Presidente do Madureira detona postura de Botafogo e Fluminense

- Elias Duba disse que os dois clubes estavam alinhados para a volta e revela detalhes de reuniões com a FERJ
Presidente do Madureira detona Fluminense e Botafogo

A volta ou não do futebol carioca continua pegando fogo e enquanto tudo não é resolvido de maneira definitiva alguns dirigentes vêm trocando fortes declarações. Assim, dessa vez Elias Duba, presidente do Madureira revelou ao FOX Sports que tanto o Tricolor das Laranjeiras quanto o Glorioso participaram normalmente de reuniões organizadas pela FERJ e até ajudaram na elaboração do protocolo, mas mudaram de postura sem explicações.

Eles andavam juntos com os demais desde a primeira reunião. Todos estavam alinhados para que voltasse, inclusive Fluminense e Botafogo. O Fluminense sempre se posicionou que queria voltar com segurança e foi elaborado um protocolo para isso. O presidente do Fluminense participou com tudo, deu sugestões e até foi buscar outros caminhos para a retomada. De repente o presidente do clube é contra tudo, não comparece a reunião e diz que não foi convidado. É estranho porque ele foi convidado, aí manda uma nota oficial dizendo que não. Revelou o presidente do Tricolor Suburbano.

O caso

O episódio a que Elias Duba se refere foi uma reunião entre os clubes do Rio de Janeiro e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, onde ficou acertada a volta aos treinos. Na ocasião, o Fluminense emitiu uma nota dizendo que não havia sido convidado. O Botafogo, por sua vez, afirmou ter recebido o convite, mas manteve sua posição que não concordava com o retorno e também não compareceu.

No dia seguinte a essa reunião, foi realizado um arbitral da FERJ com os clubes da Série A do Campeonato Carioca para decidir os rumos da competição. Fluminense e Botafogo foram contra as definições tomadas, especialmente em relação a alguns itens de segurança e jogos fora do estado.

O Fluminense eu não entendi a pegadinha porque de repente se virou contra tudo, ameaçando até impugnar o arbitral. O presidente do Botafogo vai também em direção a tudo que o Fluminense decide, mudando até seu voto no último arbitral. Ele votava sim, aí o Fluminense votava não e ele mudava e votava não também, disse o dirigente do Madureira.

Elias Duba ainda aproveitou para cutucar o Botafogo e utilizou como argumento, a postura do Glorioso em relação a volta do Campeonato Carioca. Para o presidente do Madureira, o alvinegro só está se colocando contra, pois está praticamente eliminado da competição.

O Botafogo tinha que ser mais justo nas suas afirmações. Não quer jogar porque não pleiteia mais nada, está eliminado da competição e já recebeu todas as cotas referentes a esse campeonato. No Botafogo quem manda não é o presidente do clube, a gente sabe disso. Quem manda é o Montenegro, que talvez seja mais lúcido”, concluiu.

Foto destaque: Reprodução/FERJ

Celso Junior

Sobre Celso Junior

Celso Junior já escreveu 176 posts nesse site..

Sou Celso Junior, carioca, tenho 32 anos e moro em Rio das Ostras - RJ. Sou pai da Maria Sofia e amante do futebol, esporte o qual vivo desde criança. Sou professor, treinador, e estudo intensamente o futebol em suas diversas áreas.

365 Scores

BetWarrior


Celso Junior
Celso Junior
Sou Celso Junior, carioca, tenho 32 anos e moro em Rio das Ostras - RJ. Sou pai da Maria Sofia e amante do futebol, esporte o qual vivo desde criança. Sou professor, treinador, e estudo intensamente o futebol em suas diversas áreas.

Artigos Relacionados

Topo