. Diego Rolán recebeu na linha da pequena área um passe de cabeça e concluiu de calcanhar, fazendo com que a bola passasse rente a trave.

Diferentemente do primeiro tempo, a segunda etapa começou com os dois times criando boas chances. Aos 49′, Darío Lezcano recuperou uma bola, entrou na área e sofreu pênalti. O camisa 8 pegou a bola e converteu a penalidade como manda o figurino, bola de um lado e goleiro do outro. O baque de tomar o gol quando estava melhor, fez com que o Monarcas se perdesse em campo. O jogo ficou ainda mais complicado quando mais um pênalti foi marcado para o time da casa. Desta vez, o VAR confirmou um toque de mão do defensor. Com isso, Diego Rolán foi para a marca da cal e com extrema qualidade aplicou uma cavadinha para concluir o placar em 3 x 0. Ainda deu tempo para que aos 69 minutos, o Monarcas tivesse José Ortiz expulso. Lezcano ainda quase fez o quarto gol no final.

Foto Destaque: Pumas/ Twitter

Yuri Murta

Sobre Yuri Murta

Yuri Lima Murta já escreveu 106 posts nesse site..

Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

365 Scores

BetWarrior


Yuri Murta
Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

Artigos Relacionados

Topo