Presidente do Benfica: “Recebi uma proposta de 60 milhões pelo Vinícius e não vendi”

- Vieira também comentou sobre a situação financeira do clube português
Presidente do Benfica

Em entrevista ao Benfica TV, o Presidente Luís Filipe Vieira comentou a situação financeira do  clube português e  os efeitos da paralisação dos jogos devido a pandemia da Covid-19. Contudo, o dirigente do clube português ainda ressaltou a negativa da proposta de 60 milhões pelo atacante brasileiro, Carlos Vinícius. A entrevista aconteceu na noite desta segunda-feira (01) em Portugal.

Oferta: “Recebi uma proposta de 60 milhões pelo Vinícius e não vendi. Se não fosse a pandemia o Benfica tinha dois jogadores vendidos por 100 milhões de euros. Cada um. Eram 200 milhões.” – disse o Presidente do Benfica.

Vale lembrar que o atacante Carlos Vinícius, a qual o Vieira se refere, certamente é um dos destaques da equipe na temporada. Então, o brasileiro de 25 anos fez 20 gols em 36 jogos pela temporada.  Na Liga NOS, ele é o jogador mais eficaz. Ao todo, ele fez 44 finalizações e marcou 15 gols, portanto, tem possui uma taxa de êxito de 34,1%. Consequentemente, a cada três finalizações, nas primeiras 24 jornadas, o brasileiro marcou um gol.

Situação financeira

Em certo ponto na entrevista, o Presidente do Benfica comentou a situação financeira em que a equipe se encontra. Então, também contou a perda de renda que sofrida pela equipe devido a paralisação do campeonato português por conta da pandemia da Covid-19. Vale lembrar que a confederação portuguesa parou a liga no dia 12 de março de 2020.

“Neste momento não há nenhum clube desafogado. O importante é estar capitalizado. O Benfica tem dinheiro, porque não sabe o que vem aí. Não queremos incumprir com ninguém. O Benfica tem de manter, podem incumprir conosco, o Benfica não. Havemos de manter a mesma dinâmica que o Benfica tem. Agora, imagine que não vai haver competições europeias, então o Benfica terá problema gravíssimo. A principal rubrica de receitas é a venda de jogadores, a segunda a Liga dos Campeões, a terceira é direitos televisivos, a quarta é a sponsorização (patrocinador) e a quinta é a bilhética.”

Perdas: “Se tivermos quebras de receitas, e já tivemos algumas, temos de ir à divida para continuar. Em situações normais temos uma capacidade de recuperar muito forte. Estamos num mercado a sério e sabemos recuperar. Perdas? Por alto, 20/25 milhões de euros já são certos.”

No balanço financeiro do segundo semestre de 2019, divulgado em março, o Benfica apresentou um lucro de 104,2 milhões de euros, (R$ 623,9 milhões). A equipe portuguesa faturou cerca de 108,4 milhões de euros, cerca de 648,7 milhões de reais.

Foto destaque: reprodução / record.pt /  Miguel Barreira.

Kaliel Serafin

Sobre Kaliel Serafin

Kaliel Serafin já escreveu 162 posts nesse site..

Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

365 Scores

BetWarrior


Kaliel Serafin
Kaliel Serafin
Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

Artigos Relacionados

Topo