Por problemas cardíacos, o voltante Adilson do Atlético-MG anuncia aposentadoria

O problema foi mantido em sigilo pelo clube para não atrapalhar a equipe no clássico contra o Cruzeiro
Adilson Atlético - MG

Aos 32 anos, o volante do Atlético-MG, Adilson anunciou sua aposentadoria precoce dos gramados. Em seguida a exames feitos na reapresentação do jogador ao clube após a parada para a Copa América, uma cardiomiopatia hipertrófica foi diagnosticada. A doença pode gerar arritmia cardíaca e, eventualmente, morte súbita durante a prática de exercícios físicos de alto rendimento. De maneira idêntica ao que aconteceu com o zagueiro Serginho, ex-jogador do São Caetano. Que faleceu durante uma partida contra o São Paulo em outubro de 2004 no Estádio do Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Nos últimos dias, ele estava afastado dos treinos. Segundo o clube seria com o propósito de resolver problemas pessoais. Versão essa que foi anunciada a pedido do próprio volante. Que não queria que sua situação fosse exposta antes do clássico contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. O cardiologista Haroldo Aleixo disse ainda que Adilson já tinha “características específicas”. Que faziam com que o departamento médico tivesse um cuidado mais especial com ele.

As explicações

O anuncio da aposentadoria e os motivos por trás dela foram feitos durante uma coletiva de imprensa. Realizada na sexta-feira (12). E contou com a presença do diretor médico do Galo, Rodrigo Lasmar, o diretor de futebol do clube, Rui Costa. Como também com o cardiologista Haroldo Christo Aleixo que explicaram toda a situação de Adilson.

“Fizemos uma avaliação agora, no meio do ano, na intertemporada, que identificou uma cardiomiopatia, uma doença cardíaca que o impede de seguir como atleta profissional de futebol. Isso foi estabelecido agora e, a partir do momento em que se estabeleceu, nossos primeiros cuidados foram discutir com o médico pessoal do atleta e também com um terceiro profissional para ouvir a opinião, discutir sobre o diagnóstico e a conduta que deveria ser tomada. Houve uma unanimidade em relação a essa conduta, que seria definir por abreviar a carreira do Adilson como atleta de futebol”, comentou o cardiologista.

Adilson fora dos gramados

Atendendo a pedidos de Rodrigo Santana, Adilson agora é auxilia técnico do Galo. O primeiro trabalho dele integrando a comissão técnica foi feito apenas com os jogadores que não estiveram em campo contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro. Já que os reservas que aturam no jogo na Arena Condá, Adilson trabalhou com daqueles jogadores considerados titulares.

 

#ForçaAdilson

Logo que sua situação fui divulgada, muitos torcedores e atletas se mobilizaram nas redes sociais. E graças a esse apoio, uma homenagem poderá acontecer para o jogador. Eles pedem para que o agora ex-jogador jogue alguns minutos com a camisa do Galo. Isto e, para assim chegar ao jogo número 100 pelo alvinegro de Minas. Ja que ele encerrou a carreira com 99 jogos pelo Galo. Mesmo tendo gostado da ideia, Rui Costa afirmou que antes de colocar em pratica, é preciso consultar as possibilidades legais e o desejo de Adilson.

“Tem que ver se isso é viável, se isso é possível do ponto de vista do regulamento da competição, se ele vai se sentir disposto a isso. Mas, de nossa parte, o que deixar o Adilson feliz e o que conectar ele, como eu disse, com o carinho que a torcida tem por ele, é minha obrigação fazer”.

Seja como for, a filha do ex-jogador vai nascer dia 22 de julho e ele ainda tem muita felicidade e momentos especiais para viver em família. Estando perto dos torcedores do Atlético-MG com certeza já sera uma alegria enorme.

Izabella Macedo

Sobre Izabella Macedo

Izabella Macedo já escreveu 42 posts nesse site..

Izabella Macedo, 21 anos. Sou estudante de jornalismo e completamente apaixonada por todo o tipo de esporte desde que me entendo por gente. Já joguei por muitos anos futsal, mas depois que descobri um problema na coluna que me deixou longe de praticar qualquer atividade física que vi que a junção da minha paixão com o jornalismo seria o casamento ideal.


 

Rivalo Apostas Esportivas
Izabella Macedo
Izabella Macedo
Izabella Macedo, 21 anos. Sou estudante de jornalismo e completamente apaixonada por todo o tipo de esporte desde que me entendo por gente. Já joguei por muitos anos futsal, mas depois que descobri um problema na coluna que me deixou longe de praticar qualquer atividade física que vi que a junção da minha paixão com o jornalismo seria o casamento ideal.

Artigos Relacionados

Topo