Ponte Preta x Sol de América – Emerson Sheik desencanta

Ponte Preta e Sol de América do Paraguai fizeram mais um jogo da segunda fase da Copa Sul-Americana de 2017. Dois times que em seus países não são as maiores potências, mas compensam essa dificuldade com muita garra e dedicação dentro do gramado.

No primeiro tempo a Ponte tomou a iniciativa, buscando mais os ataques que poderiam furar a boa defesa do time paraguaio. Renato Cajá e Emerson Sheik eram os que mais tentaram o gol, mas a maior dificuldade do time era naquele passe derradeiro antes do chute a meta. O time também buscou o jogo na bola área, mas a insistência não deu resultado. Já o time paraguaio apenas conseguiu tentar alguma coisa apostando em uma boa marcação e em contra-ataques, mas que não foram efetivos, com isso o placar não poderia mesmo sair do 0 a 0.

Na segunda etapa o jogo foi ainda mais equilibrado, mas de maneira negativa, pois nenhuma das equipes conseguiram assustar os goleiros nem de um lado e nem do outro. Aos 13 minutos quem levou perigo foram os paraguaios na cabeçada de Victor Velázquez e fez o goleiro Aranha trabalhar e ceder o escanteio. Gilson Kleina tentou mudar a situação do time colocando Negueba, no lugar de Renato Cajá, mas a substituição não surtiu efeito. Apesar de toda essa dificuldade a Ponte conseguiu seu gol, logo no final do jogo, com Emerson Sheik, que recebeu livre na entrada da área e bateu no canto do goleiro adversário para fazer o único gol do jogo e deixar o time de Campinas em vantagem para a partida seguinte.

O próximo embate entre os times está marcado para o próximo dia 26 de julho, agora no estádio Luis Alfonso Giagni, em Assunção no Paraguai. Lembrando que o vencedor deste confronto, joga a próxima fase da competição contra Sport ou Arsenal de Sarandí, começam a disputa da segunda fase somente no dia 06 de julho.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 883 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

365 Scores

BetWarrior


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo