Presidente do Flamengo fala sobre retorno aos treinos e atletas que contraíram vírus

- Em entrevista, Rodolfo Landim falou em retorno sobre 'rígido protocolo'
Landim fala sobre a volta aos treinos

Nesta segunda-feira (25), o Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, esteve ao vivo no programa ‘Fox Sports Rádio‘, onde falou sobre o retorno aos treinamentos do clube Rubro-Negro. Além disso, relatou o porquê do time ter retornado as atividades antes dos demais clubes cariocas. Contudo, afirmou que o Mengão tem seguido as recomendações dos órgãos de saúde e tem feito um esquema de segurança. Dessa forma, evitando a propagação do vírus durante o retorno dos treinos e jogos oficiais.

DECLARAÇÃO DE RODOLFO LANDIM, PRESIDENTE DO FLAMENGO

“O Flamengo se comporta cumprindo o pedido das autoridades de saúde. Assim como qualquer empresa, nós pensamos como temos que voltar. A gente precisa fazer isso da melhor maneira possível. Procuramos médicos, procedimentos utilizados por clubes da Europa, e levamos tudo isso à Federação do Estado do RJ, e passamos por essa discussão. A ideia era criar um protocolo seguro para todos os atletas e pessoas do futebol terem um ambiente seguro. Tudo seria coordenado pelo presidente da FERJ. Informamos a CBF, por meio do Tannure, que estávamos fazendo um protocolo. Esse protocolo é super seguro”, disse Landim.

LANDIM FALA DE ATLETAS QUE CONTRAÍRAM O VÍRUS

Rodolfo Landim relatou que oito atletas do elenco estiveram com a doença nas últimas semanas. Contudo, alguns de maneira assintomática. Por outro lado, o mandatário elogiou o trabalho feito pelos funcionários do clube, quanto aos tratamentos feitos e o seguimento do rígido protocolo. Além disso, contou que deveria existir uma espécie de propagação de informações sobre o que o Flamengo tem feito. Desse modo, serviria de exemplo para os demais clubes de futebol do Brasil.

“Mas, o que temos observado é que, ao contrário do que muito se fala, na primeira leva de testes, foram 293, envolvendo núcleo familiar, pessoas do clube e demais pessoas, foi importante porque ajudamos a preservar os atletas. Hoje nós temos 8 atletas com o IGG positivo, todos imunizados. Todos estiveram com a doença de uma forma assintomática e contaminando até mesmo sem saber”, afirmou.

PRESIDENTE FALA SOBRE TER O FLAMENGO COMO EXEMPLO

“Esse protocolo veio a ajudar que esse problema não se disseminasse de uma forma melhor ainda. Mais nenhum deles foram infectados. Vários foram infectados, estiveram em período de contaminação, mas hoje estão livres da doença e não estão contaminando. O nosso protocolo envolve inclusive treinamentos em grupos. Toda essa discussão, falando por alto, se eu tivesse que falar do protocolo inteiro passaríamos horas aqui. Peço ajuda de vocês, acho que vocês estão perdendo a oportunidade de mostrar como o esporte pode contribuir para a sociedade brasileira. O Flamengo é um bom exemplo, deveria ser propagandeado como um sucesso, ser elogiado. Mas não pelo fato do Flamengo estar treinando e seguindo um protocolo super correto, ser criticado. Todos vocês que estão falando de futebol deveriam falar sobre o exemplo do Flamengo”.  

“Até mesmo um motorista de um dos atletas estava com a doença. Esse protocolo veio a ajudar que esse problema não se disseminasse de uma forma melhor ainda. Mais nenhum deles foram infectados. Vários foram infectados, estiveram em período de contaminação, mas hoje estão livres da doença e não estão contaminando. O nosso protocolo envolve inclusive treinamentos em grupos. Toda essa discussão, falando por alto, se eu tivesse que falar do protocolo inteiro passaríamos horas aqui. Peço ajuda de vocês, acho que vocês estão perdendo a oportunidade de mostrar como o esporte pode contribuir para a sociedade brasileira. O Flamengo é um bom exemplo, deveria ser propagandeado como um sucesso, ser elogiado. Mas não pelo fato do Flamengo estar treinando e seguindo um protocolo super correto, ser criticado. Todos vocês que estão falando de futebol deveriam falar sobre o exemplo do Flamengo”, concluiu.

Foto Destaque: Divulgação/Alexandre Vidal/Flamengo

Matheus Aquino

Sobre Matheus Aquino

Matheus Aquino já escreveu 136 posts nesse site..

Matheus Aquino, 19 anos, estudante de Jornalismo - 2° período na UFPB. A paixão pelo jornalismo surgiu desde pequeno. Aos 17 anos entrou para uma rádio comunitária com um programa chamado Na Marca do Pênalti, onde era apresentador. No ano seguinte, ingressou no principal site de seu município como colunista de esportes e repórter jornalístico. Em 2019, entra para uma outra rádio local, dessa vez, fazendo comentários todos os domingos sobre futebol. A facilidade na escrita e a intimidade com o microfone e as câmeras tornaram o jornalismo ainda mais a sua paixão.

365 Scores

BetWarrior


Matheus Aquino
Matheus Aquino
Matheus Aquino, 19 anos, estudante de Jornalismo - 2° período na UFPB. A paixão pelo jornalismo surgiu desde pequeno. Aos 17 anos entrou para uma rádio comunitária com um programa chamado Na Marca do Pênalti, onde era apresentador. No ano seguinte, ingressou no principal site de seu município como colunista de esportes e repórter jornalístico. Em 2019, entra para uma outra rádio local, dessa vez, fazendo comentários todos os domingos sobre futebol. A facilidade na escrita e a intimidade com o microfone e as câmeras tornaram o jornalismo ainda mais a sua paixão.
Topo